Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

segunda-feira, 30 de março de 2015

Lula e Dilma são simples arrombadores de cofres públicos.


Não aguento mais ouvir falar do Foro de São Paulo respaldando os atos da facção criminosa comandada pela dupla Lula e Dilma. Nada disso é verdadeiro. 

O Foro de São Paulo surgiu em julho de 1990, durante uma visita feita por Fidel Castro a Lula em São Bernardo do Campo à convite do Partido dos Trabalhadores. O Foro de São Paulo foi formalizada quando 48 organizações de esquerda da América Latina e do Caribe. O terrorismo baseado em Foro de São Paulo é vendido pelo sociólogo brasilianista Olavo Carvalho, voluntariamente refugiado nos EEUU, como se fosse seu produto exclusivo. 

O objetivo inicial do Foro de São Paulo, segundo wikipédia, visava debater a conjuntura internacional pós queda do Muro de Berlin em 1989 e elaborar estratégias para fazer face ao "embargo" dos Estados Unidos a Cuba. Também, o objetivo do Foro de São Paulo era aprofundar o debate das propostas de unidade de ação na luta contra "anti-imperialista" e debater os problemas econômicos, políticos, sociais e culturais que a esquerda enfrenta no continente americano. 

O Foro de São Paulo foi criado em 1990, portanto 13 anos antes da posse do Lula na presidência da República Federativa do Brasil. O ideal foi se esvaindo com o tempo. De lá para cá, muitos países que faziam parte do Foro de São Paulo foram abandonando o "anti-imperialismo" e aderindo aos pactos econômicos e militares com os EEUU, como aconteceu com o Chile Peru e Colômbia. Do México, nem se comenta porque faz parte do NAFTA, um tratado comercial que envolve Canadá, EEUU e México.

Neste ano, o Foro de São Paulo vai perder o seu idealizador, o Fidel Castro, que sucumbiu aos encantos do Barack Obama e vai estreitar relações diplomáticas e comerciais com os EEUU. Um dos objetivos principais do Foro era resolver o problema de embargo dos EEUU a Cuba, que na prática, vai terminar no próximo mês, com o reatamento diplomático de ambos países já anunciado.

O sociólogo Olavo de Carvalho com muitos seguidores nas redes sociais no Brasil, com residência permanente nos EEUU, aproveitando-se do clima de instabilidade política no Brasil, vem promovendo suas palestras pelo EEUU a fora, ganhando dinheiro como nunca. No entanto, ele é covarde suficiente para não combater o governo do PT de dentro do território brasileiro. Prefere ele ser brasilianista, na zona de conforto, ao contrário dos que aqui permanecem enfrentando a facção criminosa com a cara e coragem, correndo risco de vida.

Dizer que Lua e Dilma defendem o ideário do Foro de São Paulo é como dizer que Fernandinho Beira Mar ou Marcola do PCC pratica "socialismo" nos enclaves (favelas) que eles dominam. O ideário do Foro de São Paulo é defendido pelo José Mujica, ex-presidente do Uruguai. Comparar a vida espartana e reta do José Mujica com os nossos chefes da facção criminosa do Brasil Lula e Dilma é uma afronta.

Dilma e Lula não defendem ideologia nenhuma. Eles não são nem socialistas e nem comunistas, muito menos defende o ideário do Foro de São Paulo. Até porque o ideário principal do Foro de São Paulo já caiu por terra com o estreitamento de relações diplomáticas e comerciais entre EEUU e Cuba. Dilma e Lula não passam de assaltantes comuns travestidos de políticos. Eles se igualam aos arrombadores de caixa eletrônicas de bancos. 

Dilma e Lula são chefes de uma facção criminosa que assaltam os cofres públicos, não mais em R$ milhões, mas sim em R$ bilhões. Só não quer enxergar o fato quem não quer. Eles são assaltantes de cofres públicos ao estilo Bonnie & Clayde. A Operação Lava Jato que investiga esquema de ladroagem na Petrobras mostra claramente isto. Classificar as ladroagens de cofres públicos da dupla, como parte do ideário do Foro de São Paulo é legitimar o esquema de ladroagem que ambos vem praticando nos últimos 12 anos. Pelo menos Bonnie & Clyde do filme americano tinha charme e encanto.

Quem diz que Lula e Dilma comandam as ladroagens por algum ideário político é uma afronta à inteligência de qualquer ser humano. Não somos antas. As antas são eles. Ou melhor eles são larápios! Lula e Dilma são meros ladrões, bandidos e canalhas que achacam o bolso do contribuinte brasileiro, dia e noite. Não vamos mais aceitar encobrir a ladroagem dos cofres públicos com rótulo de Foro de São Paulo! 

Até quando vamos nos submeter aos assaltos aos nossos bolsos? Até quando Lula e Dilma vão nos fazer passar vergonha perante o mundo, tendo como chefe da nação praticante de crime de ladroagem?  Ao invés de tentar achar justificativas para os atos criminosos não devemos dizer basta?  As manifestações públicas foram feitos para demonstrar a nossa indignação. Vem pra rua no dia 12 de Abril !

#VemPraRua12Abril















Ossami Sakamori



domingo, 29 de março de 2015

Operação Zelotas x Operação Lava Jato.


Demorei um pouco para comentar sobre Operação Zelotes da Polícia Federal, que trata sobre fraude fiscal (sic) cometidos pelas empresas num montante dito pelas fontes como sendo R$ 19 bilhões. Os casos apurados na Zelotes foram relatados no Carf entre 2005 e 2015, segundo a Polícia Federal. 

O assunto é um tanto complexo, mas vou explicar sucintamente. O Carf, órgão vinculado ao Ministério da Fazenda, julga em última instância recursos de grandes contribuintes "multados" pela Receita Federal. Como são seis conselheiros, três deles indicados pelos contribuintes, bastava cooptar um voto entre os três conselheiros nomeados pelo Ministério da Fazenda para que o resultado da votação terminasse, não raro, no placar de quatro votos a um. Atentem ao fato de que os três membros indicados pelos contribuintes votam sempre a favor das empresas.

