Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

DÓLAR TEM FÔLEGO PARA SUBIR MAIS AINDA?


O dólar teve nesta segunda-feira a maior alta ante o real desde 3 de julho, avançando quase 1% após o Banco Central voltar a mostrar determinação em manter a moeda norte-americana acima de R$ 2 com uma nova intervenção no câmbio. Fonte: Folha.

A moeda norte-americana teve valorização de 0,94%, a R$ 2,0301 na venda, após oscilar entre uma mínima de R$ 2,0153, logo no início da sessão, e uma máxima de R$ 2,0345. Fonte: Folha.

Com atuação do Banco Central, o dólar deve flutuar na banda informal entre R$ 2,00 e R$ 2,10, nos próximos dias.  Ainda, há espaço para subir, conforme estudo do Ipea e outros institutos de pesquisas econômicas, inclusive meu.  Alguns fatores ainda impedem que o dólar tome o rumo da valorização. Um dos fatores, positivo para o País, mas valoriza a moeda americana é a entrada de investimento estrangeiro direto (IED) no Brasil.  Outro fator é o conhecido juros reais, Selic, um dos mais altos do mundo.  

Já comentei várias vezes neste blog, que a dupla Mantega - Tombini, sabe administrar a Tesouraria, mas é incapaz de elaborar um projeto econômico financeiro a médio e longo prazo.  Então, fica nessa de  monitorar a cotação do câmbio, utilizando-se, muitas vezes de artifício como colocação de título Swap Cambial Reverso, uma promessa de compra ou venda de título, no futuro.  Mais ou menos como dono do mercadinho da esquina querer controlar o fluxo de caixa da empresa baseado somente no dinheiro que entra ou sai do caixa, sem se preocupar com as contas a pagar como aluguel, luz e água no fim do mês. 

Enquanto isso, os empresários ficam à mercê do humor do mercado financeiro, sem parâmetro para fazer qualquer planejamento.  É como pedir para mãe Diná, prever se vai chover no Natal deste ano ou não.  

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, filiado ao PDT, foi professor da UFPR.  E-mail : sakamori10@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.