Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

SUPERÁVIT PRIMÁRIO. A META CONTINUA R$ 139,8 BI


O chefe do departamento econômico do Banco Central, Tulio Maciel, disse que o superávit primário de R$ 2,997 bilhões registrado no mês passado é o resultado mais fraco para meses de agosto desde 2002. Em agosto daquele ano, o superávit foi de apenas R$ 1,226 bilhão. O chefe do Departamento Econômico do Banco Central também disse que a programação de superávit primário está sendo cumprida até o momento, apesar do volume que ainda falta para a instituição atingir nos últimos quatro meses do ano a meta de R$ 139,8 bilhões. Segundo ele, os últimos meses de 2012 devem registrar um aumento das receitas. Fonte: Estadão.

Para a dívida bruta ao final de 2012, a expectativa passou de 55,8% do PIB para 57,2% do PIB. No fim do ano passado, estava em 54,2% do PIB. O chefe de departamento salientou que a dívida bruta absorveu o impacto da necessidade de ajuste de liquidez. "O BC adotou medidas para liberar compulsórios e isso implica em ampliação das operações compromissadas, que entram no cômputo da dívida bruta", disse. Fonte: Estadão.


O Superávit primário é a diferença entre as receitas da União e os gastos do governo.  Esta diferença é destinada ao pagamento da dívida pública do governo federal.  Normalmente, o Superávit primário não cobre a totalidade dos juros da dívida, sendo necessário, o que falta, incorporar ao saldo devedor e jogar para frente, ou seja rolar.  Esta matéria serve apenas para constatação.  Isto já estava previsto no Orçamento da União. 

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi professor da UFPR, filiado ao PDT.  Twitter: @sakamori10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.