Segundo investigação da Polícia Federal, um dos representantes do ministério da Fazenda supostamente "comprado" pelas empresas para votarem a favor dos processos em julgamento no Carf recebiam propinas de 1% a 10%. Não estou aqui a querer defender os corruptos, mas de são consciência eles poderiam ter votado a favor das empresas sem levar propina nenhuma, apenas de acordo com o seu entendimento sobre cada tema. 

Dito isto, vamos ao que interessa. A Polícia Federal fez investigações e encontrou indícios através de grampos telefônicos de que houve fraude em membro indicado pelo Ministério da Fazenda conceder o voto favorável ao contribuinte. Segundo a Polícia Federal um dos representante do Ministério da Fazenda votava a favor do pleito das empresas levando propina. A Polícia Federal encontrou provas materiais de recebimento de propinas nas casas destes investigados.  


Tudo indica a organização criminosa envolviam os grandes "escritórios tributaristas" espalhados pelo Brasil a fora, ganhando R$ milhões, prestando o serviço sujo de oficializar a fraude fiscal. Estes grandes escritórios cobram honorários que variam de 10% a 20% do débito fiscal, cobrado no sucesso da fraude fiscal (sic). Entendo que os bagrinhos indicados pelo Ministério da Fazenda, recebiam os valores destes grandes escritórios de advocacia. A Polícia Federal, pelo que parece, não apurou esta conexão.

O Banco Itaú na fusão com o Unibanco, discute na Justiça dívida fiscal de mesma natureza em montante que vai além dos R$ 20 bilhões, corrigidos à data de hoje. O grupo Itaú optou por não corromper os membros do Carf e recorrer à Justiça para resolver a pendenga com a Receita Federal. Por outro lado o Bradesco do Levy está como segundo maior fraudador de impostos no âmbito da Operação Zelotas. 

Segue abaixo a relação das empresas que supostamente teria "comprado" um dos votos do representante do Ministério da Fazenda. Vamos lembrar aqui que para obter perdão da dívida, a empresa obteve 3 votos dos representantes dos contribuintes que normalmente votam a favor das empresas. Estas dívidas, perdoadas da forma como foram, não estão extintas. A Receita Federal poderá e continuará cobrando judicialmente. 


Felizmente, no rol de empresas constam somente nome de empresas que tem condições de pagar os débitos estimados em R$ 19 bilhões com acréscimo de multas, correções e juros de mora. Que cobrem dos respectivos devedores os débitos apurados e põe na cadeia os corruptos. Quem sabe, aparece no meio, algum delator premiado. 

Sou contra a facção criminosa que tomou conta do Palácio do Planalto, no entanto, ao meu ver estes crimes foram cometidos por uma "outra facção criminosa" que envolvem escritórios de advogacia especializados em recuperação tributária. Isto pode ser uma manobra do próprio Palácio Planalto para encobrir o esquema de ladroagem que envolve a Petrobras e o próprio Palácio do Planalto.

A imprensa noticia intensamente sobre a Operação Zelotas, afirmando que a ladroagem aqui é maior do que a ladroagem da Operação Lava Jato. Eu digo com toda certeza de que a Operação Zelotas está sendo utilizado para tentar encobrir o maior escândalo de corrupção que envolve diretamente os presidentes Dilma e Lula e os partidos de apoio governo, sobretudo do PT, PP e PMDB. Estou a falar da Operação Lava Jato. 

Querem tirar a Operação Lava Jato do noticiário!

Ossami Sakamori






sábado, 28 de março de 2015

Brasil em 2015, recessão de 2,5% !


Desde o início do ano, venho chamando atenção dos leitores deste de que o quadro da economia brasileira, a situação vai agravar significativamente. O pior ainda está por vir. A forte desaceleração da economia está sendo admitido pelo próprio ministro da Fazenda Joaquim Levy.

No entanto, a imprensa em geral e articulistas econômicos acompanhando a previsão do Joaquim Levy apontam encolhimento do PIB em torno de 0,5% em 2015. O Banco Central também ajustou a previsão da retração da economia para 0,5% para este ano. É o número que é consenso no mercado financeiro. Mas, isto é mais uma fantasia pregada pelo governo e admitido pelos incautos.


No meu cálculo a retração do PIB do ano de 2015 deverá ser de 2,5%. Para não ter dúvida, estou a dizer que a projeção do desempenho da economia do País, vai ser de recessão ou retração em 2,5%. Dito em termo do cálculo matemático, Brasil terá em 2015, PIB negativo de 2,5% ou seja PIB de 2015 igual a (-) 2,5%. Estou a repisa para não ter dúvida.

No meu cálculo, já anunciado nas últimas matérias, o PIB negativo de 2,5% se deve a dois fatores principais. Vamos considerar para efeito de cálculo que o PIB do sistema produtivo como indústria, comércio e serviços, permaneçam estáveis, nos mesmos  níveis de 2014. O que se prevê é que o setor público, em razão do ajuste, vai provocar uma retração, grosso modo, de 1%. Somado a isto os sistemas Petrobras, BNDES, cartel de empreiteiros e Fundos de Pensão, provocará retração na economia em mais 1,5%, sobretudo devido ao efeito da Operação Lava Jato.

Até entendo o posicionamento dos agente públicos em fazer projeções otimistas para não agravar ainda mais o quadro da economia do País, mas não entendo o posicionamento dos articulistas econômicos e a imprensa em geral. Não entendo porque a imprensa não chama atenção para uma projeção da economia para 2015 com mais realismo. 

O quadro de caos econômicos que estamos a viver foi alertado por este blog, sempre na mesma linha de pensamento, desde fevereiro de 2012. Estamos a pagar sobretudo pelo erro sistêmico cometido pela equipe econômica do primeiro mandato da Dilma presidente. Na ocasião, com índice de aprovação da Dilma em 77%, fui duramente confrontados por estes mesmos articulistas econômicos que se aliam à nova equipe econômica. 

