Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Ano que vem sentiremos saudades deste ano!


Chegamos no último dia do ano e, infelizmente, não tenho muito a comemorar como cidadão brasileiro. O Brasil está no chão moralmente, e economicamente está longe de alcançar quadro de estabilidade econômica para poder crescer sustentavelmente nos próximos anos. Infelizmente, não tenho palavras de alento para dar aos meus leitores.

Desde a criação deste blog em 15 de fevereiro de 2012, este blog veio chamando atenção sobre  o "erro sistêmico" da política econômica da presidente Dilma. Infelizmente, a Dilma não tomou nenhuma atitude para corrigir o equívoco da política econômica. Pelo contrário, Dilma tomou medidas equivocadas que agravaram ainda mais o quadro da economia do País. Não há mágica para fazer na economia, uma hora chega a conta para pagar.

Igualmente, desde 15 de fevereiro de 2012, este blog tem sido palco de denúncias sobre toda forma de ladroagem nos órgãos públicos federais e nos órgãos e empresas sob controle da União. Infelizmente, algumas das denúncias já está sendo revelado, à conta gota, pela Operação Lava Jato da Polícia Federal. Infelizmente, as investigações na Petrobras está apenas começando e ainda falta as investigações no BNDES e DNIT denunciados neste blog.

Para a nossa vergonha, a presidente Dilma está citado no processo que move a cidade de Providence, capital do estado de Rhode Island, EEUU, junto ao SEC - Security and Exchange Commission. Trata-se da emissão de bônus da Petrobras no valor global de US$ 54 bilhões.  A Dilma faz parte, também, do polo passivo num outro processo que corre em segredo no SEC e no Departamento de Justiça dos EEUU, que trata sobre compra superfaturada da refinaria de Pasadena no estado de Texas. 



A Operação Lava Jato tem nos revelado que a ladroagem na Petrobras vem ocorrendo há muito tempo, sobretudo desde o início do segundo mandato do presidente Lula. O esquema de ladroagem revelada serviu de base de apoio do Congresso Nacional para votações importantes dos governos Lula e Dilma. Não adianta Lula e Dilma virem ao público que "não sabia de nada" do que ocorria na Petrobras. A ladroagem fora operacionalizadas pelos diretores indicados pelos ambos presidentes, pelo menos, ao longo de 8 anos. 



No campo da política econômica, a conta está chegando devagar. Os primeiros indícios são: o pífio crescimento do PIB em 2014; contas públicas deficitárias; déficit comercial e déficit na balança de conta corrente; tarifas de serviços públicos desajustados; câmbio defasado; taxa de juros básicos às alturas e inflação ascendente.



No decorrer do mês de fevereiro do ano que vem saberemos exatamente os números dos rombos e dos índices de crescimento do PIB e da inflação oficial do ano de 2014. Já se sabe que, no mínimo, serão os piores dos últimos 12 anos. Isto só acontece porque durante 4 anos, foi praticado política econômica com grave "erro sistêmico", denunciado insistentemente por este blog. Dilma insistiu em trilhar caminho que daria "sensação de bem estar" e "sensação de poder de compra" da população. Afinal, a conta parece estar chegando para nós contribuintes pagarmos.

Pior final do ano não poderia ter. A presidente Dilma está sendo indiciado em processos cíveis e criminais nos EEUU por conta da ladroagem na Petrobras. Se Brasil fosse país sério, o povo ficaria envergonhado e pediria o impeachment da presidente Dilma. O quadro da economia descrita acima, é apenas a amostra do que está por vir, com ou sem medidas saneadores na área econômica. Temos, ainda, que rezar para que fatores externos não piore ainda mais o quadro econômico que está a desenhar no decorrer do ano de 2015.

Resumindo, no ano que vem, sentiremos saudades do ano de 2014, infelizmente. 

Ossami Sakamori
@SakaSakamori




terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Odebrecht é primeira a ir a pique!


Corre forte rumores no mercado financeiro de que a Construtora Norberto Obedrecht Brasil S.A. está caminhando celeremente à recuperação judicial. O grupo Odebrecht é um emaranhado de empresas interligados na área de construção, montagens industriais e empreendimentos imobiliários. Além de tudo, não há transparência que permita análise mais apurado da real situação.

O fato é que a Operação Lava Jato que apura a ladroagem na Petrobras, está trazendo consequências imprevisíveis no resultado financeiro do grupo empresarial. A Construtora Odebrecht tem um Capítulo especial nas investigações sobre a ladroagem na Petrobras. 

Circulam informações no mercado financeiro de que os principais diretores da Construtora Odebrecht não estão mais à frente da administração do dia a dia da empresa. O principal executivo, segundo o engraxate do BMF/Bovespa, que ele já está residindo no Panamá. 

Os principais clientes da Construtora Odebrecht são órgãos públicos ou companhias ligados ao governo federal, entre eles a Petrobras e Eletrobras. A consequência é que, no próximo ano, 2015, que será o auge do processo de investigação da Operação Lava Jato, é que no mínimo as obras e serviços em andamento na Petrobras e empresas coligadas deverão ser paralisadas. 

