Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

CONFIRMADA A LADROAGEM DA DILMA NO FGTS


Está aí, a confirmação da ladroagem que o governo Dilma faz direto do patrimônio do trabalhador, o FGTS.  Esta denúncia, já foi formulada por mim, em matérias anteriores.  O subsídio dado no programa Minha Casa Minha Vida, MCMV, está sendo feito com os recursos à fundo perdido do FGTS.  Somente no ano de 2012 foram R$ 7,2 bilhões, segundo Folha. Termino comentário, após as notícias.

Além da reserva extra que estava no Fundo Soberano e de dividendos dos bancos públicos, o Tesouro também contou com R$ 7,2 bilhões do FGTS --fundo que pertence aos trabalhadores-- para fechar as suas contas em 2012. Fonte: Folha.

O montante foi obtido de duas formas diferentes. Primeiro, o Tesouro não quitou uma dívida que tem com o fundo relativa à parcela dos subsídios concedidos no programa habitacional Minha Casa, Minha Vida (MCMV), de responsabilidade da União. Fonte: Folha.

Além disso, reteve a arrecadação proveniente de contribuição adicional de 10% que as empresas são obrigadas a fazer para o FGTS quando demitem sem justa causa. A dívida com o fundo vem se acumulando como uma espécie de esqueleto que terá que ser quitado um dia.Fonte: Folha.

Pelo conteúdo da notícia, dá-se impressão de que o Tesouro Nacional vai devolver o suposto "empréstimo" em algum dia.  Mas pela demonstração nos balanços do FGTS, já está lançado na coluna de despesa efetivada.  Isto é, são transferências feitas do FGTS para o Tesouro Nacional, à fundo perdido.  Perdido, para os trabalhadores.

Numa audiência pública do Senado Federal, transmitida pela TV Senado, em 2012, um dos "pelegos" levantou o problema da transferência à fundo perdido do FGTS para Tesouro Nacional, para custear o "subsídio" do programa Minha Casa Minha Vida.  Logicamente, deve ter contado com os votos favoráveis dos outros "pelegos" que compõe o Conselho Curador do FGTS para dar cunho legal.  A referida audiência pública contou com a confirmação da senadora Marta Suplicy e do senador Paulo Paim, ambos petistas.

A Dilma diz: "Meu governo construirá 2 milhões de moradias" com subsídio no programa MCMV".  Está mais do que claro que o subsídio do programa Minha Casa Minha Vida está sendo dado à custa da poupança compulsória dos trabalhadores, denominado de FGTS.  Dilma mentiu e continua mentindo!  E tem pelegos, representante dos centrais sindicais, aprovando ou se esquivando em admitir a "ladroeira" da Dilma no patrimônio do trabalhador, o que me entristece sobremaneira.  

Eu é que defendo o patrimônio do trabalhador é que passo por elitista.  É coisa de louco!  Isto está parecendo republiqueta de 5ª categoria.  Os pelegos que são os primeiros a aprovar a ladroagem da presidente Dilma no patrimônio do trabalhador.  

Quem discordar da minha opinião, poderá fazê-la em forma de comentário.  Não vou deletá-lo, mesmo que seja contra minha opinião.

Confirmado ladroagem da Dilma no FGTS!

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi professor da UFPR, filiado ao PDT.  Twitter: @sakamori12

3 comentários:

  1. Sakamori, perdoe-me a ignorância, mas isso quer dizer que o programa, "Minha Casa, Minha Vida", é feito com o dinheiro do próprio trabalhador?

    Gosto de ler seus textos porque eles se confirmam a cada dia.

    Abraços!

    Sonia Salim

    ResponderExcluir
  2. NADA MAIS ME ESPANTA QUANTO AS ATITUDES
    DESONESTAS E ATÈ REPUGNANTES DOS NOSSOS POLITICOS A QUALQUER NIVEL ELES FUÇAM COMO PORCOS ONDE ESTA O DINHEIRO E SEM SE PREOCUPAR
    PARA QUE FINALIDADE ELE SERIA USADO SIMPLESMENTE O DESVIAM PARA SUAS FINALIDADES ESPÙRIAS E CRIMINOSAS

    ResponderExcluir
  3. Nobre Sakamori, nossa sina será sempre denunciar os mal feitos dessa alcatéia dominante,são grupos e subgrupos de toda sorte e nefastos confrades engabeladores da nação. A delapidação moral, ética, cívica é histórica, de certa forma começaram a tomar vulto a partir da “demonização” iniciada em 2003, que representaria “uma nova etapa na democracia brasileira”. Que democracia é essa? que somos obrigados a votar e nossos pseudos representantes anonimamente elegem pessoas que sabidamente não nos representa. Vamos reforçar a idéia de que devemos apressar o Apocalipse do Congresso e reformá-lo com novos corpos.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.