Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sábado, 26 de julho de 2014

Sininho não passa de arruaceira!

Crédito da imagem: Veja

As últimas reportagens dos principais veículos de comunicação do País tem falado muito sobre a prisão e soltura, mediante Habeas Corpus, de bando de arruaceiros que hora se autodenominam como "ativistas" entre eles a Sininha.  

Para mim, esse bando de arruaceiros denominados de "ativistas" são estimulados pelo Palácio do Planalto. O estímulo a estas manifestações de depredações de patrimônio privado e público, tinha como finalidade desestimular as manifestações pacíficas como as que aconteceram em junho de 2013.

Os "ativistas", um bando de arruaceiros, coordenado por uma professora da UFRJ e pela neta do ex-presidente Jânio Quadros, a Sininho, estavam à serviço do outro partido à esquerda do PT, o PSOL.   Nada há de manifestações políticas de ideologia.  Recuso-me a classificar esse bando de arruaceiros de "ativistas".  Fazem parte dos arruaceiros "black blocs". Querem tumultuar a vida pacífica de trabalhadores, sobretudo.

De certa forma, a coisa fugiu um pouco do controle do Palácio do Planalto. Foi assim, acionado as instituições da República para trancafiar os arruaceiros durante a realização da Copa 2014 na cadeia.  Não interessava ao Palácio do Planalto arruaça no período do evento esportivo.  Terminado o evento, os arruaceiros foram soltos, obedecendo não tão os "preceitos legais", mas para continuar praticando arruaças para inibir manifestações pacíficas do povo nas ruas.  Manifestações das ruas às véspera das eleições seriam como tiro fatal na combalida campanha de reeleição da Dilma.

O governo do Uruguai, dentro da sua ótica da diplomacia, entendeu também que os arruaceiros não são "ativistas". Sabiamente, o governo uruguaio recusou o asilo político dos arruaceiros.  Sim, o velho José Mugica, ex-guerrilheiro do movimento Tupamaros, entendeu que a Sininho e sua turma não passam de bando de arruaceiros.  Ele sabe distinguir entre ativistas dos arruaceiros, isto ele tem de sobra.

Sininho é versão atualizada da Dilma Rousseff. Ambas tem uma identidade em comum, gosta de arruaças. Assim como Sininho, a prisão tem um sabor de "troféu".  Assim como hoje, à época, a ditadura militar não deu ouvidos às manifestações pacíficas.  Digo com todas as letras que quem derrubou a ditadura militar, não foram os "guerrilheiros", mas sim as pessoas pacíficas ao longo de anos de luta, que aqui permaneceram. Os guerrilheiros da época, entre eles a Dilma, asilados, foram beneficiários da anistia que nós militantes pacíficos que aqui permaneceram pressionou o Congresso Nacional a votar a Lei da Anistia. 

E parem, também, a imprensa de tratar um bando de marginais, arruaceiros, como "ativistas".  Foi no meio de arruaças que um jornalista perdeu a vida cobrindo as manifestações.  Sininho e seu bando são "ativistas"? Sininho e Dilma tem um ponto de convergência, fazem parte dos bandos de arruaceiros que pretendem dominar o País à revelia da vontade do povo.

Crédito da imagem: Brasil em Focos

Acordem gente!

Ossami Sakamori


2 comentários:

  1. Concordo com você em que são apenas arruaceiros a serviço do governo de plantão. Mas pare de dizer que a Sininho é neta do Janio Quadros. Não é. O que me incomoda é com a visibilidade alcançada esta coisa vir a ser vereadora ou deputada num futuro qualquer. O lugar desta gente é na cadeia.

    ResponderExcluir
  2. Respeitem a futura presidente da república.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.