Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

DILMA X MST. RELAÇÃO AZEDANDO...


A Polícia Militar de Alagoas utilizou bombas de gás lacrimogêneo para dispersar manifestantes sem-terra que bloquearam uma rodovia que dá acesso a uma fábrica da Braskem que a presidente Dilma Rousseff inaugura nesta sexta-feira (17), em Marechal Deodoro (33 km de Maceió).
Os manifestantes tentavam chegar até o evento para pedir maior agilidade na reforma agrária à presidente, mas foram barrados pela PM a cinco quilômetros da fábrica. Revoltados, decidiram bloquear os demais veículos que passavam pela rodovia. Fonte: Folha.

Segundo o MST em Alagoas, cerca de 250 integrantes de quatro entidades de luta pela terra participaram do protesto _o próprio MST, a CPT (Comissão Pastoral da Terra), o MLST (Movimento de Libertação dos Sem Terra) e o MTL (Movimento Terra Trabalho e Liberdade).
Ainda de acordo com o movimento, as balas de borracha e as bombas de efeito moral disparadas pela PM para dispersar o grupo não provocaram ferimentos, e ninguém foi preso. Fonte: Folha.

O braço violento do movimento social, o MST, apoiado pelo então presidente Lula, volta-se contra a presidente Dilma, em clara demostração, hoje, na cidade de Marechal Deodoro em Alagoas.  Somado aos movimentos grevistas dos funcionários públicos federais, dá a nítida impressão de que Dilma não goza de mesmo prestígio do Lula dentro do movimento sindical brasileiro.

Não sabemos ainda, se trata apenas de movimento que tenta influenciar as eleições municipais deste ano ou se tais movimentos, definitivamente, mudaram de direção.  Somente ao término do segundo turno das eleições podemos fazer avaliação isenta sobre o tema.  Mas, que os ventos estão mudando de direção, estão.  Como dizem os franceses, o governo está sempre à direita e oposição à esquerda.  Vivendo e aprendendo.

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi prof. da UFPR
Twitter: @sakamori10

Um comentário:

  1. Nada me tira o pensamento que toda essa manobra do MST, greves de Universidades federais, etc são coisas do PT mais especificamente do canalha ordinário do Lula que quer voltar em 2014! Apesar de não acreditar nas pesquisas de apoio ao governo Dilma (inclusive superando Lula), esse tipo de manchete não ajuda o ordinário a voltar!
    Por mim, iria pro paredão TODA CANALHADA PT E TODOS QUE APOIAM ESSA CORJA ORDINÁRIA!

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.