Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

terça-feira, 10 de julho de 2012

ONDE COLOCAR O SEU PRECIOSO DINDIM

A meta da taxa Selic para reunião do Copom que encerra amanhã é esperado em 8,00%, isto é redução de 0,50% em relação à última taxa Selic.  As estimativas para as taxas Selic esperadas para as próximas reuniões do Copom ao longo de 2012 continuam a mostrar que a Selic deve fechar o ano no patamar de 7,50%.


De acordo com as novas regras da Caderneta de Poupança, os depósitos efetuados à partir de amanhã, deve render 5,60%, já que está abaixo do limite, onde equipararia com o rendimento pela regra antiga.  Os depósitos antigos continua rendendo de acordo com a regra anterior, somente para os saldos.  Os novos depósitos, seguem regras novas.


Desde que não pague taxa de administração, a aplicação em Tesouro Direto, seria uma opção interessante.  Tesouro Direto rende equivalente a taxa Selic menos os impostos incidentes.  Mesmo assim, a aplicação rende mais que Caderneta de Poupança.


No momento de futuro incerto, deve evitar aplicação em bancos pequenos ou médios.  Sugiro aplicações em Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco e Itaú.  E nos bancos estrangeiros de primeira grandeza como Citibank e HSBC.  A oferta de taxas acima do mercado sinaliza a fragilidade da instituição financeira.  Podem quebrar amanhã.


Ao contrário do que a presidente Dilma alardeia o mercado financeiro brasileiro não está tão sólido quanto parece.  Nem tão pouco a economia brasileira está 300% preparado para enfrentar a crise financeira mundial.  Vamos poupar, aplicando em instituições financeiras sólidas como aquelas já mencionadas.


Num momento de instabilidade, fujam das Rendas variáveis. Não entrem no mercado de ações, sem conhecer profundamente o assunto.  Pode ganhar muito, mas pode perder muitíssimo.  Não vão na onda de gerente de bancos. Eles precisam vender produtos para assegurar o seu próprio emprego.  Nem de aplicações de alta rentabilidade, pode ser golpe.


Se tem algum dinheiro sobrando, paguem saldo devedor de bancos ou de cartão de crédito.  Os juros são absurdos!  


Ossami Sakamori, 67, engenheiro civil, foi prof. da UFPR
Twitter: @sakamori10

Um comentário:

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.