Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sábado, 13 de abril de 2013

Dilma Mente sobre PIB per capita em 2022!


Vejam como vai ser o nível da campanha presidencial de 2014, que na prática, já iniciou.  Dilma foi à Porto Alegre, para em pronunciamento oficial, anunciar duas mentiras.  Leiam o noticiário extraído do jornal Folha e meu comentário na sequência. 

Em visita a Porto Alegre nesta sexta-feira (12), a presidente Dilma Rousseff afirmou que o objetivo do governo é dobrar a renda per capita do país até 2022, data da comemoração dos 200 anos de independência do Brasil. Fonte: Folha.

Em dezembro, em Brasília, a presidente já havia mencionado esse objetivo, mas sem especificar um prazo. "Eu não vou dizer a data, mas nós temos de dobrar a nossa renda per capita, nós seremos um país desenvolvido se dobrarmos a renda per capita." Fonte: Folha.

A visita da presidente à capital gaúcha ocorre três dias após um de seus possíveis adversários na eleição de 2014, Eduardo Campos (PSB), cumprir uma agenda de candidato na cidade. Fonte: Folha.

"No Brasil, havia um complexo, que uma vez um dos grandes teatrólogos brasileiros, chamado Nelson Rodrigues, chamou de complexo de vira-lata. Eu tenho certeza que, nesses últimos dez anos, se complexo algum houve, ele desapareceu porque hoje temos muita autoestima, olhamos todos de igual para igual." Fonte: Folha. 

Comentário.

Vamos pela fala de que os governos dos últimos 10 anos fez desaparecer do País o complexo de vila-lata (sic), que hoje, todos olham de igual para igual.  Primeiro, o complexo de vira-lata quem deve estar é a própria presidente Dilma, porque anunciar as espumas de sempre, baseados em números inexistentes, só pode ser produto da enfermidade da presidente.  Isto é complexo de vira-lata que come mortadela e arrota o caviar.  

Realmente, nos governos dos presidentes Lula e Dilma, todos olham de igual para igual, no conceito dela.  No Brasil criou-se casta de gente que recebem Bolsa Empresários em números antes impensáveis, muitos R$ bilhões, concentrados em meia dúzia de "Batistas".  Por outro lado, a Dilma anuncia fim da pobreza absoluta oferecendo R$ 70 per capita para 22 milhões de chefes de famílias. Sim, Eike Batista fala de igual para igual com o sertanejo nordestino!

Quanto ao centro do pronunciamento de que vai dobrar o PIB per capita do povo brasileiro até 2022, é uma grande Mentira"  Sim, mentira com "m" maiúsculo.  Fiz uma pequena conta. No ano passado PIB brasileiro cresceu 0,9% ao ano, isto significa que PIB per capita é menor ainda, porque a população do País cresce cerca de 1,5% ao ano.  Considerando assim, ao continuar com o crescimento pífio, chegaremos em 2022, com PIB per capita menor ainda do que de hoje.  

Para chegar no PIB per capita, dobro de 2013, em 2022, o Brasil teria de crescer uma média de 8,5% ao ano.  Isto em média! No mundo todo, só China mantém crescimento do PIB neste nível, com população controlado pelo governo. No Brasil, não tem Plano de Desenvolvimento Econômico Social, nos sucessivos governos civis, incluindo Sarney, Collor, Itamar, FHC, Lula e Dilma.  Só temos o PPAs, que é uma peça de ficção, que prevê crescimento de 4,5% ao ano, mas nunca alcançado, com exceção de 2009. 

Com o quadro apresentado nos últimos 20 anos de sucessivos governos e com ausência de um Plano de Desenvolvimento, com metas específicas em cada setor, afirmo com convicção de que a fala da presidente Dilma sobre dobrar PIB per capita em 10 anos é uma grande mentira!  Mentira é tão arrojada, que posso crer que é o "diabo" que Dilma prometeu soltar na campanha presidencial.  

Dilma mente sobre PIB per capita em 2022!

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi professor da UFPR, filiado ao PDT.  Twitter: @sakamori12

4 comentários:

  1. bom cálculo, Sakamori. A média precisaria ser ainda maior porque este ano já não vai chegar nem perto, mesmo pelas contas do governo.