Portam-se maioria dos articulistas econômicos, formadores de opinião, como verdadeiros ventríloquos da equipe econômica comandada pelo Joaquim Levy da Fazenda e ex-diretor do Bradesco. Mesmo as poderosas entidades de classes como Federações das Indústrias, Federações do Comércio, CUT, Força Sindical e outras entidades representativas, não se pronunciam. Viraram todos capachos da Dilma presidente. Formou-se uma verdadeira corrente de puxa sacos que falam o que a Dilma presidente quer ouvir, mas nada que acrescente para melhorar o País.

Não há como mudar a política de ajustes no meio do caminho, ou seja no curto prazo (nos próximos 12 meses), sob pena de tornarem nulas todas medidas tomadas e a tomar nos próximos meses. Dilma presidente teve que tomar atitude, senão colocaria o Brasil no rumo do "default" no médio prazo como já acontecera ao Portugal e à Grécia. O ajustes na economia deverá perdurar nos próximos 12 meses, no mínimo, para produzir algum efeito. Até lá, cerrem os dentes que recessão virá com força total. 


Numa situação de aperto monetário e de inflação alta, quem mais ganha dinheiro é o setor bancário. Não é por coincidência que o ministro da Fazenda e o secretário geral do Ministério, até assunção dos respectivos cargos, eram diretores do Bradesco. E o principal conselheiro da Dilma presidente em matéria econômica é o Luiz Carlos Trabuco Cappi presidente do Bradesco. É pura coincidência também que recém nomeado presidente do Conselho de Administração da Petrobras é o Murilo Ferreira da Vale é também indicação do Bradesco. 

Na essência, as minhas opiniões aqui postadas tem se materializado. Só errei mesmo no prognóstica da reeleição da Dilma para presidente da República.  Eu apostava na eleição do opositor a ela. Até a questão aqui não é errar ou acertar. Não sou mago ou adivinhador do futuro. Faço meus cálculos baseados e interpreto as repercussões que cada medida do governo pode causar na economia. 

O importante é que os formadores de opinião, como vocês, saibam que existem contrapontos às notícias transmitidas pela imprensa e pelos articulistas econômicos de renome. Apertem os cintos que o Brasil vai viver recessão de 2,5% em 2015. 

#RenuncieDilma

Ossami Sakamori



sexta-feira, 27 de março de 2015

Lula & Dilma nomeiam bandidos no Conselho de Administração da Petrobras.



O Palácio do Planalto divulgou o nome do Luciano Coutinho, atual presidente do BNDES para ocupar o lugar do ex-ministro Guido Mantega na presidência do Conselho de Administração da Petrobras. Tudo indica que o presidente da Vale Murilo Ferreira do Bradesco só vai assumir após a reunião ordinária do Conselho de Administração da Petrobras. De toda forma, ambos fazem parte da facção criminosa que tomou conta do País. 

Ao nomear Luciano Coutinho para a presidência do Conselho de Administração da Petrobras, a Dilma presidente mata dois coelhos com uma cajadada só. Garante ao Lula da Silva o espaço para continuar mandando na República. O outro motivo é que, com Luciano Coutinho na presidência do Conselho de Administração, continuará blindando ela própria Dilma e o Lula da Silva das ladroagens praticadas na Petrobras. Lembrando que a ladroagem na Petrobras soma ao incrível R$ 10 bilhões.

O Lula da Silva já mandava e continua mandando no BNDES e de agora em diante vai passar a comandar a Petrobras. Faz parte do esquema da facção criminosa que vai continuar sangrando os cofres públicos, como já faz há 12 anos. Não querem largar o osso de jeito nenhum, como diz o ditado popular.

Este blog já denunciou o esquema do Lula da Silva, que o deixou US$ bilionário, através de "comissionamento" nas intermediações nas obtenções de financiamentos, não tão republicanos, como os que foram concedidos pelo Luciano Coutinho à frente do BNDES. Entre várias ladroagens, vou citar apenas duas maiores, que foi objeto de matéria deste blog muito antes de acontecerem os fatos. Trata-se dos financiamentos concedidos para OGX e JBS/Friboi.

Em 27 de março de 2013, três meses antes da petroleira OGX ir à recuperação judicial (falência), escrevi :


"A OGX só tem uma única saída, a presidente Dilma, entregar ao menino Eike Batista, mais um bloco de exploração, na próxima rodada de licitações, na tentativa de André Esteves, procurar um sócio estratégico para a OGX.  Com a entrega de mais um bloco de exploração de petróleo, justifica BNDES e BNDESpar injetar novos recursos para as empresas do menino Eike Batista.  Só assim para salvar, senão a OGX está, literalmente na lona ou falida!

O mais triste da história das travessura do menino Eike Batista é que, certamente em algum tempo, o contribuinte será chamado para pagar uma boa parte do empréstimo da OGX, num montante de R$ 7,9 bilhões. 

A bolha do Eike Batista já estourou! OGX do Eike Batista, menino de ouro, dos presidentes Lula e Dilma, está literalmente falida!"

O fato é que a OGX foi a pique deixando o rombo, não mais de R$ 7,9 bilhões, mas sim de R$ 10,6 bilhões, conforme declaração oficial do próprio BNDES. Não se sabe se este prejuízo de R$ 10,6 bilhões já foram contabilizado no balanço do BNDES ou ainda está na coluna de Realizável a Longo Prazo. Não queira Luciano Coutinho argumentar que as contas do BNDES estão protegido pelo sigilo bancário conforme resoluções da CVM. 

Em 19 de janeiro de 2014, portanto 6 meses antes do início da campanha oficial da Dilma Rousseff para presidência da República, afirmei meste blog que o grupo JBS/Friboi seria o financiador da campanha da Dilma 2014. Disse à época:

"setor de frigoríficos é uma segmento que a margem da rentabilidade operacional é quase nula.  A JBS não ganha no operacional, mas sim no financeiro, tanto quanto GM ganhava no financeiro ao invés de operacional, produzindo seus veículos.  O grupo JBS está na corda bamba há muito tempo.

