Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quinta-feira, 26 de julho de 2012

DILMA, DE GERENTE A GENERAL

Abaixo, reprodução de trechos da coluna do articulista Sérgio Malbergier.  Comentário muito interessante, que reproduzo sem o meu comentário, costumeiro.  Perfeito texto. O inteiro teor, poderá encontrar no site da Folha. www.folha.com.br
 
Depois de passar o rolo compressor pelos bancos privados, o governo Dilma volta-se agora contra as empresas de telefonia para exigir melhorias no serviço privatizado pelos tucanos em 1998. 

O governo Dilma e as agências reguladoras têm bons motivos para questionarem setores que lideram rankings de reclamações dos historicamente desprotegidos consumidores brasileiros. Coincidentemente, são batalhas extremamente populares em todas as camadas da população. Bingo! Depois do juro mais baixo, a telefonia melhor, o plano de saúde mais generoso... Mesmo se o PIB não ajudar, a campanha de reeleição já tem grandes bandeiras.  

Mas seria muito bom se governo e agências usassem seus canhões também na defesa dos consumidores dos serviços públicos de segurança, saúde, educação, saneamento básico, para ficar só nos básicos. Quantas reclamações estes serviços teriam no Procon? Quantas multas teriam de pagar? Quantos investimentos teriam de fazer para darem atendimento minimamente razoável à população, que compulsoriamente contrata seus serviços ao pagar os pesados impostos? 

Sérgio Malbergier é jornalista. Foi editor dos cadernos "Dinheiro" (2004-2010) e "Mundo" (2000-2004), correspondente em Londres (1994) e enviado especial da Folha a países como Iraque, Israel e Venezuela, entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.