Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

terça-feira, 2 de abril de 2013

ECONOMIA. CHEGOU A HORA DE ONÇA BEBER ÁGUA!

Vocês não devem estar entendendo, porque defendo o câmbio dentro da realidade, ou seja o real depreciado em relação ao dólar.  No atual patamar de cotação, em torno de US$ 1 dólar = R$ 2,00, o dólar está demasiadamente apreciado em relação ao real, ou seja precisa de menos real (moeda brasileira) para comprar o dólar americano.  Isto, estamos conseguindo, devido a intervenção do Banco Central que controla, informalmente, o patamar da cotação do dólar.  

Estamos praticando política cambial exatamente contrário ao da China.  Lá na China, a moeda local o yuan (Ren Men Bi) está, ao contrário da moeda brasileira real, demasiadamente depreciado em relação ao dólar americano.  Parece ao leigo, uma contradição, mas não é.  A moeda de transação internacional, acordado ao cabo da II Guerra Mundial, é que seria o dólar americano.  O dólar americano é referência mundial para transações comerciais e financeira, por enquanto, e será por muito tempo mais.

Quem é o mais esperto, os chineses ou brasileiros?  Os resultados do crescimento por si só, demonstram que nós estamos navegando na contramão dos outros países emergentes.  Enquanto o Brasil tenta crescer 3% ao ano, numa média, a China cresce há 20 anos em torno de 10% ao ano, com exceção do ano passado que cresceu 7,5% ao ano.  O Brasil cresceu em 2012, 0,9% ao ano.  Lá, apesar do regime socialista, o que funciona é o capitalismo na economia.  

Poderão dizer, então, que lá na China o trabalho é escravo.  Lego engano.  A assistência social e previdência são precárias, mas aqui no Brasil também os serviços não são do primeiro mundo.  Invetem pesadamente em educação, formam milhares e milhares de engenheiros. Eles investem pesadamente em infraestrutura.  Trem expressos cortando o continente de norte ao sul e de leste ao oeste.  E o que Brasil tem, trem de carga trafegando a 30 Km/hora, numa linha de bitola métrica, ainda do tempo do império.  

O milagre econômico chinês foi produzido à custa de yuan (moeda chinesa) depreciado.  Motivo de grita dos americanos quanto à flexibilização da moeda chinesa, é por isso.  E o que fazemos os brasileiros?  Insistimos em manter o real (moeda brasileira) apreciado. A nossa presidente trata a Angela Merkel de canibal, quando a Alemanha pratica política econômica de interesse da Alemanha.  Mas, mexer no real, nunquinha!

Já que o Banco Central controla o câmbio, informalmente, fazendo intervenções no mercado, deveria ter aproximado o valor do real, pelo menos, próximo da cotação que deveria estar, isto é R$ 2,60 a R$ 2,70, no mínimo.  Eu disse deveria ter feito. Fazer agora, repentinamente, a inflação vai explodir.  A tal da bomba relógio que faço referência, sempre.  Mas, por outro lado, mantê-la nos atuais níveis é completa idiotice!  Só vai aumentar o tamanho da explosão no futuro próximo.

E quais são as vantagens do real depreciado ou o dólar apreciado?  Primeiro de tudo, os commodities como produtos agrícolas e minérios terão suas remunerações recebendo mais reais pelo mesmo preço acordado em dólares.  Os nossos produtos manufaturados ganharão competitividade no exterior, novamente, expandindo o parque industrial brasileiro, ao invés de contrair.  Deixaremos de importar produtos estrangeiros, mais caros, com a realidade cambial, fazendo as indústrias brasileiras produzirem dentro do País, visando o mercado interno, também.

Por que não praticamos, então, a mesma política dos outros países emergentes?  Se a depreciação do real, em todos casos apresentados, criam milhares de empregos dentro do País, por que não a praticamos?  É aqui que entra, o pensamento político dos presidentes Lula e Dilma.  Eles preferem que o povo brasileiro, sinta a "sensação" de "poder".  Com o câmbio defasado, somos 6º país do mundo, enquanto que com o câmbio mais real, seremos o 8º país do mundo.  

Na prática, dá para o povo viajar de avião.  Dá para o povo viajar para os EEUU e fazer as compras.  Dá para o povo, comprar vinhos e iguarias importados.  Dá para classe média, manter padrão de vida próximo dos americanos ou europeus.  Porém, igualzinho, igualzinho, o que aconteceu no Plano Cruzado, do Sarney.  O povo, de repente, sentiu o poder de compra, sem poder tê-lo de verdade.  Gastou adoidado.  Fez viagens internacionais, os produtos de consumo eram importados.  Só que o sonho de verão não durou muito tempo, apenas 5 anos!  Triste memória, deu no que deu, inflação de 80% ao mês no último mês do governo Sarney. Brasil, simplesmente quebrou!

Chegou a hora da verdade.  Entrar na enrascada foi fácil.  Difícil é a sair dela.  Sair sem trauma, será desafio para a presidente Dilma e sua "incompetente" equipe econômica.  Talvez, como já fizera FHC numa situação extrema, chamar alguém com experiência do mercado financeiro internacional para administrar a situação.  Não adianta chamar Henrique Meirelles.  

Chegou a hora de onça beber água!

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi professor da UFPR, filiado ao PDT.  Twitter: @sakamori12

5 comentários:

  1. Saka,...

    Tenho dito: Essa conta há de chegar e quando isso acontecer, será por nós paga. Talvez esse seja o preço do povo ver que na realidade a rainha esta nua! E convenhamos, se a Dilma de roupa já é um solene canhão,...imaginem sem,..(melhor nem pensar, não é mesmo?).