Estima o mercado que o grupo JBS deve ao sistema BNDES, com empréstimos subsidiados, o Bolsa Empresário, num montante que beira R$ 30 bilhões.  O patrimônio líquido da JBS é de R$ 8 bilhões, segundo balancete de 3ºT/ 2013, do próprio JBS, descontado os R$ 14,8 bilhões de valores intangíveis. 
Bem, o conglomerado JBS, é dos outros Batistas, o Joesley e Wesley Batistas, famosos também no "jet set" nacional e internacional, com iate de US$ 40 milhões comprados indiretamente com o dinheiro do BNDES e seus jatinhos cruzando o País de norte ao sul, acontecem no mundo social, também.  

Estes Batistas, tem comportamento megalomaníaco do outro Batista, o estelionatário Eike Batista.  Acontecem e esbanjam o dinheiro nosso, o suado dinheiro do sistema BNDES.  Os dois irmãos, são empresários que não tem 40 anos de idade e não herdaram fortuna dos pais.  Ambos Batistas tem em comum os padrinhos Lula & Dilma.  Isto explica.  

Enquanto permanecer os governos Lula & Dilma, os  Batistas dos carnes Friboi do Tony Ramos, estarão na mídia e estarão blindados com o dinheiro fácil do BNDES.  Só para lembrar, o presidente do Banco Central do Lula, o banqueiro Henrique Meirelles é o principal articulador do grupo junto ao governo da Dilma.  Costa quente eles tem, até demais.  Até quando o grupo JBS vai viver às custas do BNDES, ninguém sabe.  Só Dilma sabe!

JBS/Friboi do conhecido comercial doTony Ramos é o próximo OGX, a sucumbir, se o governo PT perder eleições.  Se Dilma ganhar as eleições, a festa continua!  E cada vez mais BNDES vai botar nosso dinheiro no Friboi do Tony Ramos.  Com certeza absoluta, JBS será o principal financiador da campanha da Dilma."

Deu exatamente o que previ, o grupo JBS/Friboi foi o principal doador da campanha presidencial Dilma 2014. Para que não venha colocar meu nome nos hostes do PSDB sem sê-lo, informo aqui que o grupo JBS/Friboi foi o principal financiador da campanha do chapa oponente da Dilma.  O grupo que investe pesadamente em ambas campanha, certamente deve ter muita maracutaia a esconder.

Isto tudo dito, para mostrar que Luciano Coutinho nada mais é do que principal articulador da ladroagem praticada e que será praticada pela dupla de presidentes Dilma e Lula da Silva no âmbito do BNDES. Luciano Coutinho, agora, comandando as duas maiores empresas do Brasil, continuará articulando as operações para abastecer as contas dos paraísos fiscais da dupla de presidentes e de si próprio.

Se Dilma, Lula da Silva e Luciano Coutinho quiserem justificar as operações fraudulentas no BNDES e agora na Petrobras, desafio aos três achacadores da República a abrirem as caixas pretas do sistema BNDES, Petrobras e Fundos de pensão, refutando as minhas denúncias aqui formuladas. Não aceito blá-blá-blá, nem meias desculpas.


Se a imprensa e articulistas econômicos de renome não tem coragem para denunciar os fatos, este reles cidadão faz. Não achem os leitores que sou de gelo. Claro, que tenho medo. Já respondi por 5 processos criminais de liberdade de expressão, todos arquivados, e um atentado físico, pelos quais me reservo o direito de me silenciar. Mas, o Brasil está acima dos meus interesses pessoais. E vamos  em frente!

Que Deus nos abençoe, os defensores da pátria livre!

#VemPraRua12Abril

Ossami Sakamori






quinta-feira, 26 de março de 2015

Lava Jato. Galvão Engenharia vai a falência.


Segundo Estadão, após 2 meses de tentativas frustradas para levantar dinheiro no mercado e tocar os negócios, o Grupo Galvão entrou ontem (25/3), com pedido de recuperação judicial das empresas Galvão Engenharia e Galvão Participações. 

A Galvão declarou no pedido de recuperação judicial que a empresa tem cerca de R$ 900 milhões a receber da Petrobras e que a Companhia paralisou todos os pagamentos desde 2014. Segundo a empresa, "a estatal não honrou pagamentos de serviços adicionais executados e atestados". Claro, isto é apenas justificativa para declarar-se falido. 

O pedido de recuperação judicial não envolve as subsidiárias CAB Ambiental, Galvão Óleo e Gás, BR-153 e Galvão Finanças. A Empresa Galvão Engenharia além de prestar serviço na Refinaria Abreu e Lima, também, toca obras da ferrovia Transnordestina (acesso a Suape). Mas isto tudo vai virar numa lama só. Haverá repercussão em todas obras tocadas pelas empresas "falidas".

O direto da Galvão Engenharia Erton Fonseca está preso na penitenciária de Piraquara respondendo por processo de pagamento de propinas e de fazer parte da organização criminosa, objeto da Operação Lava Jato. Empresa nesta situação, é difícil de ser administrado, sobretudo cheio de maracutaias para levantamento de dinheiro.  O resultado é que a falência deve ter sido preparado, antes, para não haver repercussão nas outras empresas do grupo.

A Galvão Engenharia já vinha, desde mês passado, dispensando trabalhadores na refinaria Abreu e Lima em razão da suspensão de pagamentos das faturas por parte da Petrobras. Isto é apenas ponta de cipoal de problemas do sistema de ladroagem que o Partido dos Trabalhadores montou para financiar campanha política dos seus aliados, inclusive da Dilma Rousseff ao cargo de presidente da República. Que diga o João Vaccari Neto, tesoureiro do PT.

Já apresentei nas matérias anteriores, os riscos de cada segmento que envolvem as atividades ligados aos órgãos estatais e Fundos de Pensão, em função do esquema de ladroagem da Operação Lava Jato. Falei do risco do sistema Petrobras, do sistema BNDES, do sistema de cartel dos empreiteiros e Fundos de pensões.  O total de riscos somados, em moedas de dezembro de 2014, representava R$ 1,7 trilhão. 

Pois bem, o grupo Galvão Engenharia é uma das empresas que tem envolvimento com os segmentos: Petrobras, cartel de empreiteiros, BNDES e Fundos de pensão. Explico. A Galvão Engenharia tem contrato paralisado com a Petrobras, e tem empréstimos em bancos estatais e comerciais,  tem empréstimos no BNDES e tem títulos podres de sua emissão em poder dos Fundos de Pensão. Fundos de pensão que se preparem para assumir os prejuízos.

