Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

CONFIRMADO, O PLANO DA DILMA É ESPUMA!


Um caminho de 15 passos -quase sempre tortuosos- separa o governo da conclusão do plano de conceder à iniciativa privada 21 rodovias e ferrovias em 13 meses. O calendário prevê que as primeiras licitações ocorrerão em dezembro e que as vencedoras poderão começar seus trabalhos em abril de 2013. Fonte: Folha.

O problema é que, das 21 concessões anunciadas, só 2 estradas têm os estudos concluídos e poderão entrar na fase de audiência pública: as BR-040 e BR-116, ambas em Minas. Os primeiros estudos foram feitos em 2008 e audiências públicas dessas licitações ocorreram em 2008, com previsão de que no ano seguinte seriam operadas pela iniciativa privada. Mas o TCU considerou que os estudos estavam incorretos, determinou novas análises e a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), responsável pelo leilão, teve de recomeçar praticamente do zero. Resultado: as audiências públicas só recomeçaram neste mês. Fonte: Folha.


Os fatos narrados acima demonstram que fui pertinente em chamar atenção dos leitores de que o anúncio de obras da presidente Dilma era pura "espuma".  É tudo engodo, apenas anúncio de boas intenções.  Uma colcha de retalhos, pinçados do PPA ou dos estudos preliminares do ANTT.  Um tal de "agenda positiva", que poderá ser concretizada ou apenas ficar no terreno de boas intenções, como verdadeiro espuma da máquina de lavar roupa, que esconde o verdadeiro conteúdo.

Nos próximos dia 29 deste mês e dia 5 de setembro, outras espumas serão anunciadas, no intuito de tentar mostrar "a que veio" a falada gerentona (sic) Dilma Rousseff, presidente do Brasil.  Novos capítulos do programa "espuma", assistam! Tudo pelas eleições municipais dos seus aliados políticos!

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi prof. da UFPR
Twitter: @sakamori10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.