Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

HADDAD NÃO TEM OPOSIÇÃO !



 Às vésperas do segundo turno, a corrida por cargos numa eventual gestão de Fernando Haddad (PT) na Prefeitura de São Paulo já opõe petistas a partidos aliados como PMDB, PP e PSB.

As três siglas cobiçam secretarias fortes para as quais o PT tem pretendentes, como Educação, Saúde e Habitação. A corrida incomoda o ex-presidente Lula e Haddad, que desautorizaram a discussão antecipada por vagas.

Na Saúde, o PMDB quer emplacar Marianne Pinotti, vice na chapa de Gabriel Chalita. O vereador Carlos Neder (PT), que chefiou a pasta na gestão Luiza Erundina (1989-92), conta com a simpatia de Ana Estela, mulher do candidato, para voltar ao cargo.

A Secretaria de Habitação é cobiçada pelo PP do ex-prefeito Paulo Maluf. O deputado Paulo Teixeira (PT-SP) defende a nomeação do deputado estadual petista Simão Pedro, integrante da coordenação da campanha.

Outra pasta em disputa é a da Educação, área de origem do candidato. O presidente municipal do PSB, Eliseu Gabriel, sonha com a vaga, que também é reivindicada pelo grupo do deputado estadual Adriano Diogo (PT). "Até que seria bom", diz Gabriel.

O PT também vive disputas internas por espaço numa eventual gestão de Haddad. A Secretaria de Transportes, por exemplo, é almejada pelos deputados federais Jilmar Tatto e Carlos Zarattini.
O coordenador da campanha, Antonio Donato, quer a Secretaria de Governo. Para isso, terá que deixar a presidência municipal do PT. 

Trechos colhidos da Folha de São Paulo, edição "on line".  Haddad e Lula já consideram eleições já ganham.  Ei, paulistanos, vocês vão deixar assim?  Perderam a dignidade!  Haddad já está loteando cargos!  Enquanto isto, oposição ao Lula está discutindo picuinha.  Pode?

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi professor da UFPR, filiado ao PDT.  Twitter: @sakamori10

2 comentários:

  1. Xii,e agora, o que é isso, companheiro?
    kkkk...
    Só Alá!!!

    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Isso é pressão psicológica. Os eleitores "não-pensantes" vão na onda do -Quem está na frente? E, o PT sabe que pode perder essa eleição em São Paulo então, começa a fazer a cabeça dos indecisos.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.