Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quarta-feira, 11 de julho de 2012

IRMÃO DO PRESIDENTE É PRESO POR CORRUPÇÃO


 Lee Sang-deuk, irmão do presidente da Coreia do Sul, Lee Myung-bak, foi preso por ordem de um tribunal de Seul que o acusou formalmente de receber subornos de diferentes entidades, informou nesta quarta-feira a agência Yonhap.
De acordo com o tribunal, Lee Sang-deuk teria recebido 600 milhões de wons (US$ 525 mil) entre 2007 e 2011 dos presidentes de duas caixas econômicas, agora suspensas por práticas irregulares e falta de capital, em troca de exercer sua influência para que se livrassem de inspeções e penalizações.  A corte aceitou o pedido da Promotoria para a detenção de Lee, que foi parlamentar durante seis legislaturas pelo partido governante sul-coreano. Fonte: Folha. 

Estamos falando de Coréia do Sul, com população aproximada de 48 milhões de habitantes, com o PIB de US$1,5 trilhão, equivalente a 2/3 do PIB brasileiro com 1/4 de população. É um país que saiu dos escombros da II Guerra Mundial, perdedor para os EEUU.  Investe pesadamente em educação, equivalente a cerca de US$150 bilhões ou seja R$300 bilhões, para uma população equivalente a 1/4 a do Brasil.  Detém tecnologia de ponta em estaleiros, veículos leves e pesados, tecnologia de informações entre outras.


Duas diferenças fundamentais com a cultura brasileira denota no episódio narrado acima.  A primeira é que o montante recebido em propina equivale a grosso modo R$ 1 milhão.  


A segunda diferença é que mesmo sendo irmão do presidente foi preso.  Aqui já foram afastados 9 ministros pelos indícios de corrupção e continuam livres e soltos. O maior agenciador de corrupção, via caixa 2, o Luiz Antonio Pagot que supõe ter conhecimento da movimentação de R$ 1,4 bilhão nas eleições de 2010, também está livre e solto.


Aqui no Brasil quem vai preso é o denunciante.


Ossami Sakamori, 67, engenheiro civil, foi prof. da UFPR.
Twitter: @sakamori10

Um comentário:

  1. Só a EDUCAÇÃO (mais e melhor) pode tornar o Brasil um país desenvolvido, com qualidade de vida para todos nós!

    E não adianta querer um país melhor PARA MIM, porque enquanto ele não for melhor PARA NÓS, ele não será melhor PARA NINGUÉM!

    Por isso defendo algumas ações que podem começar a surtir efeito para uma MUDANÇA NECESSÁRIA e são elas:

    1) que nos mobilizemos para uma efetiva melhoria dos investimentos em educação integral: desde a educação de base até a superior, passando pela profissionalizante, nos moldes do que fez o Japão: com extrema vinculação e aproximação da escola com as indústrias;

    2) que as pessoas se interessem mais por política: não pela politicagem praticada nos moldes de hoje. Que escolham as pessoas íntegras e honestas (existem alguns exemplos como o Reguffe-DF, Carlos Sampaio-SP) e que se não encontrarem bons candidatos, que mais pessoas íntegras se candidatem para fazer a diferença;

    3) que as pessoas acompanhem mais de perto seus candidatos eleitos: e cobrem deles ações efetivas em prol do que acreditam. Hoje, com um click do mouse você consegue acompanhar seu representante “como nunca antes na história desse país”; [Projeto EXCELENCIAS][1]

    4) que cobremos voto aberto e nominal para todas as votações parlamentares: o representante deve absoluta transparência a quem ele representa. O controle dos eleitores é imprescindível para que os políticos se mantenham fiéis aos seus representados e tal controle só se dá quando o eleitor tem acesso a TODAS as posições e votações dos que o representam;

    5) que nos mobilizemos pela “PENA DE MORTE POLÍTICA”: SE CORRUPTO, NUNCA MAIS SERÁ ELEGÍVEL. Atualmente a punição de suspenção de direitos políticos é de 8 anos, mas sendo a CORRUPÇÃO UM CRIME MAIS QUE HEDIONDO porque mata o mais necessitado, aquele que mais precisa do amparo do estado, tal punição deveria ser de no mínimo 20 a 30 anos!

    As redes sociais são a Vanguarda de uma Nova Política. Encurtam distâncias entre os que pensam, os que agem, os que são!

    Mobilizemo-nos então para MAIS e MELHOR: EDUCAÇÃO e POLÍTICA!


    [1] Projeto excelências do Portal da Transparência: http://www.excelencias.org.br/

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.