Não se sabe o que será feito da Cinstrutora Odebrecht. A sua dependência e relação incestuosa com órgãos públicos federais é tamanha que o segundo mandato da Dilma terá uma dor de cabeça adicional a resolver. Não acredito na solução, mas corre notícia de que será menos custoso para a União Federal estatizar a Construtora Odebrecht do que levar a empresa ou as empresas do grupo à recuperação judicial.

Explica-se a preocupação. A Construtora Odebrecht é uma das maiores devedoras do sistema BNDES e dos fundos de pensão das estatais, como Petros, Previ, Funcef e outros. Além de tudo, o pedido de recuperação judicial da Odebrecht levaria uma outra empresa baiana, a OAS, também para o mesmo caminho. 

Uma eventual quebra da Odebrecht poderá provocar o efeito dominó, levando outras empresas que tem como principal cliente a Petrobras. O efeito dominó não ocorrerá somente no setor de construção e montagens industriais, mas também ao sistema financeiro, uma vez que o sistema financeiro à frente o BNDES está entupidos de "bonds", recebíveis a longo prazo, das empreiteiras investigados pela Operação Lava Jato.

Isto tudo pode parecer minha "ilação", mas não é. Quando o assunto chega a ser comentado pelo "engraxate" da BMF/Bovespa, é porque o assunto está por explodir nos próximos meses.  Não precisa ser analista para fazer o diagnóstico, basta acompanhar o desenrolar dos fatos com atenção. Atenção, BNDES e fundos de pensão, se segurem que vem chumbo grosso à frente! Tomara que isto não vire crise do sistema financeiro.


Odebrecht é a primeira a ir a pique!

Ossami Sakamori


segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

O rombo do BNDES.


Fala-se muito em rombo do BNDES. Alguns falam em até R$ 1 trilhão a ladroagem do maior banco de fomento do País. Tem ladroagem, sim. Isto não tenho nenhuma dúvida. O MPF investiga a relação incestuosa do presidente do Banco com a instituição BNDES. Também, é de conhecimento público a ascendência do Lula sobre o Luciano Coutinho.

Com relação à relação promíscua entre o Luciano Coutinho e o BNDES, se refere à empresa de consultoria que elabora os projetos de financiamento junto ao Banco. A ex-empresa de consultoria é contratada para ter sucesso no financiamento. A empresa tinha como sócio o próprio Luciano Coutinho até assunção dele como presidente do Banco. Nada há de ilegal, uma vez que o Luciano Coutinho não é mais sócio daquela empresa de consultoria. Mas tudo parece que os atuais sócios são "laranjas" do próprio.


O projeto do Lula tentar criar os maiores "players" brasileiros atuando no mundo com o PSI - Programa de Sustentação de Investimentos, criado por ele no auge da crise financeira mundial em 2009, nada haveria de anormal, se não não funcionasse como Bolsa Empresário. Para criar "players" brasileiros, o BNDES emprestou e empresta a alguns poucos privilegiados a juros de 3,5% ao ano, enquanto o Tesouro paga Selic, hoje em 11,75% ao ano, para captar os mesmos recursos.

O Tesouro injetou no BNDES, segundo balanço semestral de 2014, exatos R$ 431,4 bilhões, nominal. Isto é o valor que foi injetado, sem considerar a equalização de juros. No apagar das luzes de 2014, Dilma autorizou injeção de mais R$ 30 bilhões no mesmo esquema do PSI, somando hoje R$ 461,4 bilhões.

Nada haveria de anormal se a injeção do dinheiro fosse na forma de investimento da parte da União. A crítica de analistas econômicos, na qual eu me incluo, é que a injeção de recursos da União está sendo feito em forma de "empréstimos" do Tesouro para o BNDES. O Tesouro capta o recurso no mercado pagando juros Selic e empresta ao BNDES. O empréstimo feito pelo Tesouro no mercado para este fim não entra no cômputo da dívida pública líquida.

Desta forma o dinheiro repassado pelo Tesouro para o BNDES sob forma do PSI, não entra também como despesa da União. Resumindo, os R$ 461,4 bilhões estão na contabilidade do Tesouro e do BNDES como uma espécie de "volume morto". O volume de dinheiro é de responsabilidade, portanto, do contribuinte.

Os principais recursos do BNDES para empréstimos vem do Tesouro em forma de PSI, do FAT, do Fundos PIS/PASEP e do Fundo de Marinha Mercante e de outros fundos constitucionais. No total, considerando o empréstimo do Tesouro, o passivo do BNDES é de cerca de R$ 544 bilhões. Em tese, este é o montante que está no risco do BNDES e em consequência do contribuinte. No entanto, o BNDES, pelo menos em  cima do papel está enquadrado nas regras do BIS, banco central dos bancos centrais.

