Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

COMO POSSO HOMENAGER OS PROFESSORES?


Parece-me um pouco falso, dia em homenagem aos professores e professoras do Brasil.  são pessoas com nível superior, em sua maioria.  No entanto, a classe de professores é totalmente desprestigiada pelos governos e pela própria população.  Quem são professores no Brasil?  São profissionais que ocupam o último degrau, de cima para baixo, na escala de importância da classe de trabalhadores do país.

A importância dos professores, responsáveis pela formação do cidadão, nem é preciso falar.  Os professores e professoras são ou que deveriam ser  cidadãos de classes especiais, em níveis de classes sociais, pois eles é que dão ou que deveriam dar exemplo de comportamento e de moral da sociedade.  Um país sem adequada formação e condições dignas de trabalho não tem futuro promissor.  Não se pode exigir apenas desta classe de trabalhadores, a priori, são educadores dos futuros cidadãos do país.  

Cito exemplo do Japão, porque é o país de origem dos meus pais e tenho algum conhecimento sobre a importância dos professores naquele país do sol nascente.  Os professores pertencem a uma classe superior em termo de respeitabilidade.  Nenhum professor poderá ter mácula de comportamento moral na sociedade, quando acontece algum deslize é automaticamente auto-punido, renunciando a missão que lhe fora conferida como tal.  A população o reverencia em encontros ocasionais ou não.  O título de professor somente é dado aos educadores, aos sábios, aos cientistas e aos médicos, naquele país, para se ter idéia da importância que é dado ao título.  

Bem ,aqui no Brasil, para começar, os professores, muitas vezes, são agredidos pelos alunos ou sofrem algum tipo de bullying da parte dos alunos, uma verdadeira inversão de valores.  A classe de professores, aqui no Brasil, é considerada como socialmente inferior, ao contrário do que acontece nos países desenvolvidos.  Os professores no Brasil terão que andar  cabisbaixo, com certo medo de ser apontados como vilões.  O contrário acontece com a classe política, onde todos respeitam e reverenciam, como se a moral funcionasse exatamente ao inverso.  

Quanto à remuneração, nem se fala.  O salário mínimo da classe é de R$ 1.451,00 para nível superior, em tempo integral.  Nem este mísero piso mínimo muitos pequenos municípios conseguem pagar ou não fazem nenhum esforço para cumprir o que a lei determina.  Em muitos municípios os professores ganham menos que um guarda de trânsito, para se ter idéia.  Nada contra os guardas de trânsito.  Tenho certeza absoluta, sem mesmo consultar o RH do Senado, Câmara ou do Palácio do Planalto, que os "estafetas" ganham muitas vezes superior ao piso mínimo de professor.  Uma inversão de valores que vem de cima.  Então como quer que a população dê importância a mais digna e importante profissão que é a do professor?  Fica a pergunta para os governos e a população responder no dia que secomemora o Dia do Professor.

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi professor da UFPR, filiado ao PDT.  Twitter: @sakamori12

2 comentários:

  1. Ninguem aprende algo sem professor(a). Mesmo pessoas que aprenderam alguma coisa sózinhas, na verdade,o professor foi Deus, pois receberam um Dom.
    Portanto, no ápice da piramide está o professor(a).

    ResponderExcluir
  2. pt garroteou a midia com o controle das verbas publicitárias de estatais federais...

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.