Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

DILMA PREFERE AIRBUS A LINEAGE DA EMBRAER


A Embraer apresenta nesta semana na Labace, feira de aviões executivos que acontecerá no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, o jato de luxo usado pela Presidência da República, o Lineage 1000. Maior jato executivo da fabricante brasileira, o Lineage 1000 tem preço de lista de US$ 55 milhões e pode ser configurado para até 19 passageiros. Fonte: Folha.

Com a fuselagem do tamanho do Embraer 190, de até 114 assentos, o Lineage 1000 tem alcance para realizar voos ligando São Paulo a Lisboa sem escalas. O Lineage tem um interior altamente sofisticado, desenvolvido pela Priestmangoode. Entre os itens opcionais estão um quarto com cama de casal (queen-size) e chuveiro, wi-fi de alta velocidade e refrigerador de vinho. Fonte: Folha.


A aeronave em uso pela Presidência foi cedido sem custo pela Embraer no início do ano passado. Apesar de ser mais confortável e luxuoso que o "AeroLula", jato A318 da fabricante Airbus adquirido pelo ex-presidente, Dilma Rousseff prefere o Airbus pois ele tem mais assentos e permite transportar mais assessores. Com isso, o Lineage 1000 tem sido mais usado pelo vice-presidente Michel Temer.  Fonte: Folha.


É duro uma emergente ocupando o cargo de presidente da República, não se conforma com pouco, quer muito.  Usar Airbus, avião franco-britânico, denominado de AeroLula é o máximo para presidente Dilma.  Prefere ignorar o Lineage da Embraer brasileira.  Está na fase de deslumbramento. Coitada!

Bem que a presidente Dilma poderia fazer sua viagem internacionais, utilizando-se da Lineage, avião executivo da Embraer brasileira.  Mas, não.  Prefere AeroLula para poder levar mais gente na comitiva, mais de 19.  Poderia a nossa Dilma, se inspirar na Angela Merkel, que faz o seu marido viajar em avião de carreira, se o avião dela não tiver lugar suficiente para comportá-lo.

Para quem não tem muita afinidade com a aviação, a Lineage da Embraer tem mesma envergadura, da linha Embraer 190, ou seja em tamanho igual àqueles aviões utilizados pela empresa Azul Linhas Aérea.  Conforme texto da Folha, a avião presidencial cedida pela Embraer tem até um quarto com cama de casal, tamanho king-size, chuveiro e outras mordomias.  Desprezar o uso deste avião presidencial é uma afronta ao contribuinte, ainda mais sendo o avião cedido gratuitamente à senhora presidente.  Fica difícil, assim, tentar vender nossos aviões para estrangeiros se a própria Dilma faz questão de não usá-lo.  Sorte do Temer e Marcela.

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi prof. da UFPR
Twitter: @sakamori10

2 comentários:

  1. Realmente Saka, seria uma boa sacada (desculpe o trocadilho) para a Embraer que a "presidenta" (apesar de errada é a forma como ela gosta de ser chamada) usasse mais vezes o nosso avião. Seria uma boa propaganda, mas não conheço a configuração interna para opinar.

    Contudo, pode ser que ela precise mesmo de um avião maior. Pode não ser só deslumbramento, não sei. Uma das queixas dela, e que estariam motivando a análise da compra de um Boeing 747 seria a autonomia. É o fim da picada um avião presidencial ter que ficar parando para um pit stop de abastecimento.

    Prefiro dar a ela o benefício da dúvida (até eu firmar melhor convicção sobre o assunto). Mas que é comum os governantes (principalmente emergentes) ficarem deslumbrados com o poder, isso é! É o poder que corrompe a corromper quem não se predispôs a não ser corrompido!

    http://amilcarfaria.blogspot.com.br/2012/07/fazer-melhor-e-pior-ao-mesmo-tempo-em.html

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.