Na coluna de ativos constam como realizável a Curto e Longo Prazo, cerca de R$ 300 bilhões em empréstimos diretos do BNDES e cerca de R$ 217 bilhões em empréstimos com aval dos agentes financeiros. Somado os ativos referentes aos empréstimos alcança R$ 517 bilhões. Ainda na coluna de ativos consta a aplicação, no dia 31 de julho de 2014, em ações das empresas com financiamento no Banco, no montante de R$ 66,9 bilhões e R$ 10,4 bilhões em debêntures.

O problema de tudo isto é que o Patrimônio Líquido do sistema BNDES, incluindo BNDESpar, é de R$ 74,1 bilhões em 31 de julho de 2014. Outro problema grave é com referência à qualidade do crédito de responsabilidade direta do BNDES no montante de R$ 300 bilhões.  O crédito referente ao repasse às instituições financeiras no montante de R$ 217 bilhões não tem tanta preocupação.  Não se sabe qual é o percentual de "empréstimos podres" dentre os R$ 300 bilhões.

No mercado financeiro, até o engraxate da BMFBovespa sabe, de duas verdades. A primeira verdade é de que o presidente Lula teria intermediado a negociação de empréstimos do PSI no montante de R$ 300 bilhões, da parte do empréstimo direto do BNDES. Se realmente houve, qualquer 3% daria R$ 9 bilhões de comissionamento para o Lula.  Isto merece investigações por parte do TCU e MPF, mas negadas pelo BNDES. Para ser negado acesso às informações para os órgãos de controle da União, é de supor que o "boato" do engraxate deve ser verdadeiro.

A segunda preocupação do mercado é quanto à natureza das garantias oferecidas pelos tomadores preferenciais dos empréstimos do sistema BNDES. Muitos dos empréstimos destinados aos amigos do Lula e do Palácio do Planalto, as garantias são as próprias ações das companhias. São empréstimos no montante de R$ 300 bilhões com alto risco de não receber de volta o empréstimo. Comenta-se que cerca de R$ 100 bilhões é quase como crédito podre. O montante é superior ao Patrimônio Líquido do sistema BNDES. 


O rombo só vai aparecer no decorrer dos próximos anos, pois que o financiamento concedido pelo Banco é de longo prazo.  Alguns antes, como foi o caso dos empréstimos de R$ 10,6 bilhões concedidos ao grupo OGX.  Outra empresa que tem um passivo próximo de R$ 30 bilhões com o sistema BNDES é o grupo JBS/Friboi, a juros subsidiados de 3,5% ao ano. A empresa com dificuldade econômica conhecida no mercado que tem passivo alto junto ao sistema BNDES é a empresa de telefonia Oi.  A Construtora Odebrecht, em dificuldade por conta da Operação Lava Jato, tem também tem passivo muito alto junto ao BNDES.


Curiosamente, essas empresas falidas ou em dificuldade financeira conta com o apoio explícito do Lula.  Não, Lula não é sócio dessas empresas como comentam, mas apenas intermediário nas operações de financiamentos e refinanciamentos. Digamos, que o Lula deve ter amealhado, no mínimo, R$ 5 bilhões em intermediações no BNDES. Claro, os depósitos estão nas contas contas nos paraísos fiscais, por orientação do Henrique Meirelles, principal executivo do JBS/Friboi. 


Ufa, consegui fazer o resumo do assunto complexo como este. Será que consegui fazê-los entender? Preocupa, não, se não entender o assunto na primeira leitura.  O assunto é para quem tem vivência no mercado financeiro.

PS (30/12/2014): Os financiamentos de produtos e serviços para outros países, estão autorizadas pela Lei 10.184 de 12 de fevereiro de 2001, estando dispensados de autorização cada caso pelo Congresso Nacional. O que está em questionamento é que alguns financiamentos, tais como as concedidas à Cuba e outros países bolivarianos, é que foram colocados sob sigilo do Estado pelos presidentes Lula e Dilma. 

Ossami Sakamori






domingo, 28 de dezembro de 2014

Dilma poderá ser condenada nos EEUU !

 

O escritório de advocacia americano que representa Providence, capital do estado de Rhode Island, move ação civil e criminal contra a Petrobras e seus 11 dirigentes e ex-dirigentes, pelo prejuízo sofrido com compra de títulos de dívidas da Companhia com captação no território americano.


A ação que envolve os títulos da dívida da Petrobras soma cerca de US$ 100 bilhões, segundo o escritório de advocacia americana. A ação que se refere a notícia, corre paralelamente à outra ação que corre no SEC e no Departamento da Justiça dos EEUU sobre refinaria Pasadena.  Ambas ações, correm paralelo, mas poderão fundi-las, porque o assunto é comum aos acionistas minoritários e investidores em títulos americanos.  Ambos investidores foram enganados pela Petrobras e seus dirigentes, inclusive Dilma Rousseff e Maria da Graça Foster. 


O assunto é recorrente. No dia 21 de março deste ano, já chamei atenção sobre a possibilidade de presidente Dilma ser condenado nos EEUU. Abaixo a matéria reproduzida na sua íntegra.

Caso Pasadena. Dilma poderá ser condenada nos EEUU!

