Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

terça-feira, 10 de julho de 2012

HUGO CHÁVEZ APLAUDE LULA, PELA GENEROSIDADE

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, afirmou nesta segunda-feia que se surpreendeu positivamente com a mensagem de apoio do ex-presidente Luiz Ina´cio Lula da Silva  à sua candidatura nas eleições de 7 de outubro, em que tenta o quarto mandato.  O mandatário criticou a oposição de querer se inspirar nas ações do presidente brasileiro para promover Henrique Capriles e ter mudado de opinião quando ele declarou apoio à Chávez. Fonte: Folha.


"Agora a oposição está contra Lula. Primeiro quiseram manipular a imagem dele, olhem vocês o que é a hipocrisia, que eles eram como Lula. Então, como o conhecemos, mandou essa mensagem que me surpreendeu gratamente e me comoveu", disse Chávez. Fonte: Folha.

 Após a transmissão do breve vídeo, Chávez tomou a palavra e iniciou seu discurso falando de maneira emotiva sobre a saudação que recebeu de Lula. "Eu lhes confesso que começo essas palavras muito comovido, sobretudo por essa mensagem desse grande companheiro, amigo desta pátria, desta alma nossa que é Luiz Inácio Lula da Silva", afirmou o governante venezuelano. "Eu te digo, Lula, desde aqui, que tenho certeza que a cada dia se aproxima mais o momento em que conseguiremos de novo nos encontrar, e o abraço que vamos dar vai ser um abraço do tamanho deste mundo e além", sentenciou Chávez, após gritar "viva Lula!".  Fonte: Folha.


É notória a preferência do presidente Lula e da presidente Dilma, pelos regimes ditos socialistas (sic), que nada mais são que regimes ditatoriais.  A diplomacia brasileira pende para a ditadura do Fidel Castro, do então Moamar Kadafi da Líbia, do sírio Bashar Al Assad, do iraniano Mahmoud Ahmadinejad, do fanfarrão Hugo Chavez da Venezuela. É temerário que esta preferência pelos regimes totalitários passe a ser preferência do Estado brasileiro.  Tudo orquestrado e manipulado pelo assessor para assuntos internacionais Marco Aurélio Garcia, o top top TAM. 


Realmente, o presidente Hugo Chávez da Venezuela, não tem nenhuma queixa à fazer ao presidente Lula e à presidente Dilma.  A sociedade da empresa estatal venezuelana PDVSA com a Petrobrás está indo em vento à popa.  A Refinaria Abreu de Lima, da qual a PDVSA é sócia em 50%, já teve seu orçamento multiplicado em 9 vezes, sem que Hugo Chavez colocasse nenhum tostão.  É uma sociedade de "pai e mãe" para o filho.  Quem paga a parte do Hugo Chavez na Refirnaria são os contribuintes brasileiros, até que PDVSA resolva fazer o aporte da sua cota parte do capital.


Até quando o povo brasileiro vai pagar contas das estrepolias presidenciais?


Ossami Sakamori, 67, engenheiro civil, foi prof. da UFPR.
Twitter: @sakamori10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.