Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Xô Dilma! Xô PT! Xô comunistas!

Crédito da imagem: O Estadão

Fiquei aguardando comentários de analistas políticos e reportagens mais contundentes sobre a utilização da residência do campo da presidência da República, a granja do Torto, ppelo comunista Raul Castro.  O Estadão, como sempre faz, fez reportagem sobre o assunto, sem comentar sobre o alcance político do "empréstimo" da granja de Torto para dirigente máximo do Cuba.  

Para quem não se lembra, o último presidente militar, o general João Figueiredo, dispensou o uso do Palácio da Alvorada para fixar como residencia oficial, a granja do Torto. A granja de torto foi palco de várias recepções de cunho político de todos os presidentes, entre eles os presidentes Fernando Henrique e o próprio Lula.  

A granja do Torto ficou marcado, assim, como palco de articulações políticas oficiais de vários presidentes da República do Brasil.  Guarda, a mim, o mesmo significado político do Camp David, residência de campo de presidentes americanos.  Lá, o Camp David tem sido palco de anúncio de vários acordos significativos do mundo ocidental.  O mais expressivo, talvez, tenha sido o acordo de paz firmado pelo presidente Anwar Sadat do Egito e Menachem Begin do Israel em 1978.  


Estranhamente, a presidente Dilma Rousseff, à pedido do presidente Raul Castro, presidente do Cuba, "emprestou" a residência de campo, granja do Torto.  Assim se pronunciou porta voz do Palácio do Planalto, segundo Estadão. Não importa, se os serviçais foram trazidos pelo Raul Castro e nem importa muito se trouxe comidas, extremamente, examinados pela segurança do presidente cubano.  O que importa é que no período que Raul Castro permaneceu na granja do Torto, poderia se dizer que a granja do Torto se tornara território cubano, já que aos cubanos a granja foi "emprestado".

Na condição de "inquilino", não de convidado, Raul Castro fez recepção a um outro chefe do Estado, o Nicolás Maduro, presidente venezuelano. Pelo que sabe, o jantar contou com a participação dos diplomatas de dois países. Certamente, o jantar foi regado de bebidas e iguarias que poucos cubanos e venezuelanos não tem acesso.  O fato é que no período da estado do Raul Castro, a granja do Torto, virara território cubano.  E como, guardada devida proporção, Obama emprestasse o Camp David para o Putin fazer recepção ao presidente sírio Bashar al Assad.  Seria como Obama ficar de quatro ao Putin!

Não fosse apenas o "empréstimo" da granja do Torto ao presidente Raul Castro, o governo brasileiro vem financiando obras de infra-estrutura àquele país, com dinheiro do BNDES, sob segredo do Estado.  As obras que me refiro são as construção de um mega-porto e reforma do aeroporto em Havana.  Isto, sem contar com a "operação financeira" de empréstimo dos médicos cubanos, também, considerado como segredo do Estado.  Como não fazer ilações?

À essa altura dos acontecimentos, está evidente de que há algum acordo secreto entre os dois países em outros campos da atividade dos países.  Se presidente Raul Castro "ocupa" a granja do Torto, se o presidente cubano "vende" médicos cubanos, se o presidente Lula e Dilma concedem financiamentos de infra-estrutura àquele país, não tem como não fazer "ilações" sobre os diálogos e documentos trocados entre o Brasil e Cuba.  

Dentro das relações estranhas entre os presidentes de dois países, uma relação promíscua entre os chefes de Estado. Temo que, em caso de derrota da Dilma à presidência, possa haver uma interferência direta dos cubanos na política brasileira, por baixo dos panos.  Já temos 7.400 médicos cubanos infiltrados em rincões onde não chegam o Estado brasileiro. Os cubanos são especialistas em emprestar soldados para outros países, como já fez para a Angola num passado não tão longínquo.  

Na minha vida pessoal, adoto a máxima de "cortar o mal pela raiz", antes que o mal se espalhe no cotidiano, a ponto de "infernizar", a minha vida.  Creio ser esta é a situação do Brasil. Estamos à beira de Brasil se tornar país comunista, alinhado à China, Rússia, Síria, Cuba e Venezuela. Antes que tudo isto se torne realidade vamos "cortar o mal pela raiz".  A presidente já usa a cor vermelha dos países comunistas.  Só falta, por decreto, mudar a cor da bandeira brasileira.  Na prática, Brasil já é satélite da China, no terreno do comércio mundial.  

Bandeira da República Popular da China

Xô Dilma! Xô PT! Xô comunistas!

Ossami Sakamori





6 comentários:

  1. Depois dessa bagunça generalizada na granja do torto, que deveria se chamar estrebaria das izquierdas, muita gente inclusive jornalistas de renome continuam afirmando que estamos num estado democrático de direito. Afinal de contas, seria essa expressão o regime utilizado em Cuba, na Venezuela, na Russia e na China? Aproveito o ensejo para sugerir mudarmos o nome do brasil para banânia futebol clube, acho que ficaria mais apropriado, depois da copa das copas.

    ResponderExcluir
  2. A minha tristeza é ver que estamos indo para o abatedouro e nem fazemos ideia(pelo menos o povão). Sakamori, o Brasil já é controlado por Cuba. Porque será que as FFAA estão com quietas? China pode ajudar Cuba com armamentos e militares. Até Putin(Rússia) pode ajudar Cuba para dominar o Brasil. Quem não quer o minério, fauna, flora e água doce do Brasil? E as FFAA brasileiras vão defender com FUNDA, BODOQUE e pedra porque armamentos não tem e os militares estão desmotivados pois passam apertos até para dar sustento a própria família.

    ResponderExcluir
  3. Existem várias manobras muito sérias que estão sendo articuladas, pelo PT, com interesses inconfessáveis, como dividir as tribos indígenas em nações independentes, para que possam negociar com Ongs, os recursos naturais, como minérios etc. Como o congresso virou a casa da mãe Joana, junto com o STF, essas medidas serão aprovadas facilmente.As nossas forças armadas, que tem o dever de defender a constituição brasileira, foram anuladas de todas as formas e o povo está indefeso, não tendo a quem recorrer. Como uma grande parcela da população é ignorante e analfabeta e em vários estados ainda existe o voto de cabresto, estamos correndo o risco de nos tornarmos uma filial de Cuba, com a máscara de república federativa popular do brasil.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns. Muito interessante o seu alerta. Até gostaria de acrescentar algo, mas confesso que ainda não tenho a exata noção do que tem acontecido por trás das ajudas que o Governo brasileiro tem dado a países como Cuba e outros. Sempre achei que primeiro precisamos cuidar dos nossos problemas, que não são poucos. Depois é que deveremos cuidar dos problemas dos outros. De qualquer modo, algo deverá existir que foge ao alcance da nossa humilde inteligência. Acessem: www.ideiasefatostucujus.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Senhor Sakamori

    Brasil jé território cubano.Ainda duvida? O senhor fica chocado. Eu não! Temos e soviético marco aurélio garcia comandando nossa diplomacia exterrna e interna! E todo o mundo se cala!

    Quanto à nossas FA, elas apenas já respondem perante raul de castro! São totalmente bolivarianas e não tarda que começem liquidando brasileiros num genocidio. Falta pouco. Depois do final do mês, quando as mais de 220 nações indiginas forem um fato adquirido, começa o genocidio contra quem não aceitar. As FA são merda verde!

    ResponderExcluir
  6. Quanto mais os brasileiros que pensam,
    rezam,
    mais assombrações aparecem.
    Até quando?

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.