(postado em 21/3/2014)

Devem ser enfadonhos para leigos lerem assunto extremamente técnico/econômico como o do caso da refinaria Pasadena da Petrobras.  No entanto, para respaldar o argumento da possibilidade muito presente sobre as investigações que, inexoravelmente, ocorrerá nos EEUU contra as notórias figuras da política brasileira, colocarei aqui, resumidamente a tal operação que resultou na investigação da TCU , do AGU, do MPF e da Polícia Federal, em curso.


presidente Dilma contesta hoje, passado 8 anos, que a tal operação de compra foi autorizada por ela, na qualidade de presidente do Conselho de Administração, porque não foi acompanhado de explicações sobre as cláusulas contratuais leoninas para o lado da Astra Oil.  Se, à época, Dilma Rousseff tivesse alguma dúvida poderia ter postergado a aprovação da operação de compra, até que o assunto de tamanha importância fosse devidamente esclarecido.  Em sendo, presidente do Conselho de Administração, a Dilma Rousseff, pessoa física, responde pela operação de compra da refinaria Pasadena, sim.

Astra Oil, alegando divergência na gestão da empresa Pasadena Refining System Inc, entrou com demanda judicial no valor de US$ 700 milhões, em 2008, pelo restante dos 50%, apenas 2 anos após a venda dos primeiros 50%.  O processo terminou no Conselho Arbitral e a Petrobras, por acordo, pagou US$ 839 milhões. A qualquer investidor do mercado financeiro, sabe que o desfecho fora desenhado, já na assinatura da compra dos primeiros 50%.  Isto tudo, aparentemente legal, uma vez que estava no contrato de compra dos primeiros 50% aprovado pelo Conselho de Administração presidido pela Dilma Rousseff.

esta altura, a compra da Pasadena Refining System Inc pela Petrobras, autorizada também pelo Conselho de Administração presidida pela Dilma Rousseff, independente de ela ter sido chefe da Casa Civil ou não, a operação de compra da refinaria acabou saindo pelo US$ 1,2 bilhão.  Se, hoje, colocar à venda esta mesma refinaria, o mercado não pagaria mais do que US$ 200 milhões, na melhor das hipóteses.  Portanto, o prejuízo potencial é de US$ 1 bilhão ou mais!

Os acionistas minoritários da Petrobras, tanto do Brasil como dos EEUU poderão ingressar com pedido de investigação de ocorrência de corrupção e ou pela operação fraudulenta na negociação de compra e venda da Pasadena Refiging System Inc. 


primeiro processo criminal se refere à corrupção ativa e passiva na operação que resultou no prejuízo potencial de US$ 1 bilhão, que correrá junto ao Departamento de Justiça dos EEUU, uma vez que a sede da Pasadena Refining System Inc está nos EEUU.  O crime, envolve, no primeiro plano o Sérgio Gabrielli pessoa física e Dilma Rousseff pessoa física.  Lembrando que a Astra Oil, vendedora da refinaria é velha conhecida da presidente Dilma.  A conexão do Brasil da Astra Oil é o maior grupo empresarial no ramo de concessões de energia. A principal dela a usina hidroelétrica de Jirau em Rondônia.

segundo processo poderá ser instaurado junto a SEC - Security Exchange Comission, o equivalente a CVM no Brasil, alegando operação fraudulenta que causou prejuízo aos acionistas minoritários.  A ação prospera, porque as ações da Petrobras são negociadas na Bolsa de Nova York, sob forma de ADR.  Neste caso, além da companhia Petrobras, serão investigados os seus dirigentes formais à época, Sérgio Gabrielli e Dilma Rousseff.

resultado das investigações, se houver, não demorá mais do que 2 anos, nos EEUU.  As leis amercianas são rigorosas e a justiça célere. Os reponsáveis, se condenados, irão direto para cadeia, dentro de pouco tempo.  Os exemplos desse tipo de crimes cometidos e réus condenados a cumprir na cadeia, estão recheados nos EEUU ao contrário no Brasil.  Se condenados  nos EEUU, os condenados poderão suas extradições solicitados para cumprir pena no território americano.

Sérgio Gabrielli e Dilma Rousseff, pelo andar da carruagem, serão condenados pelas leis americanas e irão para cadeia nos EEUU, independente da sua posição política no Brasil, se autorizada a extradição.  A justiça brasileira pode estar contaminada por partidários da presidente Dilma, mas a justiça americana não perdoa.  Nem mesmo a um presidente americano próprio perdoa, imagine presidente de um país latino-americano.

Na minha avaliação, Dilma Rousseff e Sérgio Gabrielli serão condenados pelas leis americanas e irão cumprir prisão nos EEUU, por ter cometido ilícito na terra americana, para azar deles.  E, para sorte do povo brasileiro.  Só assim, talvez, pare com a farra de roubalheira explícita dos cofres públicos pelos altos dirigentes deste País.
Dilma poderá ser condenada nos EEUU !

Ossami Sakamori

sábado, 27 de dezembro de 2014

Dilma. Governo novo, ideias novas!