A Operação Lava Jato já apresentou relação de 17 empreiteiras relacionados com a ladroagem na Petrobras. A Galvão Engenharia e a OAS Engenharia são os primeiros grupos a causar rombos nos sistemas mencionados acima. Ainda há mais de uma dezena de empreiteiras que fatalmente entrarão em recuperação judicial ou na melhor das hipóteses deixarão rombos nos sistemas. É importante frisar que há centenas de empresas terceirizadas que dependem suas sobrevidas ao cartel de empreiteiros que participaram do esquema de ladroagem e propinas da Petrobras. 

Quando eu digo que o pior está por vir, é  baseado no quadro desenhado acima. Estamos a assistir apenas o início do imbróglio decorrente da Operação Lava Jato. Lembrando que o total do risco de todos os sistemas envolvidos é de R$ 1,7 trilhão. Muitos esqueletos aparecerão com ou sem recuperações judiciais. 

Os ajustes econômicos defendidos pelo Joaquim Levy será comido num instante com os rombos que serão debitados nas empresas estatais, bancos públicos, nos Fundos de pensão e impostos e contribuições que as empreiteiras deixarão de recolher aos cofres públicos em decorrência das recuperações judiciais. Avalio que o calote que o cartel de empreiteiros dará a Receita Federal será muito maior do que o ajuste proposto por Levy.

Falência (recuperação judicial) da Galvão Engenharia será apenas migalhas em relação a outros rombos que estão para serem revelados nos próximos meses. A Dilma presidente, Lula da Silva e o PT vão sangrar até o desfecho final do imbróglio da Operação Lava Jato. 

O País assistirá fatalmente a renúncia ou impeachment da Dilma e consequentemente o desmonte da facção criminosa que tomou conta do Palácio do Planalto. O resultado é que haverá novas eleições para presidência e vice-presidência da República. 

A recuperação judicial do cartel de empreiteiros vai bater diretamente às portas do Palácio do Planalto.

Ossami Sakamori



quarta-feira, 25 de março de 2015

Dólar vai ficar no patamar de R$ 3,50 a R$ 3,60.


O dólar, hoje (25/3), fechou a R$ 3,20, após 3 dias seguidos de queda. A alta da moeda americana é resultado do anúncio da retirada do Banco Central no mercado de câmbio com o anúncio do fim da venda diária de swap cambial tradicional.

Isto mostra claramente que o Banco Central ou o governo Dilma resolveu colocar o dólar no patamar real do dólar, sem intervenção. Em tese, o mercado de câmbio brasileiro é de livre flutuação. Digo livre porque o Banco Central estava fazendo intervenções diárias para "segurar" o dólar. De princípio vai deixar flutuar para ver onde vai. 

Já disse 300 vezes, mas não custa falar mais uma vez. O instrumento swap cambial tradicional é título de dívida do Banco Central com garantia de recompra nos prazos, normalmente curtos, em real calculado com o dólar de fechamento do dia anterior denominado Ptax. Eu tinha denominado estes títulos de dólar "fake", uma vez que o título é oferecido em dólar, mas é negociado em real. E no vencimento, aquele mesmo dólar é entregue, não em dólar, mas em real. Dá para entender a encrenca?

Desde agosto de 2013, o governo da Dilma vem utilizando deste expediente para "segurar" o dólar para garantir a "sensação de bem estar" e a "sensação do poder de compra" para garantir a reeleição da Dilma no cargo de presidente da República. Bem, a reeleição já foi garantida, então, vamos colocar na b... do povo, pensa Dilma presidente.

O Banco Central já vendeu equivalente a US$ 115 bilhões de dólares ou R$ 368 bilhões valor de hoje, no mercado. Este volume de empréstimo do governo Central deve ser absorvido com a venda de títulos do Tesouro com remuneração hoje de 12,75% ao ano de agora em diante. No cálculo de volume da dívida interna bruta da União, eu já tinha considerado dentro dos R$ 3,2 trilhões já anunciado por mim em matéria anterior. No conceito do governo, o empréstimo do Banco Central não entra como dívida interna bruta da União. 

A brincadeira de segurar o câmbio, o Banco Central teve prejuízo de R$ 17,3 bilhões no ano de 2014. Este prejuízo não entra no cálculo de despesas do governo federal. Tem períodos que o Banco Central ganha ou perde, conforme o valor da venda e o valor da recompra. Isto é intervenção do Banco Central no mercado de câmbio. Eu já disse também, que não existe Banco Central independente. Está aí a confirmar que o Banco Central estava atuando para garantir a "popularidade" da presidente Dilma "segurando" o dólar até as eleições.

O anúncio da retirada do swap cambial tradicional no mercado de câmbio sinaliza que o dólar vai flutuar para cima ou para baixo conforme o humor do mercado internacional em relação à credibilidade do Brasil no exterior. A última projeção do dólar feito por mim para o ano de 2015 era fechar em R$ 3,50. Parece que esta cotação deveremos alcançar em breve, talvez nos próximos dias.

Sugiro muita cautela ao comprar dólar apenas para especulação. Tanto o Banco Central interveio suspendendo a venda do swap cambial tradicional para conter o dólar, mas o mesmo Banco Central poderá fazer intervenções com venda do dólar no mercado spot ou à vista.  A reserva cambial do Brasil que ontem estava em R$ 371 bilhões poderá ser utilizado para conter a alta excessiva. 

Outro mecanismo para conter a alta excessiva do dólar é atração do capital estrangeiro especulativo promovendo a alta dos juros reais ou a taxa Selic. O governo pode intervir no câmbio direta ou indiretamente, com vários instrumentos, além desses dois mecanismos tradicionais. Em tese, a Dilma presidente está adotando a teoria "neo-liberal" dos governos tucanos. 

Resumindo, a transfiguração do rosto da Dilma dos últimos dias, tem muito a ver com a transfiguração da política econômica da Dilma. A mente comunista bolivariana da Dilma praticando teoria neo-liberal dá nisso. Tal qual o rosto transfigurado da Dilma, dos últimos meses, o rosto da nova política econômica da Dilma presidente é totalmente transfigurado. 

