Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

domingo, 29 de julho de 2012

DNITduto. Capítulo II ::A ORDEM

A história contada aqui é uma ficção.  Os fatos e personagens citados, se guardam alguma semelhança com a realidade são meras coincidências.  


O Alfredo N desce na garagem do Palácio e pega apressado o elevador que o levaria ao 3º andar. É recepcionado pelo chefe do gabinete da ministra Vilma W. Conduzido ao gabinete e trocam cumprimentos de praxe.


Alfredo N: Bom tarde, presidente!


Vilma W: Presidente, não, ministro!


Alfredo N: Para mim, a senhora, já é! 


Riem, ambos. E tomam os assentos.


Alfredo N: Então ministra, o que é que a senhora manda?


Vilma W: Ministro, você tem uma missão a cumprir.  


Alfredo N: Estou às sua ordens, ministra.  A senhora manda.


Vilma W: Como você sabe, presidente deu-me a incumbência de ser a sua candidata.  Você sabe, não se ganha eleições tão fácil.  Mesmo com o apoio do presidente. Não vai ser fácil...


Alfredo N: Concordo, ministra.


Vilma W: Vamos precisar de muito dinheiro, Alfredo.  Muuito mesmo!  Campanha custa muito caro.  O dinheiro para apoiadores.  Precisamos ganhar em todo o Brasil.  


Alfredo N: Quanto a senhora acha ?


Vilma W: Eu penso que 1 bi.


Alfredo N com ar de espanto, mas se recompõe e responde.


Alfredo N: OK, ministra.  Pode contar comigo. O que preciso fazer?


Vilma W: Você sabe, Alfredo, o mesmo esquema de 2006.  Uma nova versão da operação tapa buraco.  Tudo isto você sabe e pode fazer.


Alfredo N: Entendido, ministra.  Vou operacionalizar isso.  Quanto por dentro e quanto por fora, ministra? 


Vilma W: Isto você acerta com o Antonio.  O destino, também. E, não se fala mais nisso.  E você acerta Manaus com o Antonio, também, deixo falado com ele sobre isto.


Alfredo N: Mais do que entendido, ministra. E obrigado pelo apoio!


Vilma W: Combinado, Alfredo.  Daqui em diante trata só com o Antonio.  Não te conheço mais... 


Alfredo N:  Nem eu, ministra...  


Na despedida.


Alfredo N: Mande meu abraço para o nosso chefe!


Os dois se despedem e só vão se encontrar na campanha para senador, em Manaus.


Autor: novelista Saka Sakamori


As eventuais contestações sobre o script acima, e-mail para contato: sakamori10@gmail.com

Um comentário:

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.