O prefeito Fernando Haddad autorizou o aumento de tarifa de ônibus na cidade de São Paulo para R$ 3,50 a vigorar à partir do dia 6 do próximo mês. O governador Geraldo Alckmin vai autorizar o aumento de tarifa do metropolitano de São Paulo para vigorar à partir do mesmo dia. O aumento da tarifa de ônibus é de 16,66%. 

O aumento da tarifa de ônibus de São Paulo e de Rio de Janeiro entra no cálculo da inflação IPCA calculado pelo IBGE. Somado ao aumento de 7,5% da tarifa de energia devido a bandeira vermelha, o índice de inflação anualizado no mês de janeiro de 2015 deverá estourar de longe o teto da meta de 6,5% do Banco Central.

No início do mês de janeiro, o Copom do Banco Central deverá anunciar o aumento da taxa Selic para algo acima de 12% ao ano. Tudo isto acontecendo no mês de janeiro, a inflação deverá seguir a curva ascendente dos últimos meses deste ano. 

Aliado a tudo isto, aparece o resultado da venda do comércio no período de Natal que está sendo pior do período do governo petista iniciado em 2003. 

Reajuste de tarifas em cima de crescimento próximo de zero, só agrava a situação do bolso do povo brasileiro. O povo vai sentir a estagflação na carne, isto porque a inflação come um pedaço do salário. O povo endividado e inflação comendo parte do salário, a situação econômica do povo vai ser explosiva. 

A equipe econômica da Dilma composta pelo Alexandre Tombini no Banco Central, Nelson Barbosa no Planejamento e Joaquim Levy na Fazenda está orientada para praticar os ajustes da economia com parcimônia, o que de certa ameniza o efeito mas forma dificulta o controle da inflação.


Seja como for, o ano de 2015 será um ano muito duro para a população em geral e particularmente para nós que participamos deste blog. Isto é apenas a amostra do quadro que está por vir nos próximos meses.

Isto é Governo Novo, Ideias Novas, da Dilma.

Ossami Sakamori



Dilma mete bandeira vermelha na tarifa de energia.


A mesma presidente Dilma que mandou as companhias de energias elétricas baixarem as tarifas de luz em 20% em 2013, determina que as mesmas companhias cobrem dos consumidores tarifa extra de R$ 3,00 para cada 100 KWh de consumo de energia à partir de janeiro para maior parte do território brasileiro. Para a bandeira vermelha estabelecida pela ANEEL, o aumento médio é de 7,5% sobre a tarifa normal.

As bandeiras estabelecidas pela ANEEL - Agência Nacional de Energia Elétrica deverá funcionar de acordo com a capacidade dos reservatórios conforme  região mapeado pela Agência. O consumidor é que pagará o pato, conforme a cor da bandeira estabelecida pela Agência: vermelha, amarela e verde. A bandeira vermelha R$ 3,00 por Kwh, a bandeira amarela R$ 1,50 por Kwh e a bandeira verde estará livre de penalidade.

Esta penalidade imposta pela ANEEL já estava previsto desde ano passado, comentado por este blog. O aumento provocado pela penalidade soma-se aos aumentos que virão no decorrer do ano, de tarifas de energia elétricas para cada Companhia, cujo aumento já está previsto em média 18%. O aumento justifica-se pela amortização de empréstimos feitos pelas concessionárias neste ano (2014) por conta da defasagem da tarifa.  Sobrepostos os aumentos, a tarifa de energia elétrica em 2015, persistindo a situação dos reservatórios, será de 26%, em média.

A presidente Dilma é assim, interfere onde não deve. Onde ela põe mão, vira cocó de galinha. Imagine o que ela não apronta, se faz uma m... enorme na área onde ela diz entender que é a de minas e energia. Para lembrar, a Dilma foi ministra de Minas e Energia no primeiro mandado do Lula. Isto é a presidente Dilma de todos brasileiros, inclusive é minha também, para minha tristeza.


Dilma põe devagar a mão no bolso do contribuinte, para não dizer que põe devagar no c... do povo.

Ossami Sakamori


sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Os ministros da Dilma são eunucos!


Não aguento mais a presidente Dilma. Cada vez mais arrogante. Pensa ela que é dona da República Federativa do Brasil. Manda e desmanda no País como se fosse "aparelho" dos terroristas. Está a brincar com o povo brasileiro. Já está passando dos limites da paciência do povo brasileiro alfabetizado.

Agora, está a nomear os ministros do segundo mandato. Brinca com o Ministério Público Federal, tentando envolver o Rodrigo Janot na escolha dos ministros. Tudo faz parte do esquema do marqueteiro João Santana. O marqueteiro da Dilma, quer "blindar" a Dilma da ladroagem na Petrobras. 

Dilma faz da base aliada seus serviçais. Exige dos ministros um verdadeiro subserviência. Tal qual os "eunucos" dos imperadores das dinastias chinesas, os ministros deverão ser devidamente "capados" ou "castrados" para que a vontade própria de cada um não possa prevalecer na dinastia da Dilma.

