Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

terça-feira, 9 de outubro de 2012

BOVESPA. TENDÊNCIA É DE ALTA!


A americana UnitedHealth Group (UHG)anunciou nesta segunda-feira a compra da operadora de planos de saúde Amil, em um negócio que pode chegar a R$ 9,92 bilhões. A empresa vai pagar R$ 6,5 bilhões pelos 58,9% que estão nas mãos dos controladoras da companhia: o fundador Edson Bueno e sua sócia e ex-esposa, Dulce Pugliese. O restante será pago aos acionistas minoritários por meio de uma oferta pública de aquisição de ações, que resultará no fechamento de capital da empresa. Fonte: Estadão.

Após o operação, a UnitedHealth será dona de 90% da Amil. Os antigos controladores continuarão a deter 10% da empresa por pelo menos cinco anos. Bueno permanecerá nesse período como presidente da Amil, mas com a missão de preparar um sucessor. Ele comprou 0,9% das ações da UHG por US$ 470 milhões e se tornou seu maior acionista individual. Também será um dos dez conselheiros do grupo americano - o único estrangeiro. Fonte: Estadão.

Com a venda da Amil para a empresa americana UHG, a bolsa de valores brasileira ganha um novo fôlego para subida.  Quem não atua no mercado, acha contraditório o fato de PIB brasileiro estar declinante e a bolsa subir, mas o que acontece obedece a lógica do mercado de ações.  O mercado acionário antecipa os fatos, é a força da especulação.  Sim, as bolsas mundiais funciona alavancada em especulações.  Digamos que especulação é o mal necessário para alavancar empresas que tem captação do dinheiro, praticamente, à risco zero.  É o especulador vai na frente, compra na "baixa". 

Lembrando que before crise financeiro mundial de 2008, o índice Bovespa já bateu os 75.000 pontos.  O índice Bovespa, hoje, opera na faixa de 60.000 pontos.  Isto é, corrigido apenas a inflação do período, o índice Bovespa deveria estar em 90.000 pontos.  De 60.000 pontos para chegar nos 90.000 pontos, em tese, tem espaço para subir 50% sobre os preços atuais.  Isto, claro, estamos a analisar os números extremos.  Nem estamos aqui para garantir que o índice Bovespa vai alcançar os 90.000 pontos.  Nem tão pouco afirmar que o índice Bovespa não vai ultrapassar nos próximos anos o índice aludido aqui.  Bolsa é especulação!

Os fundamentalistas, no caso a americana UHG faz parte, analisam o preço do mercado, baseado em rentabilidade da empresa.  Este grupo de investidores, visa o retorno de investimento, via distribuição de parte dos lucros auferidos pelas companhias sob forma de dividendos.  Nada a ver com o ganho com o preço de ações na bolsa ou nas bolsas.  Aliás, pelo escopo do negócio, a UEG vai fechar o capital, isto é, suas ações vão deixar de ser negociado na BovespaBMF, pelo menos no primeiro momento.  Nada impede que no futuro, venha fazer o caminho inverso, isto é, fazer captação do dinheiro via bolsas brasileiras ou americanas.  

Pouco dos leitores deste blog, são fundamentalistas.  No meu entender, são essencialmente aplicadores de riscos, isto é, são mini-especuladores.  Nada contra os especuladores. Ganham ou perdem na valorização ou desvalorização das ações na BovespaBMF, pouco importando com os dividendos que são distribuídos pelas companhias em seus exercícios.  São os verdadeiros jogadores de pôquer e são essencialmente apostadores.  Não analisam os balanços, não analisam os dividendos.  No máximo, fazem gráficos de cotações do passado para traçar tendência do futuro, um verdadeiro exercício de futurologia. Consultar os gráficos é quase como consultar um "cartomante" para prever o futuro.  É um verdadeiro "cassino".  É um sobe e desce de índice Bovespa, no caso brasileiro.  Quem entra nesta "roda viva" tem que ter muito sangue frio, tal qual um bom jogador de pôquer.  

As ações ou os fundos de renda variável, são aplicações para longo prazo.  Veja o exemplo acima, quem estava posicionado no auge bofore 2008, isto é já passado 4 anos, ainda carrega pesado prejuízo.  Tem que esperar que, grosso modo, o índice Bovespa atinja os 90.000 pontos para empatar.  Então, pelo exemplo, podemos ver que investimento em bolsas terá que pensar no horizonte de 10 anos, no mínimo.  Aplicar o dinheiro da entrada do carro ou do apartamento é uma tremenda furada.  Pode ser que ganhe, mas pode ser que perca.  Este tipo de dinheiro é bom mesmo deixar na renda fixa, caderneta de poupança ou Tesouro Direto.

Para os mini-especulares, a largada já foi dada.  Quem comprar agora, poderá ganhar muito dinheiro! Ou perder algum.

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi professor da UFPR, filiado ao PDT.  Twitter: @sakamori10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.