Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sábado, 15 de setembro de 2012

DILMA, DE NOVO, DÁ COM UMA MÃO E TIRA COM OUTRA?

Na mesma medida provisória em que ampliou o número de setores beneficiados pela desoneração da folha de pagamento, o governo incluiu uma mudança que pode acabar fazendo as mesmas empresas pagarem tributo maior que o esperado. Fonte: Folha.

Pelo acordo, as empresas vão deixar de pagar contribuição previdenciária sobre a folha de pagamentos em troca de uma alíquota cobrada sobre o faturamento. A medida tem como objetivo reduzir custos das empresas, tornando-as mais competitivas com concorrentes estrangeiros. Fonte: Folha.

O problema é que o texto sofreu uma modificação que aumentou a base de cálculo sobre a qual será cobrado esse percentual, o que aumenta o gasto com o tributo. Um dirigente de entidade empresarial disse à Folha que a mudança não "anula" o efeito benéfico da desoneração da folha, mas "reduz seu efeito positivo, em alguns casos significativamente". Segundo ele, que preferiu não se identificar, uma "bondade" da Receita Federal sempre costuma vir acompanhada de uma "maldade". Fonte: Folha.

Eita, governo vendedor de espuma!  Dá com uma mão e tira com a outra.  Ou simplesmente, como no caso da conta de luz, dá de volta ao consumidor o que era dele, consumidor, próprio.  Uai, desse jeito vou ficando com saco cheio deste governo!  Por este e por outros motivos que estou dentro dos 25% que desaprova a pessoa da presidente Dilma.  Eu, estou fora!

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, filiado ao PDT, foi prof. da UFPR.  E-mail: sakamori10@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.