Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

DILMA, ROMBO DE R$ 21 BI NA CEF E BB?



A União concederá à Caixa Econômica Federal um crédito de até R$ 13 bilhões e ao Banco do Brasil outros R$ 8,1 bilhões, de acordo com medida provisória publicada no "Diário Oficial da União" nesta sexta-feira (21). A operação visa ampliar os limites operacionais dos dois bancos e aumentar sua capacidade de empréstimos. Para isso, segundo o texto, os recursos poderão ser enquadrados como instrumento híbrido de capital e dívida que pode ser considerado patrimônio de referência. Fonte: Folha.

Para fazer a injeção de recursos, a União poderá emitir, sob a forma de colocação direta, em favor da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, títulos da dívida pública federal, cujas características serão definidas pelo ministro da Fazenda. Fonte: Folha.


O que eu falei antes?  Para o governo bancar o Crédito Fácil e Crédito Barato, via CEF e BB, disse eu, antes, que o Tesouro teria que bancar o "rombo" das ambas instituições bancárias federais.  Não precisou ir longe, o Tesouro terá que injetar cerca de R$ 21 bilhões, como uma forma de capitalização de ambas instituições.  Para isto o Tesouro vai emitir título de dívida pública no igual montante.  Isto é, vai pagar taxa Selic para "bancar" o Crédito Barato, porque não conseguiu captar os recursos suficientes no mercado.  

Ministro Mantega, insiste que os bancos privados acompanhem a política creditícia da CEF e do BB, mas estes não tem condições de fazê-la fora dos recursos captados como aplicação dos seus próprios clientes.  Os bancos privados não tem "patrão" tão bonzinhos para "bancar" com recursos próprios, sem fugir dos índices mínimos de alavancagens impostos pelo BC e pelo Acordo de Basiléia.  Falar é fácil, difícil é executar.  

Como acontece seguidamente, as eventuais ajudas, acabem se transformando em ajuda permanente.  Certamente, os recursos, os R$ 21 bilhões de "aumento de capital", estão sendo bancados, novamente, pelo contribuinte.

Dilma, não cuspa para cima, o efeito não é nada agradável.  Só espero que, desta vez, não transforme o fato trágico em fato positivo, como sempre costuma fazer.  Fazer espuma é a especialidade da presidente Dilma.

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, filiado ao PDT, foi professor da UFPR.  E-mail: sakamori10@gmail.com Twitter: @sakamori10

Um comentário:

  1. Amigos da página, conto com vocês em uma divulgação maciça.

    AMIGOS PATRIOTAS, POR FAVOR, ASSINEM E DIVULGUEM!
    TEMOS QUE ACABAR COM ISSO!!!
    VAMOS APOIAR O SUPREMO-STF!!!
    Uma manifestação fresquinha! Cidadãos! Ajudem a divulgar! Nossa meta é 20 milhões de assinaturas.
    Abraço a todos e parabéns!
    BRASIL FORA DO CRIME!!!
    http://www.peticaopublica.com.br/?pi=mensalao

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.