O dólar deve valorizar até o patamar de R$ 3,50 ou R$ 3,60, mas não mais que isto.

Ossami Sakamori


Renuncie, Dilma II ! = Vaza, Dilma !



Dilma presidente ficou na sinuca do bico com a prova material apresentada pelo delator premiado Augusto Mendonça do grupo Setal para o juiz Sérgio Moro da Justiça Federal de Curitiba. É um documento que estava faltando para iniciar o processo de impeachment pelo Congresso Nacional.

O presidente Collor viu o processo de impeachment correr no Congresso Nacional, baseado na compra de um veículo Fiat - Elba em nome do seu motorista particular com dinheiro da sobra de campanha presidencial. Diante da iminência de cassação de mandato o Collor presidente renunciou na véspera da votação do impeachment pelo Congresso Nacional.


A situação da Dilma presidente é muito semelhante a do afastamento do Collor presidente em 1992. O erro da Dilma presidente é ter recebido R$ 150.000,00 de doação para Diretório Nacional do PT do delator premiado Augusto Mendonça. O próprio delator afirmou à Justiça Federal de que a origem do recurso proveio de dinheiro da propina da Petrobras e depositado conforme orientação do tesoureiro do PT João Vaccari Neto.


O dinheiro repassado para o Diretório Nacional que bancou a campanha da Dilma presidente em forma de "doação legalizada" no dia 7 de abril, quando era dada a largada para a campanha presidencial da Dilma em 2010. A doação foi a mais alta dentro de uma lista de 24 repasses partidários feitas por sua empresa entre 2008 e 2012 como forma de ocultar a propina da Petrobras.


Para cassação de mandato de um presidente da República não há necessidade de processo judicial contra ele ao contrário de opiniões contrários de muitos juristas de renome e alguns ministros do STF. Esses, com certeza, são os que fazem conta do Palácio do Planalto. Há precedente da tramitação do processo de impeachment na história recente. O pedido de impeachment do Collor justificado na compra de um Fiat-Elba não deixa nenhuma dúvida quanto da real possibilidade de cassação de mandato da Dilma presidente.


Dilma presidente, faça como Collor presidente, antes que a sua biografia fique manchada com cassação do seu mandato pelo Congresso Nacional, melhor sair pelas portas dos fundos do que enxotado do Palácio Planalto pela força da manifestação popular. Chega de arrogância e incompetência! O povo não aguenta mais você, Dilma.


Renuncie, Dilma!

#VemPraRua12Abril

Ossami Sakamori






segunda-feira, 23 de março de 2015

Sou contra intervenção militar !



O assunto é polêmico, mas já vou matar no nascedouro a falsa ideia de que intervenção militar é solução para crise política que vive o País. Sobretudo com o desmando e arrogância da presidente Dilma, mesmo após a queda da sua popularidade em níveis nunca dantes vistos.

Aqueles que acreditam que a intervenção militar é a única solução para graves problemas que o País atravessa, querem no meu entender terceirizar o serviço sujo da derrubada da presidente Dilma do cargo que ocupa e ao mesmo tempo fazer limpeza moral nos três poderes da República. 

A justificativa das ditaduras sempre foram assim em qualquer parte do mundo. Aproveitar da fragilidade da situação política, econômica  e social do País para impor a ditadura é prato mais do que requentado. Que digam os irmãos Castro, o maluco Nicolás Maduro, assim como muitos ditadores dos países africanos.

É muita ingenuidade pensar que os militares vão fazer intervenção, para cassar mandatos dos parlamentares corruptos, dos ministros do Supremo Tribunal Federal e de agentes públicos que tenham indícios de participarem no esquema de corrupção no País e depois devolver aos civis.

Circulam nas redes sociais e nos meios de comunicações alternativos, vozes de sargento reformado, avisando da iminência de intervenção militar no País. Isto pode ser tática de guerrilha da própria esquerda para justificar a mobilização da "força popular" como do MST. 

Os militares nunca avisam na véspera. Faz parte da doutrina militar, nunca revelar o verdadeiro plano da tomada de posições de guerra. E assim, portam os militares, mesmo quando se trata de "golpe militar", ninguém é avisado na véspera. Nem mesmo os generais de alta patente sabem de antemão o que se pretende o Alto Comando do Exército. 

Quando houver intervenção militar, é resolvido pelo Alto Comando do Exército formado por meia dúzia de generais de Exército, como aconteceu na dita "Revolução de 1964". Quando Exército toma conta do País, não vão ficar no poder por apenas 90 dias para depois entregar o poder aos civis mediante novas eleições. A última intervenção do País militar que era para ficar por alguns meses, ficou no poder por 20 longos anos. 

É sonho, é utopia, pensar que vai haver intervenção militar por 90 dias, o Exército cassar os corruptos, o Exército destituir os membros do Supremo Tribunal Federal que tenha cooptados pelo PT e devolver o comando aos civis. A coisa não funciona assim. 

As Forças Armadas no Brasil estão sucateados. O Exército nem sequer consegue cuidar das nossas fronteiras terrestres. Entram drogas e armas pesadas pela fronteira que, em tese, teria que ser vigiados dia e noite para garantir a soberania do País. Que soberania que o Exército defende se os traficantes dos morros do Rio de Janeiro utilizam armamentos que nem as próprias Forças Armadas as tem no seu arsenal.

A Marinha, coitada, não consegue vigiar de fato, os limites marítimos ao longo das costas brasileiras. O único porta avião que tem, que leva o nome de São Paulo, está em conserto há muitos anos. Virou sucata como o porta avião Minas Gerais. O projeto de submarino nuclear, por enquanto não fabricou nenhuma unidade. 

A Força Aérea está com sucata de aviões de combate para defesa do espaço aéreo, e utilizam as velhas e obsoletas caças americanas que veio substituir as caças francesas. As primeiras unidades de caças sueco-brasileiras Gripen só começarão a ser entregues na melhor das hipóteses em 2 anos.  O avião cargueiro projetado para atender a demanda da Força Aérea brasileira, estão ainda em voos de testes. 

