Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sábado, 27 de outubro de 2012

BRASIL ESTÁ COM APAGÕES


Dilma cuspiu para cima na campanha eleitoral de 2010.  Disse ela que o governo FHC não soube planejar o sistema elétrico, por isso houve os apagões elétricos no período do governo tucano.  Pois, ela cuspiu para cima.  Ela foi ministro das Minas e Energia do governo Lula.  Dizia que na gestão dela tinha resolvido os problemas do setor elétrico.  Afirmara muitas vezes, de que os apagões eram coisas do passado. Ela se orgulhara de ter sido a gerentona do sistema elétrico brasileiro.  Nada disse era verdadeiro. Os resultados estão aí.  Já somam 4 apagões desde último setembro.  A cusparada caiu bem na cara dela.  

Assisti, ontem, o depoimento do ministro interino das Minas e Energia.  Após reunião realizadas pelos principais responsáveis pelo setor elétrico, quais sejam, os diretores da ANEEL, da Eletrobras e do ONS, o ministro afirmou que o sistema elétrico brasileiro não está tão confiável.  Já avisou que vai mandar averiguar o que acontece.  Dias desses, era apagão de combustíveis.  No passado recente, apagão de aeroportos.  E assim, vai. Sabe lá, o que virá no futuro.

No entanto, os mais graves apagões são nas áreas de educação, saúde pública e segurança pública.  Um levantamento feito, mostra que 5% da população com idades compreendias entre 18 e 23 anos, nem estuda e nem trabalha.  É um dado alarmante, que passou batido, na área de educação e ou capacitação.  No sistema de saúde, doentes morrendo em corredores de hospitais.  E na área de segurança pública, cada vez mais violento, sobretudo em grandes centros.  Não sei o que acontece.  A arrecadação de impostos federais está sempre acima da inflação, mas as despesas correntes do orçamento da União, crescem assustadoramente.  Somente nos últimos 12 meses, os gastos em custeio da máquina do governo federal cresceu 6,5%.  São fatos que não dá mais para esconder.

A presidente Dilma, está totalmente ocupada com as eleições dos seus aliados.  Ela faz de tudo para mitigar os fatos graves que estão a ocorrer em diversos setores da administração pública.  Uma hora, o vento leva a espuma e desnuda a realidade brasileira. Esta hora será difícil para a população. Quanto mais tarde, as correções necessárias, mais amargo deverão ser os remédios.  E já foi dito também, que os ajustes virão somente à partir de janeiro do próximo ano.  Veremos quais serão os remédios no alvorecer do ano de 2013.

Enquanto isso, o Brasil está com apagões!

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi professor da UFPR, filiado ao PDT.  Twitter: @sakamori12.

Um comentário:

  1. Meu amigo pisou em um prego enferrujado mas pequenino, falei para ele ir ao posto de saúde e ele preferiu colocar borra de café no local. Passados 3 dias começou a ter dores de cabeça, a perna inchou e nem assim foi ao posto, agora além da borra de café aplicou compressas de raízes. Depois de 5 dias desmaiou de dor. Foi levado ao posto de saúde que confirmaram que ele contraiu o tétano. Resumindo: morreu.
    Assim está o Brasil: espumando, como diz o sakamori.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.