Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sábado, 23 de fevereiro de 2013

ACORDA DILMA, ESTAMOS NA BEIRA DO ABISMO!


DÉFICIT NAS CONTAS EXTERNAS, US$ 11,4 BI, PIOR RESULTADO DESDE 1947.

As contas externas do Brasil, que incluem balança comercial e balança de serviços (remessas e viagens), se deterioram em janeiro. O déficit em transações correntes ficou em US$ 11,371 bilhões, informou nesta sexta-feira, 22, o Banco Central. É o pior resultado para todos os meses desde o início da série histórica da autoridade monetária, que teve início em 1947.  Fonte: Estadão.

Apesar do resultado negativo das transações correntes, de US$ 11,371 bilhões, o saldo positivo da conta de capital de financeira (R$ 12,355 bilhões) fez com que, no final, o balanço de pagamentos do País registrasse superávit de R$ 1,376 bilhão. Fonte: Estadão. 

Para fevereiro, a expectativa do BC é de saldo negativo de US$ 5,7 bilhões. Ele disse que essa estimativa reflete um resultado ainda fraco da balança comercial, que deve se recuperar. Fonte: Estadão.

E para completar: 


O Brasil criou 28,9 mil novos postos de trabalho com carteira assinada em janeiro, número 75,7% inferior ao do mesmo período do ano passado (118,895 mil). É o pior resultado para o mês desde 2009, quando foram fechadas 101.748 vagas. Naquele momento, o país começava a sentir os efeitos da crise financeira internacional. Dados do Caged, MT.  Fonte: Folha.

Comentário.

O que eu falei ontem, na matéria sobre bolha imobiliária?  Os articulistas devem tentar antecipar os acontecimentos futuros, baseado em dados e atitudes presentes.  Infelizmente, a imprensa brasileira, noticiam apenas os fatos presentes.  Poucos são veículos de comunicação que se preocupam em apresentar análise das consequências que poderão advir de medidas tomadas, sobretudo pelo governo. Apenas noticiam as medidas.  Não apresentam análises.

A imprensa noticiam com estardalhaço, o resultado das medidas tomadas ao longo dos tempos passados.  Na economia, o resultado das medidas aparecem no decorrer dos 6 meses seguintes à sua implementação.  É certo que fatores variáveis acontecido no cenário nacional e internacional poderão afetar nos resultados para melhor ou para pior.  Creio dever do articulista apresentar, mesmo correndo o risco de não acertar no alvo, as consequências de cada fatos que se apresentam no cotidiano.

O déficit das contas externas histórico do País, matéria de hoje, é consequência do erro sistêmico da política econômica da presidente Dilma.  Venho alertando sobre isto desde a criação deste blog.  Os agentes econômicos e financeiros dentro do governo como fora do governo, não tem dado devida importância à excessiva apreciação do real ou depreciação do dólar.  Isto é falha da imprensa.  Isto é falha dos articulistas econômicos.  Por enquanto, este blogueiro vem fazendo denúncia, solo.  

As consequências estão aí.  Enorme déficit na balança comercial e em serviços, somente compensado com o investimento estrangeiro direto (IED).  Ainda bem.  No entanto, quanto menos exporta, que é o caso presente, menos emprego cria.  O resultado da criação de novos empregos é o pior dos últimos 4 anos.  Isto já mostra que, seguindo a trajetória, o PIB do ano de 2013, vai repetir o PIBinho de 2013.  Vamos torcer que seja no mínimo igual ao do ano passado.

Não importa muito, se este blogueiro acertou ou não nas previsões. Fico triste, quando acerto as previsões negativas.  Fico mais triste ainda, quando vejo que a Dilma poderia ter tomado medidas corretivas, lá atrás, quando este blogueiro ainda chamava atenção para as consequências que poderiam advir da inércia da equipe econômica.  Leite derramado, infelizmente.  

Já o saldo da conta das viagens internacionais ficou em US$ 1,598 bilhão - resultado de gastos de brasileiros em US$ 2,293 bilhões e de US$ 695 milhões dos estrangeiros no País, afetando negativamente a conta de serviços. "O brasileiro continua viajando ao exterior de uma maneira frequente", disse ele. Fonte: Estadão. Fonte: Estadão.

Está aí, a comprovação de que o real está demasiadamente apreciado ou o dólar está muito depreciado.  É ilusão pensar que, de repente, os europeus, os americanos e os asiáticos ficaram pobres.  No máximo, eles estão na mesma situação do Brasil, com crescimentos pífios, mas mantendo o gap.  Claro devemos fazer exceções aos tigres asiáticos, mais Índia e Rússia.  Isto interessa à presidente Dilma. O real apreciado é "lança perfume" para o povão.  Esta sensação de poder, que as drogas dão ao povo, mantém a popularidade da Dilma em alta.   Isto, diz respeito à sua própria reeleição em 2014.

A presidente Dilma, nem está aí, que o País caia no abismo.  Pensa ela, ganha-se eleições e depois conserta o estrago.  A lógica do processo político nem sempre são coerentes com a lógica da política econômica.  Denota-se que há um processo político de permanência no poder por mais 10 anos, idealizado pelo José Dirceu, ex-dirigente e hoje condenado do mensalão.  Por outro lado, o presidente Lula torce para o pior, quer que isto tudo dê errado.  No caos, Lula entra como "salvador da pátria", novamente.  

Infelizmente, tenho pouca esperança na mudança do rumo, com a permanência da presidente Dilma no poder.

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi professor da UFPR, filiado ao PDT.  Twitter: @sakamori12

Um comentário:

  1. EU TAMBÈM INFELIZMENTE nÂO VEJO SOLUÇÃO PARA OS PROBLEMAS BRASILEIROS E EM ESPECIAL EM RELAÇÃO A NOSSA ECONOMIA TÃO ENFERMA E QUE MESMO ASSIM NÃO RECEBE POR PARTE DO GOVERNO OS CUIDADOS E A ATENÇÃO QUE MERECE.O DESEMPREGO TENDE A AUNMENTAR VISTO QUE ACHO QUE O CONSUMO VAI DIMINUIR COM OS SALÀRIOS JÀ TÃO IRRISÒRIOS ASSOLADOS POR UMAINFLAÇÃO CRESCENTE E ACELERADA O QUE DIMINUI O PODER DE COMPRA DA POPULAÇÃO E POR CONSEQUÊNCIA A DIMINUIÇÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL E PARA SIMPLIFICAR PORQUE O ASSUNTO DEMANDA VARIAS OUTRAS EXPLANAÇÕES DIGO QUE FINALMENTE E INFELIZMENTE A MAROLINHA DO LULA SE TRANSFORMOU NO NOSSO TSUNAMI.OUTRO FATO QUE DEVE SERVIR DE ALERTA PRINCIPALMENTE PARA OS ECONOMISTAS È O FRACO DESENPENHO DA NOSSA BOLSA DE VALORES POIS OS MERCADOS TEM COMO UMA DE SUAS CARACTERISTICAS SE ANTECIPAR AOS FATOS.QUE BOM SERIA SE DILMA INTERROMPESSE SEU DEVANEIO POR POUCOS MINUTOS E RESOLVESSE DIMINUIR OS GASTOS PUBLICOS CADA VEZ MAIORES E INCONTROLAVEIS ISSO SÒ NÃO SERIA SUFICIENTE PARA DESAFOGAR NOSSA ECONOMIA MAS PELO MENOS A TIRARIA DA UTI.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.