Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

LULA É ANTA OU CHEFE DE QUADRILHA?

Ao assistir o relatório do ministro Joaquim Barbosa sobre parte do julgamento do mensalão, dá para perceber que houve um verdadeiro assalto ao dinheiro público, independente dos réus serem absolvidos ou não.  Questões de filigranas jurídicas podem colocar pelo menos parte dos réus em absoluta absolvição, apesar de todos indícios contrários.  

O que espanta é, diante de tanta lambança, no assalto aos cofres públicos pelos agentes do governo e do partido do presidente Lula, o próprio ficar fora do julgamento.  Dizem que é por falta de provas.  Uai, mas a operação do mensalão foi desenvolvidos por alguns meses no gabinete do chefe da Casa Civil?  Casa Civil, não está localizado no mesmo andar do Palácio do Planalto ao gabinete do presidente da República?

O presidente Lula dizer que não sabia que existia o mensalão, que desconhecia que o seu partido PT, estivesse fazendo tantos desvios do dinheiro público, quer seja em forma de  forma de verbas de propaganda diretamente do  Banco do Brasil ou em forma de empréstimo fajuto nos Banco Rural e BMG, via Marcos Valério em nome do PT.  

Diante da constatação, só podemos tirar uma das duas conclusões.  Que o presidente Lula é um completo ignorante, com índice de inteligência baixíssimo, quase como um asno, o que não acredito.  Ou que o presidente Lula é efetivo chefe da quadrilha que fez assalto aos cofres públicos, exatamente como fazem os traficantes que assaltam a população pobres das favelas de grandes capitais.  

Endeusar um homem como presidente Lula, colocando-o como o principal cabo eleitoral nas campanhas eleitorais municipais, como estão fazendo, demonstra que o Brasil como país não está preparado para caminhar na direção de um país desenvolvido.  Está caminhando à galope para um países subdesenvolvidos como Haiti e Burundi, creio eu.

A realidade é triste, mas tem que ser dito com todas letras, mesmo que isto custe cerceamento da liberdade de expressão  ou mesmo cerceamento de ir e vir.  Só não podemos esquecer que temos responsabilidade sobre a população que não tiveram oportunidade como eu de cursar universidades. 

Eu faço parte da resistência!  Quem vem comigo?

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi prof. da UFPR
e-mail: @sakamori10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.