    ResponderExcluir
  2. Nobre Sakamori:
    Saudades!
    No Sul do Pará, a internet circula andando a pé!
    Terrível o descaso com um Estado tão rico!
    A criação do Estado do Karajás, é imperioso para o desenvolvimento da região, pois, Belém não possui recursos e nem competência para administrar siquer a região circunvizinha, quão mais, há mais de mil quilometros!
    Essa a distãncia de Belém a Redenção, onde estive!
    A mesma distância de Brasília a Redenção, praticamente!Um caos as estradas no norte de Tocantins e sem comentários para a do Sul do Pará, que serve a Vale do Rio Doce!
    O segmento industrial da região, é a madeira, entre outras coisas, mas nesta sua potencialidade, estão imobilizados, já que dona Marina Silva, para agradar seu chefe, o Principe Charles, engessou esse segmento do país, para ofertar lucro aos empresários das Filipinas!
    Haja sacanagem contra esta nação!
    Sobre um projeto autorizado, para manejo sustentável, no INCRA, assentaram famílias de uma reforma agrária nas coxas, isso depois de já terem 2 anos, as 10 mil mudas de mogno! Ação contra o Estado, e, lá vai o Erário bancar a incompetência de vagabundos despreparados que autorizaram isso!
    Segunda feira, depois de amanhã, paralizarão a estrada que leva a Maraba, Xinguara, Serra dos Karajás, unidade de produção da Vale, enfim, a estrada interna que liga o sul do Pará a sua capital Belém!
    Estou convencido que a penalização ao Funcionário Público só, não resolverá as péssimas estradas hoje construidas, pois, aos empresários safados, só lhes restringirão a idoneidade, e, hipotéticamente, ficarão cinco anos sem operarem com o Governo! Você acredita, não é ? O único órgão que existe controle neste país é a Receita Federal, pois, tem arrecadado como nunca! E isso não é só o PT, são todos! A parceria ou negócio de "pardais" nas estradas e nas ruas, deveriam serem extintas, pois é incompreencível que uma empresa privada exercite uma função do Estado! Só serve para amealhar o caixa 2 desses filhos de uma mãe solteira! Não briga não, mas, deixa eu desabafar as coisas que nos aviltam e, que sozinho, o MPF, o MPE e outros loucos que pensam país, não conseguem fazer sem pressão popular! E você, como formador de opinião, dos mais respeitáveis do Sul do país, necessita se inteirar das mazelas que ocorrem nessas paragens de cá, onde a cultura, e demais valores de uma sociedade civilizada, são objeto de retóricas! Viver no Brasil de cá, é terrivel!
    Quanto a Presidenta Dilma, meu caro amigo, escolheu seus "ancoras", Mantega e Cia., e levará para o fundo, a economia, enquanto, dedicar lealdade a essa equipe, ou melhor, esse amontoado de incompetentes da área econômica!
    Você é estatístico também, eu não, sou sobrevivente!
    Vivo este país, circulando por onde não há atrativo, e, constatando as verdades, lamentávelmente, vaticinadas em seu blog!
    Os assessores incompetentes, mentirosos da Presidenta, estão levando-a, também, a efetuar essas afirmações desprovidas de embasamento, pois que, não sabem e não fazem contas, a se expor e receber essa afirmação, de um exemplar analista econômico de " DILMA MENTE ", investido que está da competência, pesquisa, conhecimento e real preocupação com a nação que o acolhe!
    Desculpando-me pela tergiversação do assunto básico da matéria, abraço-o com o carinho de sempre, assim como a todos seus seguidores e alunos do qual me insiro!
    Grande fim de semana à todos !
    MARKITO DE SOUZA

    ResponderExcluir
  3. Prezado Markito,

    Agradeço muito sua consideração para comigo e para os que leem as matérias postadas por este reles cidadão brasileiro. Eu tanto quanto você, sou amador em assuntos econômicos, apenas tenho facilidade em analisar números pela formação técnica que eu tenho e também uma pequena experiência na área de mercado financeiro.

    Ainda que eu viva no "oasis" brasileiro, paralelo sul do Brasil, especificamente na cidade de Curitiba, uma das capitais mais bem cuidadas do País, avalio o que seja viver em miséria absoluta. Vivi a minha infância, na mais absoluta pobreza, filho de imigrantes, "escravos" dos barões do café.

    Quando ouço relato da pobreza e da mazela do Estado nos rincões do Brasil, como as que você relata e de outros que me contam sobre o problema de fome e sede dos sertanejos do nordeste, me coloco no lugar deles. E sinto arrepio, da lembrança da vida que nós passamos, vida muito difícil e de pouca esperança.

    O que vejo no nosso País, é a falta absoluta de representantes do povo, ditos parlamentares, e componentes do poder executivo, cheirarem o pó e os buraco das estradas do vasto interior do País. Falta aos políticos brasileiros, pararem de usar retóricas, nem sempre bem compreendidas pela população. Falta aos políticos entenderem o sentimento do povo e fazerem entender a mensagem da maneira simples e objetivos.

    Tenha certeza, Markito, se o Brasil fosse povoado de "Markitos" este País seria muito diferente!

    Se escrevo, ainda, é porque vejo esperanças no horizonte, de que o Brasil mude para melhor.

    Abraço forte!

    ResponderExcluir
  4. Saka e Marquito, que aula, que leituras maravilhosas!!Parabens aos dois...Vivendo e Aprendendo #Povoado de Markitos-Sakas!rs!Celly Mattos

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.