Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

segunda-feira, 16 de julho de 2012

CHEVRON PASSA DE BANDIDO PARA MOCINHO


 A diretora-geral da ANP (Agência Nacional do Petróleo), Magda Chambriard, informou que a autarquia vai multar esta semana a petrolífera norte-americana Chevron, após oito meses do acidente da empresa ocorrido no campo de Frade, na bacia de Campos. Segundo Magda, a multa ficará abaixo do valor máximo de R$ 50 milhões estipulado pela legislação atual. Fonte: Folha.


 Magda informou ainda que a Chevron pediu para voltar a produzir no campo de Frade. A empresa suspendeu por vontade própria suas operações em março, após descobrir uma exsudação (liberação de petróleo do solo marinho) próxima ao primeiro acidente. Na época, a empresa pediu à ANP para suspender a produção, que girava em torno dos 70 mil barris diários de petróleo, para estudar melhor a geologia do local. Segundo Magda, "em breve a Chevron vai voltar a produzir", mas não soube estimar quando isso aconteceria. Fonte: Folha.


Tanta pirotecnia desnecessária na ocasião do acidente do Campo de Frade.  Bradou dizendo que iria multar a empresa em R$150 milhões e iria prender os responsáveis pela empresa pelos crimes que supostamente teria praticados.  


Na ocasião parecia razoável todas medidas que ANP e IBAMA iriam tomar.  Porém, atitude semelhante não fora tomada contra os dirigentes da Petrobrás, sócia do Campo em 30% com a Chevron.  A Petrobrás como sócia, não sabia o que estava ocorrendo na plataforma de exploração?  A própria ANP não deveria ter aprovado o plano de exploração e fiscalizado a sua execução?  A argumentação de que a ANP não tinham estrutura para fazer a fiscalização simultânea de vários poços, me deixa estarrecido.


Só estranho o fato de Chevron, de repente, virar da posição de bandido para posição de bom menino, sem muita explicação.  O que terá ocorrido nos bastidores?


Dá para continuar acreditando no que falam a ANP e o braço executor a nossa Petrobrás?  


Ossami Sakamori, 67, engenheiro civil, foi prof. da UFPR
Twitter: @sakamori10

2 comentários:

  1. Caro Sakamori

    A questão é que no estado que estão os esgotamentos de poços da petrobrás, o que vier agora é lucro, e dâne-se o ambiental no campo legal.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde Sakamori-San - Gostei e fico freguês - Abraço.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.