Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

domingo, 30 de setembro de 2012

LULA E SERRA, VÃO PARA CASA, VÃO!


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse no sábado, 29, em comício do candidato petista Fernando Haddad na zona leste da cidade, que o tucano José Serra deveria se aposentar e não concorrer novamente à Prefeitura de São Paulo. "Serra está usando São Paulo como cabide de emprego. Ele devia requerer a aposentadoria, não a Prefeitura", afirmou. Fonte: Estadão.

Em parte, concordo que o Serra não deveria ter se candidatado à Prefeitura de São Paulo.  Mas, isto é passado.  Ele é candidato a mais uma gestão de 4 anos frente a maior cidade da América do Sul, que também é maior centro cultural e financeiro ao mesmo tempo.  Esta mesma crítica, faço ao presidente Lula.  Ele tem quase a mesma idade do Serra.  Quem pensa que ele é?  Lula se compara a Deus, é isto? 

Presidente Lula, pega o seu boné do MST e vai para o apartamento cobertura em São Bernardo do Campo, vai!  Isto mesmo, vai junto com Serra requerer a aposentadoria!  É melhor se aposentarem no auge, pelo menos o povo vai ficar com o "bem querer".

Fico triste em ouvir a disputa do poder pelos militantes da época da ditadura militar.  Discurso mais ultrapassado não existe!  Ditadura militar, triste episódio da história brasileira, começou em 31 de março de 1964.  Eu tinha 19 anos. Hoje, estou com 68 anos!  A redemocratização começou em 1984, ainda assim, há 28 anos!  Todos os exilados pela militância política da época da ditadura, foram anistiados e receberam polpudas indenizações. Apesar disto explorar condição de "terrorista" é o mesmo que se igualar ao terrorista italiano Cesare Battisti, por sinal anistiado pelo Lula.

Pois, enquanto os militantes contra ditadura de 1964, Lula, Serra, Dilma, José Dirceu, José Genuíno e tantos outros "engalfinham-se" em conquistar o poder, numa espécie de revanche após 5 décadas, porque daquelas lutas saíram-se frustrados.  Esqueceram-se do ideário de militantes e abandonaram os assuntos pertinentes à vida da população como educação, saúde e segurança pública?  Querem e querem o poder, utilizando-se de rasteiras e dribles não tão convencionais como no jogo de "pelada" da várzea.   E o povo, que os assiste, que se dane!  Eles são atores, personagens e beneficiários do poder.  Justifica-se.  Os que entram pobres no poder, saem-se bilionários ou na pior das hipóteses milionários.  Pelo visto, vale a pena "enlamear-se" no jogo de pelada e após o banho no vestiário, cada um toma o seu caminho usando o luxuoso Land Rover.

Não votem nesses que estão comprometidos e apoiados pela contra-revolução de 1964, hoje, em sua maioria transformados em ladrão de colarinho branco!  

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi professor da UFPR, filiado ao PDT.  Twitter: @sakamori10

Um comentário:

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.