Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

segunda-feira, 9 de julho de 2012

MENSALÃO TEM DNA DO LULA

O novo presidente da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Vagner Freitas, 46, diz que pode levar às ruas a força da maior central sindical do país para defender os réus do mensalão, que começarão a ser julgados pelo Supremo Tribunal Federal em agosto. Fonte: Folha.

A abertura do evento hoje deverá contar com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A central nasceu como uma espécie de braço sindical do PT nos anos 1980 e a maioria dos seus dirigentes é filiada ao partido.  Fonte: Folha.

Em 2005, quando o escândalo do mensalão veio à tona, a CUT reuniu 10 mil pessoas em Brasília para uma manifestação em defesa do governo Lula. O protesto foi organizado logo depois da queda do então ministro da Casa Civil, José Dirceu, um dos réus do processo no STF. Fonte: Folha.

Pelos fatos noticiados acima, sabe-se claramente quem está do lado dos réus do maior escândalo de desvio do dinheiro público para pagamento de propinas, mensais, para os parlamentares da base do governo.  Os dirigentes sindicais, estão comprometidos com a estrutura alternativa, nada republicana, dos governos Lula e Dilma, como espécie de braço de mobilização.  Aconteceu há muito tempo, com o Perón na Argentina, onde o braço sindical, denominados de descamisados, serviu de apoio populista daquele governante. Deu no que deu na Argentina.

Por mais que o presidente Lula diga que "não sabia do que acontecia" no gabinete ao lado da sala dele, ocupado pelo então José Dirceu, a sua defesa intransigente dos réus envolvidos no mensalão, faz nos crer que tem DNA dele no processo.  A tentativa de interferência do presidente Lula no STF e agora apoiando explicitamente as manifestações do CUT, participando ativamente à favor do mensalão, não deixa dúvida de que ao contrário do que afirmara anteriormente, ele Lula,  sim "sabia do que acontecia" no gabinete do ministro chefe da Casa Civil, de então, José Dirceu.

Esta matéria, tem apenas finalidade de confirmar aquilo que o povo sabe o que realmente ocorrera no processo mensalão, com envolvimento de Caixa 2, denominado pelo ministro Márcio Thomaz Bastos, de então, como "dinheiro não contabilizado".

Aplaudir, ovacionar, idolatrar homem público como presidente Lula é aceitar que o Brasil é um país corrupto, que perdoa a todos que participam da roubalheira do dinheiro público.  Pelo que estamos a assistir, ele Lula, deixou muitos seguidores desse ensinamento.  Pior de tudo, esse tipo de gente está proliferando em todos escalões do poder público, como se fosse saúva, formiga destruidora da natureza.

Ou o Brasil acaba com a saúva ou a saúva acaba com o Brasil.

Ossami Sakamori, 67, engenheiro civil, foi prof.da UFPR.
Twitter: @sakamori10

Um comentário:

  1. http://www.joelformiga.com.br/2012/04/carapuca/

    https://www.google.com.br/#hl=pt-BR&sclient=psy-ab&q=%C3%A9+tanto+ladr%C3%A3o+metendo+a+m%C3%A3o+na++na%C3%A7%C3%A3o&oq=%C3%A9+tanto+ladr%C3%A3o+metendo+a+m%C3%A3o+na++na%C3%A7%C3%A3o&gs_l=hp.12...2370.17887.0.20496.38.38.0.0.0.0.315.7613.2-34j1.38.0...0.0...1c.PrGESwgsmqg&pbx=1&bav=on.2,or.r_gc.r_pw.r_cp.r_qf.&fp=c347774b66a52548&biw=984&bih=636


    A trilha sonora contra a corrupção já existe,basta agoral o coral dos excluídos catarem bem alto e em qualquer tom.Salve o Brasil,que pertence aos brasileiros e não s elites,e tome vergonha na cara para depois não ficar reclamando ou chorando por causa de futebol e da "Tal seleção brasileira!!!!!Tudo é apenas uma forma de desviar o foco dos reais problemas do país.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.