Os imperadores chineses exigiam que os seus serviçais homens fossem devidamente "castrados" para não despertar interesse sexual para com às suas concubinas. Assim, faz a Dilma, exigindo que os ministros nomeados não despertem vontade própria para realizar as ladroagens. As ladroagens é de domínio próprio da presidência da República. Ela é a única que tem domínio nas ladroagens que poderão acontecer no segundo reinado.


Claro que, mesmo os nomeados ministros da área econômica não terão autonomia ou a "vontade" própria. Estão proibidos de tê-la. Dilma ordena aos ministros da área econômica que podem fazer de tudo, desde que não mexa nos programas sociais, nos programas de subsídio às empresas dos amigos do Planalto e nos PACs.


Sim, o Levy também será ministro "eunuco" ou "castrado". Levy deixou o emprego que rendia R$ 1 milhão por mês para receber nos próximos 48 meses uma ninharia de R$ 35 mil mensal. Claro, o Bradesco vai continuar pagando "por fora" o salário e benefícios que recebia antes da nomeação como ministro da Fazenda. Você acha que Dilma, vai deixar Levy mandar na área econômica?

Os ministros da Dilma são eunucos!

Ossami Sakamori




Dilma assegura salário de R$ 158,3 mil para Graça Foster.


Com a denúncia da Venina Velosa sobre o caso da ladroagem na Petrobras, o jornalista Políbio Braga revela no seu blog, informações interessante que passam batido no meio de tantos escândalos na Companhia.

A ex-gerente da Petrobras Venina Velosa além de denunciar as ladroagens na Companhia, já de conhecimento dos meus leitores,  entrou com o processo trabalhista contra a Companhia reclamando entre outras coisas do assédio funcional. O que chamou atenção, no entanto, é o nível de salário que Venina recebia na Petrobras, segundo o processo trabalhista revelada, ela recebia salário de R$ 69,1 mil como gerente da Companhia.

A revelação do salário da Venina Velosa no processo trabalhista e tornado público por ela própria, fez o jornalista Políbio Braga buscar informação sobre o salário dos níveis mais altos da Petrobras:

Presidente:                                         R$ 158,3 mil
Diretores:                                            R$ 145,7 mil
Gerentes:                                            R$   69,1 mil
CEO das subsidiárias internacionais: R$ 167,3 mil

Ao salário nominal, devemos acrescentar os "jetons" que recebem em participações nos Conselhos de Administração de mais de 130 subsidiárias da Companhia. Os dados não são transparentes sobre os "jetons" que os diretores recebem nos Conselhos das subsidiárias.

Não vamos comparar o nível de salário dos diretores e gerentes de companhias no setor de petróleo ao redor do mundo, pois que no Brasil a Petrobras é uma empresa de economia mista regulado pelo regime próprio. O salário dos diretores e empregados das companhias de petróleo no mundo todo ganham salário que ultrapassam em muito o nível do salários da Petrobras.

Ao contrário do que acontece no mundo todo, os diretores da Petrobras, não é recrutado pela capacidade comprovada na área de atuação de cada diretoria, mas pela indicação política. A nomeação dos diretores da Petrobras entra na cota de indicação de cada partido de sustentação. É o uso de costume que vem desde a constituição da Petrobras. 

De qualquer forma, o salário do presidente e diretores, bem como CEO das subsidiárias, fogem completamente do teto de salário estabelecido pela Constituição que é de pouco mais de R$ 35 mil à partir do próximo ano. 

Explica-se a manutenção da Graça Foster na presidência da Petrobras pela Dilma. O primeiro e mais importante motivo é tentar blindar a Dilma que já foi presidente do Conselho da Administração da Petrobras, gestão em que foi autorizada a compra superfaturada da refinaria Pasadena. O segundo motivo é de ordem pessoal, que é de assegurar um ganho nada desprezivo da Graça Foster, R$ 158,3 mil mensal nos próximos 4 anos, para a sua companheira de guerrilha.


O fato é que Dilma assegura o emprego de R$ 158,3 mil para a sua companheira Graça Foster. 

Ossami Sakamori




quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Dilma dá indulto ao Genuíno!


A presidente Dilma assinou ontem decreto presidencial que concede indulto de Natal aos presos que obedecem determinados critérios relativos ao tempo e comportamento. Indulto é um perdão que dá ao preso dispensando o cumprimento do restante da pena na cadeia. No entanto, a concessão do indulto não é automática e o benefício depende do Judiciário.

O critério do indulto de Natal definido pelo decreto da presidente Dilma prevê o benefício aplicável para os condenados que tenham 8 anos de pena para serem cumpridos e que já tenham cumprido 1/3 da pena. O decreto vale também para os presos portadores do doenças graves atestado pelo atestado médico.

O decreto assinado pela Dilma, parece que foi feito para atender o ex-terrorista e ex-presidente do PT José Genuíno. Para lembrar, José Genuíno foi condenado no processo mensalão em 4 anos e 8 meses e portador de cardiopatia. 

O decreto ainda terceiriza o indulto do Natal para o Judiciário para que a presidente Dilma não tenha que sujar as próprias mãos concedendo o benefício ao ex-presidente do PT José Genuíno. O decreto já foi assinado para adequar a situação do José Genuíno, mas não será ela a conceder o indulto, cabendo ao Judiciário fazê-lo.

