Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

PETROBRAS. DILMA SABIA DA ROUBALHEIRA DE R$ 2 BILHÕES!


O caso é de polícia, no meu entender.  Prejuízo de US$ 1 bilhão, grosso modo RS$ 2 bilhões, é que os dirigentes da Petrobras causaram ao patrimônio público.  Á época do maracutaia, o presidente da Petrobras era o Sérgio Gabrielli e presidente do Conselho de Administração, atual presidente da Republica, Dilma Rousseff.  Leiam a reportagem e comentário que segue.

O Ministério Público apresentou ao Tribunal de Contas da União (TCU) representação contra a Petrobrás sobre a compra da refinaria de Pasadena, no Texas, em 2006. O Estado apurou que o prejuízo da companhia pode ser de cerca de US$ 1 bilhão. A presidente Dilma Rousseff presidia o Conselho de Administração da Petrobrás na época da aquisição.  Fonte: Estadão.

O processo foi motivado por reportagem do Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado, de julho de 2012, mostrando que a refinaria foi adquirida em 2005 pela Astra/Transcor, uma trading belga da área de energia, por US$ 42,5 milhões. A mesma unidade foi vendida à Petrobrás no ano seguinte, em duas etapas, por US$ 1,18 bilhão, embora valha cerca de dez vezes menos. Fonte: Estadão.

A refinaria é um dos ativos que a Petrobrás pretendia vender no exterior de forma a angariar recursos para o pré-sal brasileiro. A venda está temporariamente suspensa. No balanço do quarto trimestre, a Petrobrás lançou uma baixa contábil de R$ 464 milhões referente à refinaria, portanto valor que já reconhece como perdido. Fonte: Estadão.

Comentário.

Se o País fosse sério, as investigações não estariam correndo no TCU, mas no STF.  Tudo isso é manobra para ganhar tempo.  Enrolar para o fato criminoso prescrever.  É a velha tática utilizada pela dupla Lula/Dilma, para verem-se livre das condenações.  Quanto mais tempo demorar, a condenação é incerta.  No caso em aprêço, tem os digitais das pessoas envolvidas, o Sérgio Gabrielli e Dilma Rousseff, porque ambos homologaram a operação fraudelunta.  

O caso aqui, não é de incompetência, mas de roubalheira explícita. Roubalheira aprovada pelos Sérgio Gabrielli e Dilma Rousseff.  Não adianta querer jogar a culpa nos subalternos.  Não adianta, também, justificarem-se de que "nada sabia", porque os processos com volume financeiro tão elevado, passam não só pelo crivo e autorização formal, mas também, com certeza, a operação que causou o rombo de RS$ 2 bilhões, tivera autorização informal, antes da concretização do negócio.

Dizer que dentro do prejuízo de R$ 2 bilhões não houve roubalheira é, de no mínimo,  considerar o povo brasileiro de "ignorante", "lobotomizado", sem nenhuma capacidade de pensar.  Só falta a presidente Dilma vir ao público e dizer que "nada sabia" das maracutaias que resultou no maior "roubo" da história deste País.

O presidente da Alemanha, caiu pela origem inexplicada de US$ 1 milhão.  O presidente Nicolas Sarkozy da França teve sua residência e escritório devassada pela polícia francesa, pelo eventual recebimento de US$ 1 milhão, via Caixa 2, da dona de uma indústria de perfumes.  E nós estamos falando de R$ 2 bilhões e nada acontece!  Dentro deste contexto, sou obrigado a engolir a famosa frase do Charles De Gaule de que o "Brasil não é país sério".  Fazer o que!  O Brasil não é mesmo país sério!

Dilma sabia da roubalheira de R$ 2 bilhões da Petrobras, isto é fato.

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi professor da UFPR, filiado ao PDT.  Twitter: @sakamori12

2 comentários:

  1. Honorável Samurai Sakamori: Adimiro-o muito pela luta solo que desenvolve em defesa da sociedade brasileira! Asseguro-lhe que não está só ! No tocante a chamada da matéria, desde que os Governos da Contra-Revolução de 64 devolveram o poder aos civís,temos visto a sucessão de predadores vorazes a quererem e alguns conseguirem seus intentos de dilapidarem o patrimonio público. Confiados na permissividade de nossa sociedade, e na lentidão da nossa tendenciosa justiça, temos visto, alternarem-se nos seus intentos de malversarem, corromperem, aliciarem e acharcarem em nome da democracia! Portanto, essa chamada não me escandaliza pela rotina em que está inserida! Quanto aos valores, isso é o que estamos vendo, imagina o que já passou nessa porteira ! Agora, é importante que se saiba que, infelizmente, essa prática não é só do PT, é produto da impunidade, portanto, utilizada por esses empresários com mandato eletivo comprado nas eleições, e, como um negocio necessita ser rentável e lucrativo! Assim tem sido o país, que não tem instrumento de fiscalização dos desmandos, e quando os tem, como o concedido pela Constituinte de 88 ao Ministério Publico, vem nesse instante, correndo o risco de ser caçado pelos "honoráveis e ilibados" representantes do povo no Congresso!Estamos entregues à sorte! Portanto,para não estender muito,só posso dizer que, tinha uma esperança na Dilma, pois, diferentemente do seu antecessor, foi oriunda do núcleo programático da esquerda brasileira, da qual, fui adversário, e assim, pensava, teríamos diferenças na forma, porém jamais no objetivo, o grandeza do nosso país! Francamente assim pensava ! Mas tanto lá como hoje cá, percebo que os vassalos do poder, mau caráter, continuam agindo e agora sem receio! Portanto, aguardemos os acontecimentos, pois que, a justiça tarda mas não falta! No país, ainda existem homens públicos, e, como em outras oportunidades, em algum momento seremos chamados a voltar construir os valores e a grandeza de nosso Brasil! Um grandioso abraço, e o agradecimento de um velho sonhador do extinto PFL.! Seu admirador Markito de Souza

    ResponderExcluir
  2. Rá! Eu te disse isso num comentário no ano passado! O Brasil, infelizmente, não é um país sério!!
    Parabéns pela sobriedade nas postagens!!!

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.