O Exército está totalmente sucateado, sem os armamentos para defender a soberania. Ainda bem que os vizinhos são tão pobres e atrasados quanto o Brasil. Os recrutas que servem o Exército são dispensado no período da tarde por falta de comida para a janta. Não não estou brincando. Isto é o Exército brasileiro. 

Esperar que as Forças Armadas façam intervenção militar para resolverem questões políticas, sociais e econômicos é pedir demais. Pior, depois de tudo resolvido, esperar que os militares devolvam a administração do País para civis é como acreditar que as nossas forças armadas tem condições de enfrentar as Forças Armadas americanas.

Esta doideira de pensamento é daqueles que se passam por entendido em redes sociais, minando a mente dos poucos esclarecidos, para enfraquecer a própria democracia. Enfraquecer a democracia que recém conquistamos, após 20 anos de regime militar. Isto é ir contra o verdadeiro movimento das ruas. Os movimentos das ruas vão bem, obrigado. Sem as Forças Armadas, claro!

Sou contra "intervenção militar" e pronto!

Ossami Sakamori

domingo, 22 de março de 2015

Renuncie Dilma !


Dilma presidente, esta é segundo recado que lhe passo a respeito da sua permanência no cargo máximo da República Federativa do Brasil. 

Sinto dizer, mas você não tem mais condições de permanecer no cargo de presidente, conquistado nas eleições de outubro do ano passado.  Olha, Dilma, não adianta vir com conversa de que estou fomentando o terceiro turno das eleições.

Dilma, você ganhou eleições pregando mentiras. Você teve cara de pau de mentir que não haveria aumento de gasolina, de que não haveria arrocho, de que não haveria desemprego, de que não iria mexer nos direitos trabalhistas. Você ganhou eleições ilegitimamente, mentindo.

Pelo amor de Deus, Dilma. Nem bem passou 2 meses do governo, você está fazendo tudo que disse que não iria fazer. Cortou direitos trabalhistas, aumentou o preço da gasolina, aumentou tarifas de energia, está fazendo arrocho com cortes em investimentos, está aumentando os impostos, com arocho os empresários estão mandando embora os seus empregados, em massa. 

Dilma, outra coisa, a inflação que você diz que está dentro da meta, não está mais. O último número da inflação oficial está acima do teto da meta, 6,87%, com tendência de aumento nos próximos meses. A inflação do bolso dos últimos 12 meses está em 25%, com tendência de fechar ano em 30%. Isto é dito pela imprensa  puxa saco, imagine se fosse imprensa da oposição. 

Dilma, a sua popularidade despencou para 7% de aprovação pelo IBOPE e 17% pelo Data Folha. Dizem os sociólogos que a sua popularidade está abaixo do índice de aceitação do Fernando Collor, 3 meses antes da cassação do seu mandato como presidente da República. Dilma, sua fotografia está muito feia, tal qual as suas fotos dos últimos dias. Você está com rosto muito cansado. Você está precisando ir para casa, se tratar. 

Dilma, a imprensa noticiou que na cerimônia de assinatura de convênio em Goiânia, o prefeito teve que decretar feriado municipal e cercar o prédio da prefeitura com tapumes para que a população não chegasse perto. Foi determinação do Miguel Rossetto, seu Secretário Geral da Presidência da República. Dilma, até que ponto chegou sua popularidade, não é?

No último evento promovido pelo Miguel Rossetto, no Rio Grande do Sul, foi convocado membros do MST para fazer platéia para ovacionar você, Dilma. Está certo que os participantes receberam já tradicional ajuda de custo e "pão com mortadela". Dilma, você sabe que a despesa foi paga por nós contribuinte, não sabe? Gastar nosso dinheiro para sua promoção pessoal, não dá, não é, Dilma.

Dilma, eu não tinha visto a foto que a imprensa não divulgou sobre o evento do Rio Grande do Sul (vide foto acima).  Pelo amor de Deus, Dilma! Você convidou o João Pedro Stédile para cumprimentá-lo no palanque do evento. Dilma, Stédile é o cara que ameaça fazer "guerra" contra os "zelites" nas manifestações de ruas, à mando do Lula. Você está muito ligado com essa turma que quer fazer guerra no País. Que coisa, Dilma!

Desafio você, Dilma, a colocar os membros do MST nas manifestações do próximo dia 12 de Abril. O povo já está acordado, Dilma. Os que vão nas manifestações, incluem crianças e idosos. Se houver qualquer incidente, você será responsabilizado. Tome cuidado, Dilma. Estou de olho aberto, Dilma. Nós estamos atentos ao que vai acontecer no próximo dia 12 de Abril.

Dilma, a notícia de hoje, arrasou você. O Instituto Data Folha acaba de anunciar que 84% dos entrevistados tem certeza de que você sabia das ladroagens da Petrobras reveladas pela Operação Lava Jato investigado pela Polícia Federal. O julgamento político, Dilma, é diferente do julgamento do STF. O STF você pode enrolar, como vem enrolando até aqui, mas o povo você não engana. O povo pode mandar Congresso Nacional cassar o seu mandato.

Diante de tanta notícia ruim contra você, eu só tenho a aconselhar: Renuncie antes que o Congresso Nacional vote o seu impeachment. Faça como Collor fez, renuncie antes! Renuncie Dilma! E vá, viver o restante da sua vida com velho Fidel Castro! Tchau, Dilma!

#RenuncieDILMA

Ossami Sakamori




#VemPraRua12Abril

Relação das cidades e locais da manifestação.
Confirmar o horário com lideranças locais. 