Sobre o gesto da ex-terrorista e presidente da República Dilma Rousseff não faço comentário, apenas obedeço as regras da instituição da República com cidadão, acatando a tal decisão. No entanto, em tese, a grande maioria dos condenados nas penitenciárias brasileiras se enquadram nos critérios definidos no decreto presidencial. Esta notícia é muito triste para a sociedade brasileira como todo.


Dilma, indiretamente, concede indulto de Natal para o José Genuíno. A verdade tem que se dita com todas letras. 

Ossami Sakamori




terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Feliz Natal e próspero ano novo!


Hoje é dia do papai Noel, dia que carrega simbologia, mais do que fé cristã. É dia de reflexão dos momentos que passamos no decorrer do ano. É, também, dia de renovar esperança do que não conseguimos realizar no ano que está a terminar.

Gostaria de agradecer a todos e todas pela companhia e incentivo para manter este blog de pé. Não tem sido fácil permanecer quase 3 anos na oposição ao governo da presidente Dilma.  Agradecer às pessoas que a mim são muito caras. Representando mais de 45 mil amigos e amigas que me seguem na rede social, sem estabelecer hierarquia citarei alguns nomes, em nome dos quais estarei prestando homenagem a todos e todas. 

Adri, obrigado pela sua atenção, de Porto Alegre.
Américo, obrigado pela visita e pelo café da manhã.
Anamelié, obrigado amizade e atenção.
Borto, obrigado professor pelas belas letras do seu blog.
Carla, obrigado pelo carinho.
Carlinhos, obrigado pela divulgação do meu blog.
Cassiano, obrigado pelos comentários no meu blog.
Celeste, obrigado comentários no meu blog.
Célia, obrigado pela companhia, da barranca do rio Paraná.
Célia, obrigado pelos sonhos da cabana.
Chico, obrigado pela colaboração, da terra do EC.
Daniele, obrigado amizade nipônico.
Débora, obrigado pelas trocas de idéias.
Deca, obrigado pelo compartilhamento das matérias.
Décio, obrigado pela amizade de há anos.
Deinha, obrigado pela atenção e carinho de sempre.
Diniz, obrigado pela amizade de há 20 anos.
Dr. Ângelo, obrigado pela sua amizade.
Dr. Reynaldo, obrigado incentivo incansável.
Eli, obrigado pelos comentários no blog.
Eliana, obrigado companhia e comentários.
Helena, obrigado pelas notícias do Japão.
Horácio, obrigado colega pela indicação do meu blog.
Ilana, obrigado pela companhia da luta.
Inez, obrigado pela orientação sobre saúde.
Ivana, obrigado pelo convite ao café na Esplanada.
Ivo, obrigado companhia da hora de cachaça aos sábados.
Jorge, obrigado amizade estendida.
Leila, obrigado pela amizade de há anos. 
Lúcia, obrigado apoio. Só pago café se você largar cigarro.
Lúcia, obrigado pelo sorriso.
Magalhães, obrigado pelas indicações e apoio.
Marco, obrigado pelas informações de Londres.
Marilda, obrigado pelo apoio e mensagens.
Marisa, obrigado pela força. Muita fé na nossa briga!
Markito, obrigado apoio estratégico.
Marta, obrigado! No próximo ano Interlagos promete.
Mery, obrigado pelo presente das suas escritas.
Michelle, obrigado pela amizade e seus passeios de bike.
Miyuki, obrigado companhia from Japão.
Mônica, obrigado consideração.
Paloma, obrigado pela amizade, de tão longe.
Pedro Paulo, obrigado companhia no F1.
Raquel, obrigado pela orientação e incentivo.
Raul, obrigado meu grande brother.
Ronaldo, obrigado pelas informações sobre o comércio.
Serjão, obrigado pelos dados que você me forneceu.
Si, obrigado pela sua generosidade e pelo amor aos animais.
Sônia, obrigado pela amizade.
Tânia, obrigado por compartilhar o gosto pelas fotos. 
Tia Bete, obrigado pelo apoio. Torcendo por sua irmã.
Tio Sérgio, obrigado incansável professor.
Tuma, obrigado pela força e confiança.
Val, obrigado pela força, sempre, de Fortaleza.
Valéria, obrigado apoio, de Goiânia.
Vangela, obrigado pelo incentivo na rede social.
Victória, obrigado por espalhar o meu blog.
Werneck, obrigado pela contribuição no blog.

Quero estender os meus agradecimentos pela amizade e companhia a todos e todas seguidores e leitores deste blog e aos seguidores da rede Twitter não nominados acima. Segue abaixo o meu presente para vocês, dentro dela está recheado de sentimentos de bem querer e de esperança.


Natal é renascimento, é promessa de novas conquistas, é propósito de renovação de costumes enraizadas. Prometo:

O ano que 2015, será ano de mudanças. O Brasil de 2015 será o ano de impeachment de presidente corrupto. O Brasil de 2015 será o ano de renovação de costumes políticos. O Brasil de 2015 será o ano que a população brasileira vai resgatar a dignidade perdida na última década.


