Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sábado, 31 de agosto de 2013

Eike Batista. A conta de R$ 10,6 BI sobrou para nós!

OGX do Eike Batista morreu ontem.  As ações despencaram, com baixa de 40% no fechamento do pregão, cotado a R$ 0,30 por cada ação.  Pela cotação do papel do fechamento de ontem, a OGX valia no mercado os míseros R$ 972 milhões.  Ainda assim, muito caro, na minha avaliação.  

Impressionante como os agentes econômicos como o BNDES não se aperceberam que a OGX estava em situação falimentar.  Este blog anunciou no mês de março último que a OGX estava falida!  Os bons analistas e agentes financeiros como BNDES deveriam estar ciente da situação das empresas do Eike Batista.  Sobretudo, o BNDES como maior credor do grupo econômico X do Eike Batista, que deveriam estar acompanhando a evolução patrimonial real da empresa.

O presidente do BNDES, Luciano Coutinho e o ministro da Fazenda Guido Mantega, no meu entender praticaram o crime de peculato.  O BNDES fez o jogo do estelionatário Eike Batista para montar os castelos de papel, ajudando alavancar as ações destes castelos, até subscrevendo as ações lançadas na Bovespa.  No auge da alavancagem dos papeis da OGX, a empresa chegou a valer no pico da valorização R$ 72 bilhões.  Ontem, estava valendo R$ 972 milhões e poderá valer muito menos.

Ainda, após a divulgação da minha matéria sobre a situação falimentar da OGX, num esforço de salvação da Companhia do estelionatário Eike Batista, a Petrobras fez injeção de mais de R$ 900 milhões direto na caixa da OGX com o título de participação estratégica num esforço de salvação da Companhia.  Resumindo, além do rombo que vai causar ao BNDES, a OGX deve à Petrobras os R$ 900 milhões referente ao socorro recebido no transcurso da crise financeira.  

Não resta alternativa à empresa OGX, a não ser entrar com o pedido de recuperação judicial, pela situação falimentar que se encontra.  O BNDES indicará o síndico da OGX em recuperação judicial, uma vez que é maior credor da Companhia.  Esta altura dos acontecimentos, os bancos privados já se acertaram com o Eike Batista suas exposições, quando da venda de ativos das empresas MPX, LLX e MMX.  O único patrimônio que são os ativos referentes aos direitos de exploração, na condição de falida, a OGX perderá todos.  Restando os credores, BNDES, CEF e Petrobras arcar com o prejuízo total pelos créditos concedidos.  

O presidente Luciano Coutinho, em audiência no Senado, disse que ele agiu dentro das normas legais e com garantias exigidas pelo BNDES.  Bem as garantias que Luciano Coutinho se referia são as próprias ações da OGX e de outras Companhias do grupo EBX, numa situação completamente atípica, mas dentro da lei, todos em situação falimentar.  

Afinal, o Eike Batista e Luciano Coutinho e seu superior imediato o ministro Guido Mantega, com certeza absoluta, no reino das maracutaias do Lula e Dilma, ficarão impunes.  A conta será paga por nós contribuintes, como sempre!  Eu, você e o povo, novamente!

Ossami Sakamori

3 comentários:

  1. Repetirei aqui postagem que fiz no blog Bolha Imobiliária, sobre "salvar a OGX":

    ______________________________

    Minha opinião, e esconde um bocado de técnica na coisa:

    Não tem como recuperar aquela imundície.

    Um enorme volume de capital não foi cedido para ativos, e sim, para despesas.

    Para sobrar alguma coisa, os bancos terão de abrir mão do que colocaram lá, pois já foi-se em mão-de-obra, insumos e prestadores de serviço, além de, obviamente, tributos proporcionais a faturamentos.

    Não se tira leite de vaca morta.

    ______________________________________

    Deveria falar de desvios, seja por fornecimentos, prestações de serviços e exóticos salários e prêmios exagerados?

    Acho que não preciso.

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Para que serve o TCU afinal? Se praticou peculato. Presume-se crime de lesa-pátria. Cabe julgamento no STF, não? Que Oposição pífia e medrosa? Também tem telhado de vidro... Então quem? Alguém da Sociedade Civil se habilita a denunciar Luciano Coutinho e Mantega. Mesmo que a Corte hoje tenha em seus quadros alguns ligados com a doutrina petista...Lembra-me do bordão da série do Chapolim Colorado. Oh! quem poderá nos defender?

    ResponderExcluir
  3. Bem, no Brasil, não existe milionário sem o dinheiro do povo, sempre foi assim. O PT vai tentar remediar o vexame de ter apostado num picareta como Eike Batista. Mas o setor de petróleo no Brasil sempre deu dor de cabeça, principalmente na gestão do PSDB pra cá. Com o PT a coisa só esta se agravando.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.