Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Economia BR. O quadro piora, dólar dispara !

Esta é mais uma crise anunciada!  Eu já fiz trezentas matérias sobre a inadequação do dólar demasiadamente apreciado artificialmente. A disparada do dólar tem pouco a ver com a conjuntura econômica internacional e muito a ver com o quadro econômico nacional.  Leiam as notícias abaixo do tradicional jornal Folha e na sequência os meus comentários.  

O dólar à vista (referência no mercado financeiro) fechou em alta de 1,14%, a R$ 2,339, maior preço desde 10 de março de 2009 -apesar de o BC ter atuado para conter as cotações, negociando US$ 1,98 bilhão em contratos de swap cambial, que equivalem à venda de dólares no mercado futuro. Altas sucessivas da moeda vem ocorrendo desde o semestre passado. Para Ricardo Rocha, professor da FIA, entidade ligada à USP, o dólar pode ir a R$ 2,70 no fim do ano.  Fonte: Folha.

A tendência de alta do dólar, no entanto, é internacional e deve se manter mesmo que o BC injete dinheiro no mercado local, segundo o economista-chefe da consultoria Lopes Filho, Julio Hegedus, que projeta a moeda acima de R$ 2,50 em dezembro.  Fonte: Folha. 

Comentário.

Como de repente, o mercado percebe que o dólar americano estava demasiadamente apreciado.  Deixa-me mais preocupado que todos os agentes econômicos, incluindo nestes, os próprios formuladores da política econômica do País, tanto quanto aos analistas econômicos, banqueiros e grandes empresários, não terem chamado atenção antes de irromper o quadro grave que o Brasil se defronta hoje.  Alguns poucos analistas, já citados em matérias anteriores, já chamavam atenção sobre a defasagem cambial.

Fala-se muito, neste momento, o quadro da economia americana, que para eles tem aspecto positivo de crescimento sustentável, mas traz consequências negativas para o mundo como todo.  É uma ironia do destino.  Quanto melhor para o povo americano, pior para o resto do mundo, especialmente para os países emergentes.  O fato é que os EEUU que estavam perdendo o jogo, agora voltam goleando.  E o Brasil neste contexto vai perder de goleada.

O quadro da economia americana para melhor, vai ser o novo vilão para a Dilma.  O próximo culpado para a nossa crise econômica e financeira, não mais será a Angela Merkel, mas sim, o Barack Obama.  Mas, não é, meus amigos.  Obama não tem nada a ver com a crise financeira brasileira que se avizinha.  O culpado ou melhor, a culpada é a própria presidente Dilma.  Explico o porque.

Desde a crise financeira mundial de 2008, presidente Lula adotou como pilar da política econômica do País, a depreciação da moeda americana.  Elegeu o dólar como âncora para desenvolvimento do País com a inflação controlada.  Isto era para ser plano emergencial, que talvez, naquele momento de crise justificasse.  Como qualquer plano emergencial funciona por período determinado, mas não pode terná-lo definitivo.  

A presidente Dilma e sua equipe, na onda da popularidade conseguido à custa de plano emergencial do Lula, não quis fazer os ajustes necessários.  Eu já chamei atenção sobre isto em fevereiro de 2012, há 1 ano e 6 meses.  Aliás, o motivo da criação deste blog foi exatamente por discordar da política econômica (sic) equivocada da presidente Dilma.  

Não, o culpado não é o Obama, mas sim o erro sistêmico da política econômica, baseado em intervenções do governo na área cambial e nos setores com preços administrados.  O Brasil se encontra como panela de pressão com válvula segura com os dedos ou em outras palavras o Brasil da Dilma está com a "bomba relógio" acionada.  A situação de hoje, é como na véspera de panela de pressão explodir ou em outras palavras o fogo do pavio está chegando no dinamite (TNT).  

Isto não é brincadeira!  Já dizia minha mãe, criança não deve brincar com o fogo.  Sábias palavras!  A presidente Dilma e sua equipe econômica são incompetentes para administrar esta situação, ou seja a saída do plano emergencial do Lula.  Pasmem, o Brasil está a sair do plano emergencial do governo passado ou seja do Lula!  O Lula que navegou em mares esplêndidos beneficiados com o resultado de curto prazo, do plano emergencial.  

O quadro é grave. O Brasil está como paciente muito doente, de tanto tomar estimulantes, e está prestes a entrar na UTI.  A equipe de médicos (economistas) da Dilma e ela própria não tem competência para superar a crise que se avizinha.  O que faremos? Vamos às ruas denunciar os fatos, antes que viremos Espanha!  

Ossami Sakamori

6 comentários:

  1. Se toda essa parafernália se consumar, será o preço que os brasileiros pagarão em altíssima moeda corrente A DIGNIDADE DE UM POVO que, no nascedouro por transformação se deparou com um partido afoito por poder e que, não vacilará até as últimas consequências, para se manter como todo poderoso. Que as VOZES se levantem para espanar essa poeira arrogante que arrasa a VERDADE e atrapalha a JUSTIÇA>

    ResponderExcluir
  2. Sakamori:

    Parece que quem precisa ver, não olha para o local certo.
    Ou, olham, mas não enxergam.
    A única coisa que sabem fazer, e bem, é cuidar da corrupção, que está alastrada, sem uma iniciativa sequer de estancá-la.
    As prioridades de Dilma, Lula e do PT:
    Perpetuação no poder, tomar os Estados a qualquer custo, e,
    continuarem enriquecendo à custa do erário.
    Que pena do País e dos brasileiros...

    Eli dos Reis,
    de Ribeirão Preto.

    ResponderExcluir
  3. Na verdade a equipe econômica do governo Dilma um grande erro ao manipular a flutuação do câmbio. A disparada do dólar é um caso emblemático de "efeito chicote".

    ResponderExcluir
  4. E verdade, o Lula quis se comparar a um pais de 1 Mundo, tentou segurar a inflacao, mas a Dilma e seus assessores financeiros estavam passeando,gastando dinheiro e nao se preocuparam com o tal "plano emergencial", que deveria ter seu limite respeitado. Agora, a casa ta caindo. So mesmo um milagre para essa economia tenha tempo de pegar, pequeno que seja, um helicoptero e lancar seu derradeiro voo!

    ResponderExcluir
  5. Querido Saka, seus comentários são brilhantes e demonstram o caos que é a política econômica do governo petista. Mas, no Brasil, o problema é ainda mais grave. Com essa roubalheira e impunidade, podemos ter o melhor plano econômico do mundo que, ainda assim, viveremos num caos eterno...
    Ass: OLD_MONSTER1

    ResponderExcluir
  6. Olá Sakamori,

    gostei do seu comentário sobre a alta do dolar. Eu moro nos estados unidos, mas vivo indo pro Brasil, portanto o valor do dolar afeta fortemente minhas economias… positivamente e negativamente. Fiz uns comentários sobre uma possivel queda do dolar e gostaria de ver sua opinião sobre isto.

    O link do meu post está aqui http://castroesilva.blogspot.com/2013/11/projecao-do-dolar-e-analise.html

    Obrigado desde já

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.