Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

terça-feira, 28 de agosto de 2012

TEATRO DE FANTOCHES. PAGOT NÃO VAI FALAR. SE FALAR TUDO, CAI DILMA

A CPI do Cachoeira tenta ouvir na manhã desta terça-feira, 28, Luiz Antonio Pagot, ex-diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Ao contrário da maioria dos depoentes, que ficam em silêncio diante dos parlamentares, Pagot se diz disposto a falar.

Demitido durante a "faxina da presidente Dilma Rousseff no Ministério dos Transportes em 2011, Pagot fez denúncias recentes que envolvem tanto governistas quanto oposição. Ele acusou PT e PSDB de usarem os governos federal e paulista para bancar a campanha presidencial de 2010. 

À imprensa, Pagot disse que o alto escalão do PT pediu ajuda para conseguir doações de empresas contratadas pelo Dnit para a campanha de Dilma. Sem apresentar provas, culpou tucanos por suposto desvio de dinheiro do Rodoanel para abastecer o comitê do então candidato José Serra. Os dois partidos negam as acusações. Fonte: Folha.

Esse contraventor está devidamente engraxado.  Não vai falar tudo.  Só vai falar o que interessa ao esquema do Lula e companhia.  Se falar tudo vai dar impeachment da Dilma. Escrevam!

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi prof. da UFPR
e-mail: sakamori10@gmail.com

Um comentário:

  1. Também acredito que não vá falar tudo não, até porque o Lula já manifestou planos de candidatura futura, fato que é que o Brasil tem que lavar seu chão com ácido, uma vergonha pra moral brasileira, despautério pro povo, abuso imperdoável que permanece impuno.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.