Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

PETROBRÁS EM PREJUÍZO!

A Petrobras vem sendo também obrigada a importar derivados para abastecer o mercado interno, o que já teve impacto no balanço do primeiro trimestre e, por causa da alta do dólar, deve ser ainda mais forte no segundo. Segundo Graça Foster, o mercado brasileiro consumiu 570 mil barris de gasolina por dia no primeiro semestre de 2012, dos quais 110 mil foram importados. Fonte: Folha.

A importação de derivados de petróleo pela Petrobras subiu 13% no primeiro semestre do ano, na comparação com o mesmo período de 2011. De acordo com Graça Foster, o lucro da estatal no segundo trimestre do ano deve ser menos da metade dos R$ 9,2 bilhões registrados no primeiro trimestre de 2012. A queda deve ser ainda pior se comparada ao lucro de R$ 10,9 bilhões registrado um ano antes. O resultado deve ser fraco devido ao câmbio e às dívidas contraídas pela empresa.Fonte: Folha.


Eu venho insistindo sobre a fragilidade da Petrobrás, em função de a Companhia estar sendo utilizada pelo governo Dilma, como instrumento de política monetária, em prejuízo dos acionistas minoritários e enfim dos contribuintes em geral.


O governo insiste em manter sob controle os preços dos combustiveis, por conta das eleições municipais deste ano.  O governo Dilma, quer e quer de qualquer maneira, ganhar as eleições municipais, oferecendo ao público uma falsa impressão de que o país está na plena normalidade.


Para suprir a falta de geração de caixa é que a Petrobrás está sendo obrigado a vender ativos  filé mignon, o direito de exploração dos campos do golfo do México.  Nada como um dia atrás do outro para confirmar que realmente a Petrobrás está sendo sucateada.  Não é o que eu gostaria que estivesse acontecendo.


Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi prof. da UFPR
Twitter: @sakamori10

Um comentário:

  1. Meu amigo SAKA. O brasileiro só vai acordar quando o país estiver totalmente quebrado e com inflação na casa dos 2 dígitos!!!

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.