#VemPraRua12Abril

Cidades:

Americana - Praça dos Trabalhadores - 16:00 h

Araçatuba - Praça Getúlio Vargas - 9:30 h

Barretos - Fórum de Barretos - 14:00 h

Baurú - Av. Getúlio Vargas, 9:30 h

Belém - Escadinhas da Estação das Docas - 9:00 h

Belo Horizonte - Praça da Liberdade - 10:00 h

Blumenau - Prefeitura - 16:00 h

Brasília - Congresso Nacional - 9:30 h

Brusque - HSBC - 16:00 h

Cabo Frio - Praça Águas Praia Forte - 12:00 h

Cachoeira do Sul - Praça da Matriz - 16:00 h

Caicó - Rodoviária - 16:00 h

Camaçarí - Praça Des. Monteiro - 9:30 h

Cametá - Praça dos Notáveis - 10:00 h

Campinas - Largo do Rosário - 10:00 h

Campo Grande - Av. Brasília - 14:00 h

Campos Novos - Praça Lauro Muller - 16:00 h

Carpina - Praça José Otávio - 14:00 h

Cascavel - Catedral N. S. da Aparecida - 15:00 h

Castanhal - Praça do Cristo Redentor - 10:00 h

Catanduva - Praça da Prefeitura - 15:00 h

Castelo - Praça Três Irmãos - 16:00 h

Caxias - Praça da Matriz - 15:00 h

Caxias do Sul - Praça Dante - 15:00 h

Cerquilho - Praça do Convívio - 15:00 h

Chapadinho - Praça do Povo - 15:00 h

Cosmópolis - Praça da Pátria - 12:00 h

Criciúma - Parque das Nações - 15:00 h

Curitiba - Praça. Santos Andrade - 15:00 h

Divinópolis - Praça do Santuário - 9:30 h

Dracena - Praça Arthur Pagnozzi - 16:00 h

Erechim - Praça Bandeira - 15:00 h

Farroupilha - Praça da Bandeira - 16:00 h

Feira de Santana - Prefeitura - 15:00 h

Fernandópolis - Praça Matriz - 9:30 h

Florianópolis - Trapiche da Beira Mar - 9:30 h

Fortaleza - Praça Portugal - 15:00 h

General Salgado - Calçadão -9:30 h

Goiânia - Praça Tamandaré - 14:00 h

Guarapari - Praça do Radium Hotel - 16:00 h

Guarulhos - Bosque Mauá - 11:00 h

Imperatriz - Praça Fátima - 16:00 h

Indaiatuba - Estação Ecológico - 10:00 h

Ipatinga - Prefeitura - 10:00 h

Itaguaí - Praça Central - 14:00 h

Itapema - Praça da Paz - 15:00 h

Itú - Em frente a Igreja Matriz - 10:00 h

Jacareí - Praça da Cidade - 10:00 h

Jales - Praça do Jacaré - 9:30 h

Jaú - Praça Centenário - 9:30 h

João Pessoa - Busto do Tamandaré- 16:00 h

Joinville - Praça da Bandeira - 16:00 h

Juazeiro - Praça Santigado Maior - 16:00 h

Jundiaí - Av. 9 de Julho - 9:30 h

Juiz de Fora - Praça São Mateus - 14:00 h

Lages - Praça Antonio Correia - 10:00 h

Londrina - Vicente Rijo - 15:00 h

Lorena - Praça Alnolfo - 16:00 h

Macapá - Praça da Bandeira - 15:00 h

Maceió - Corredor Vera Arruda, Praia de Jatiuca - 14:00 h

Manaus - Praça do Congresso - 9:00 h

Maringá - Praça da Catedral - 14:00 h

Marituba - Praça da Matriz - 16:00 h

Monte Aprazível - Praça Igreja Vila Araújo - 9:30 h

Mossoró - Praça Diocesano - 15:00 h

Natal - Midway Mall - 15:00 h

Niterói - Praia de Icaraí - 9:00 h

Novo Hamburgo - Praça Punta Del Este - 15:00 h

Palmas - Praça dos Girassóis - 16:00 h

Paracatú - Prefeitura - 14:00 h

Paragominas - Praça Célio Miranda - 16:00 h

Paraguaçú Paulista - Praça da Matriz - 16:00 h

Ponta de Pedras - Praça da Matriz - 9:30 h

Porto Alegre - Parque Moinhos do Vento - 15:00 h

Porto Velho - Praça da Caixa D'água - 15:00 h

Promissão - Praça 9 de Julho - 10:00 h

Recife - Av. Boa Viagem - 9:30 h

Resende - Praça Alfredo Whateli - 13:00 h

Ribeirão Preto - Praça Carlos Gomes - 9:30 h

Rio de Janeiro - Praia Copacabana, posto 5 - 12:00 h

Rondonópolis - Rondon Plaza Shop - 16:00 h

Salto - Praça XV - 16:00 h

Salvador - Farol da Barra - 9:00 h

Santa Cruz do Sul - Praça da Bandeira - 16:00 h

Santa Fé do Sul - Praça da Matriz - 16:00 h

Santarém - Praça São Sebastião - 16:30 h

Santos - Praça do Surfista - 14:00 h

São Carlos - Mercado Municipal - 16:00 h

São João Del Rei - Pça da Igreja S. Fco. de Assis - 10:30h

São José do Rio Preto - Prefeitura - 9:30 h

São José dos Campos - Praça Afonso Pena - 15:00 h

São Luís - Av. Litorânea - 9:30 h

São Paulo - Av. Paulista, MASP - 14:00 h

Sete Lagoas - Praça da Feirinha - 16:00 h

Sirinhaém - Prefeitura velha - 10:00 h

Sorocaba - Praça da Amizade - Estádio CIC - 16:00 h

Teófilo Otoni  - Praça Tiradentes - 10:00 h

Teresópolis - Parque Regadas - 14:00 h

Timbó - Prefeitura - 9:00 h

Toledo - Parque Ecológico - 17:00 h

Tubarão - Em frente ao Museu - 16:00 h

União da Vitória - Santander - Calçadão - 14:00 h

Valinhos - Prefeitura - 14:00 h

Viçosa - 4 Pilastras da UFV - 14:00 h

Vinhedo - Portal - 14:00 h

Vitória - Praça do Papa - 16:00 h

Votuporanga - Concha Acústica - 9:30 h

NOTA: 

Não somos organizadores do movimento Vem Pra Rua. Cada cidade tem os responsáveis pela organização. Para inserção das cidades: sakamori10@gmail.com

Apoiadores:

@DrAngeloCarbone
@Marisascruz
@SakaSakamori