    Impossível segurar um rojão desses por mais tempo! Aliás já seguraram mais que qualquer bom senso ditaria. Já queimam-se mãos e claro, junto todas atitudes insensatas.

    Pena que o povo, anestesiado pelas pseudo benesses, continua no aqui e agora, achando tudo bom demais; só alguns conseguem perceber o tamanho real da encrenca, que afinal não será dos atabalhoados governantes. Estes no máximo podem perder seus postos, mas sairão de lá tão ricos, que pouco se lhes dá, em que lombo a cinta descerá!

    Um dia, tenho esperança, deixaremos de bobagens e veremos que as Merkel da vida, com suas políticas voltadas ao amanhã, é que estavam cobertas de razão, e as Dilmas,....bem estarão nuas, mas morrendo de rir do povo brasileiro, que sempre foi "tão bonzinho" (E claro, TOLO!)

    ResponderExcluir
  2. Explodirá após a eleição quando o fato estiver consumado! Governo + que incompetente inconsequente !Hoje e sempre é o Poder pelo Poder não importa o custo! Vendem ilusão, se apropriam de remendos emergenciais para mascarar os fatos! Quando a hora chegar! Não adiantará a nação "O Porque que não falei das flores"!

    ResponderExcluir
  3. Minha amiga Marilsa,

    Infelizmente, Dilma, Mantega e Bombini, não conseguirão remar o barco até às eleições de 2014. Já está dando água no barco. Tentar secar com "canequinhas" (jeitinhos) não está dando mais.

    Sem tomar medidas mais radicais, o barco afundo antes do fim do ano!

    Sakamori

    ResponderExcluir
  4. Prezado Sakamori:

    Pensando um pouco mais demoradamente subsidiado pela sua teoria, seria até interessante que esse "caos anunciado" aconteça, e aconteça já na próxima semana ou nos próximos dias.

    E sabe por que?

    Porque aí o povo que elege LULA, DILMA e essa equipe de mensaleiros infiltrados no governo cairia na real e veria que seu real não vale o que dizem a ele que vale, e, quem sabe pararia de votar nessa cambada que não sabe administrar nosso país de forma decente e adequada.

    É bem verdade que muitos não se lembram (já que no nosso país, lembrar-se parece somente coisa de estudiosos) do você muito bem colocou como "no último mês do governo Sarney. Brasil, simplesmente quebrou!"

    Ninguém gosta de desgraças, claro, mas do jeito que as coisas vão, que DILMA enfrente a sua já, para assim não ser reeleita.

    Bom dia, e um abraço,

    Eli dos Reis

    ResponderExcluir
  5. Nobre Sakamori:

    Os comentários do Daniel e dos demais partícipes, sintetizam os perigos que o país está passando, no tocante, a condução de sua política econômica!

    Fartos serão os imprompérios que poderemos utilizar para a discordância da condução atual, e, a consequente rssponsabilização da mesma!

    Longe de procurar indultar os inconsequentes que hoje estão na FAZENDA e no BC, aliás, sobejamente solicitado por aqueles que amam e se preocupam com este país, que sejam defenestrados de suas funçoes, e se recolham a insignificancia de suas vidas!

    Mas, conclamo-os a também, iniciarem uma cruzada, pois que, acredito nela, contra o imobilismo, o distanciamento, e contra a insencibilidade dos nossos parlamentares, que são, em última análise, os grandes responsáveis pelos desmandos que observamos desde a Constituinte, por não exercerem suas funções e não cumprirem suas responsabilidades constitucionai com o povo brasileiro.

    Fossem decentes, comprometidos com a coisa pública, estariam exercitando a fiscalização aos atos do Executivo, estariam derrubando Medidas Provisórias, que atentam contra a existencia do próprio Congresso, criando legislações que viessem de encontro com os anseios da população!

    Ao invés, de estarem negociando seus interesses pessoais, de suas empresas ou de seus conglomerados, estivessem sencíveis ao clamor das ruas no tocante a saude, educação, transporte, segurança pública, acredito que o país e nós seus obedientes e ordeiros povo, estaríamos felizes !

    Ou seja, o Executivo erra, é verdade, mas nós também erramos muito quando não prestamos atenção em quem iremos por para nos representar e defender nossos interesses, na hora de votaR !

    Precisamos dar um basta na corrupção que inicia nos nossos representantes parlamentares, com exceções, é claro, mas, minimamente, daria para contar nos dedos das mãos!
    Aí, acredito eu, esta o início e o grande responsável pelas mazelas que ocorrem em nosso país!

    São esses crápulas que efetuam as legislações, e, assim, poderiam efetuarem com sentido ao país, de sua gente, de seus valores!

    Por gentileza, com o poder de aua comunicabilidade, com sua respeitabilidade, por sua localização geográfica, pela grndeza cultural do seu Estado, auxiliem a iniciar essa Cruzada pela moralidade de nossas Instituições!

    BRASIL ACIMA DE TUDO, é o que devemos buscar!

    Desculpando-me por haver fugido do cerne da matéria, até porque, dizer o que? Daniel, você e demais postantes, não acrescentaria nada!

    Peço pois ao encerrar, que sejam indulgentes para com esse brasileiro que deu e dá dua vida por esse ´país e por sua querida gente!

    O mais efusivo abraço à todos, e principalmente, meus nobree e queridos amigos de trincheira!

    MARKITO DE SOUZA

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.