É o que este blog deseja a todos leitores e leitoras, colaboradores e colaboradores. Desejamos igualmente, aos familiares de cada uma e de cada uma um próspero e venturozo ano de 2015. 

Ossami Sakamori




Dilma e Graça Foster são analfabetas funcionais.


Assistindo entrevistas das duas personagens centrais da ladroagem na Petrobras, conhecido como "petrolão", chego a conclusão de que Dilma Rousseff e Maria da Graça Foster são analfabetos funcionais. Triste do Brasil que é governado pela presidente analfabeta e a maior estatal brasileira por outra analfabeta.

Dilma diz que o Brasil não vive crise de corrupção e Graça Foster diz que nunca ouviu de um dos seus subordinados denunciarem sobre a corrupção. São analfabetas funcionais por conveniência.

Graça Foster, em relação ao depoimento denúncia de que havia irregularidade nas licitações feito pela Levina Fonseca, ao Jornal Nacional de que nunca ouviu dela a palavra "corrupção" ou "conluio". Graça Foster deve ser analfabeta funcional pois o que a Vevina Velosa disse textualmente é que havia irregularidade na área de licitações. Graça Foster não entende a abrangência da palavra "irregularidades". Além dela Graça Foster não possuir o melhor atributo da beleza ela é literalmente "analfabeta funcional".

Venina Velosa 

Dilma Roussef, ontem mesmo, no café de manhã com os jornalistas, disse estar assustada com o tamanho do desvio de recursos públicos pelos agentes do governo. Faz coro com a Graça Foster de que nada sabia da ladroagem que ocorria na maior estatal brasileira, a Petrobras, num volume de ladroagem nunca dantes vistos no País. Dilma que esteve 12 anos como responsável máximo da Companhia, com intervalo de 9 meses em 2010 quando se afastou para se candidatar ao cargo de presidente da República, nunca avaliou que a "irregularidade" nas licitações se referia à corrupção e ladroagem do dinheiro público.

O fato de presidente da República Dilma Rousseff e a presidente da Petrobras Graça Foster serem "analfabetas funcionais" custou ao País cerca de R$ 10 bilhões de ladroagem aos cofres da Companhia. Esta conta que foi provocada por ser ambas "analfabetas funcionais", sobrou a conta para contribuinte pagar. Sim, nós vamos pagar pelo rombo provocado pelo "petrolão" por ambas não entenderem da administração pública.  E, fingem de "analfabetos funcionais".

Há um conluio entre a Dilma, Graça Foster e a grande mídia para "blindar" os nomes de ambas, por conta das verbas publicitárias de R$ 2 bilhões ao ano. Vamos ser bem claros de que a Rede Globo, o Estadão e a Folha de São Paulo faz parte da "tropa de choque" para proteger as duas "analfabetas funcionais". As mídias citadas,  fazem o papel de cupido da dupla de bandidas do "petrolão".



Dilma e Graça Foster fingem que são analfabetas funcionais! E, nós, contribuintes pagamos a conta pelo caso de amor de ambas.

Ossami Sakamori






segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Petrobras. Venina ou Graça Foster


Assisti ontem, no programa Fantástico, a entrevista da ex-gerente da Petrobras Venina Velosa da Fonseca que disse ter informado pessoalmente à Graça Foster sobre irregularidade em contratos da Companhia, ainda quando ela ocupava posição de diretora da área de Gás e Energia.

Não tem o que duvidar da Venina Fonseca. A Venina disse ter entregue o computador para o Ministério Público Federal que apura a Operação Lava Jato, onde está armazenado todo material, entre os quais os e-mails trocados com diretores envolvidos na investigação.

O mesmo programa Fantástico, mostrou na sequência da entrevista da Venina, o desmentido da Petrobras sobre todas denúncias feitas pela Venina Fonseca. A própria Rede Globo parecia estar mais interessado em defender os envolvidos na denúncia da Venina do que dar credibilidade à própria denúncia. 

Presidente Dilma, na entrevista de hoje de manhã, vai na linha traçada pelo marqueteiro João Santana, condenando a corrupção na Petrobras dizendo estar surpresa com o tamanho do desvio. Dilma confirmou o nome da Graça Foster a continuar como presidente da Petrobras. A Rede Globo, neste momento, transmite entrevista da Graça Foster se defendendo das denúncias da Venina Fonseca. 


Já comentei nas matérias anteriores de que o esquema montado pelo marqueteiro João Santana é colocar Dilma na posição de "vítima", de "coitadinha", de que todo esquema de "petrolão" ocorreu sem o seu conhecimento, apesar de ter a Petrobras sob sua órbita de influência nos últimos 12 anos. A Rede Globo faz o jogo da Dilma, como sempre, colocando ela fazendo o papel do xerife da moralidade. 

Para mim, isto tudo está ficando uma nojeira só! Realmente, a facção criminosa tomou conta dos poderes da República.

Ossami Sakamori
@SakaSakamori