Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sábado, 8 de setembro de 2012

BOLHA IMOBILIÁRIA V, ADMITE SINTRACON


O presidente do Sintracon-SP (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de São Paulo), Antonio de Sousa Ramalho, afirmou à Folha que 80% das obras em edifícios, casas e apartamentos em São Paulo têm de ser refeitas.  Segundo ele, diante do grande número de problemas nas obras entregues, como pisos desnivelados e falhas hidráulicas, as construtoras empregam um grande número de profissionais apenas para fazer consertos. Fonte: Folha.

"Isso se deu em razão de contratarem mão de obra não qualificada, pois havia escassez de pedreiros no mercado." De acordo com ele, o custo recai sobre o consumidor, "que paga caro no metro quadrado, hipervalorizado no Brasil".  Quanto à mão de obra com baixa qualificação, ele acrescenta que não se refere apenas aos pedreiros, "mas também aos arquitetos e aos engenheiros."  Fonte: Folha.


Isto é apenas parte do problema causado pela bolha imobiliária, que só aparece quando estoura. O depoimento é do presidente da entidade que representa a classe de trabalhadores das construtoras, razão pela qual deixo de tecer comentários sobre o assunto.  O depoimento já é autoexplicativo. A própria "mea culpa" do presidente da entidade já é suficiente para constatar o fato que vem ocorrendo.  

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, filiado ao PDT, foi prof. da UFPR.  E-mail: sakamori10@gmail.com

Um comentário:

  1. Ótimo post, bem esclarecedor e mostrando realmente o que aconteceu hoje na prática com os novos imóveis.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.