Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

LULA É MENTIROSO OU INCAPAZ?

O julgamento do processo de número 470, referente ao mensalão, continua no STF.  Está cada vez mais evidente de que os réus, em sua maioria tem culpa no cartório.  Pelos primeiros resultados do julgamento, evidencia-se de que realmente o mensalão existiu, contradizendo tudo que foi dito pelos advogados dos réus.  É a tese defendida pelo ex-ministro de justiça do Lula, Márcio Thomaz Bastos.  Tese encarada pelo presidente Lula, desde a primeira entrevista, após a denúncia feita pelo deputado Roberto Jefferson. 

O Procurador Geral da República deixou o presidente Lula, fora da denúncia da acusação do mensalão, apesar de evidências cristalinas.  Para MPF não houve provas materiais ou testemunhais, senão o testemunho do denunciante Roberto Jefferson, considerado como não válido.  

Para qualquer cidadão de inteligência mediana é capaz de dizer que o presidente da República sabia do que ocorria no gabinete ao lado do dele, precisamente no do Casa Civil.  Da Casa Civil, que sai todas ordens emanadas pela presidência  da República.  Não é possível que ele não soubesse.  Neste caso, ele é um tremendo mentiroso.  Agora, como ele próprio afirma a 4 cantos de nada sabia do que acontecia na Casa Civil, só pode ser uma pessoa incapaz, totalmente inapto para exercer a mais alta função da República.  Inclino-me mais para a primeira hipótese.  Quanto a segunda hipótese, pelo contrário, Lula é inteligentíssimo, segundo testemunho de várias pessoas qualificadas. 

Se as principais figuras do processo mensalão são condenados, fica prevalecendo a máxima da justiça brasileira, a de que os mandantes sempre se saem bem.  No caso do mensalão, não foge à regra, Lula ficará à margem do julgamento.  E pior de tudo, vendendo seu prestígio como grande liderança no cenário político nacional, tal qual Don Coleone, personagem fictício do romance The Godfather do escritor Mario Puzo.  

Falta-nos o juiz Giovanni Falcone (1939-1992) que deu a sua vida combatendo a Cosa Nostra italiana.  

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, filiado ao PDT, foi prof. da UFPR.  E-mail : sakamori10@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.