Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sábado, 5 de julho de 2014

Dilma, a "Copa das Copas" não é sua!


É uma piada falar de legado da Copa do Mundo.  O Brasil teve prejuízo líquido, considerando, custo dos estádios, acessos e o que deixou de arrecadar de PIB, calculado em R$ 50,8 bilhões.  Deu ainda para a FIFA, lucro líquido mais a renúncia fiscal no montante de R$ 16 bilhões.  O que me impressiona é que o custo do evento poderia ter custado ao País, se planejado com antecedência, não mais de R$ 10 bilhões.  A presidente Dilma resolveu fazer da Copa 2014, a "Copa das Copas", o seu vitrine para reeleição.  

Fácil presidente da República falar que fez "Copa das Copas". Fácil para Dilma classificar os críticos, como eu, em "pessimistas".  Não, não sou pessimista, presidente Dilma.  Sou muito realista com a situação sócio/econômica do País. É fácil colocar em exposição seu nome na mídia nacional e internacional com tamanho gasto. O evento vai deixar legado ao povo brasileiro, para os próximos 10 anos pagar a conta na forma de impostos e tarifas.  A conta poderia ter sido bem menos salgada para o povo.    

Fala de R$ bilhões como se fossemos país o mais rico do mundo. Nada isto é verdadeiro.  O Brasil é pobre em tudo. Falta dinheiro para tudo. O número R$ 50,8 bilhões, representa mais de 300 mil casas tipo Minha Casa Minha Vida, que poderia entregar aos moradores gratuitamente. Representa construção de 16 mil Km de rodovias duas pistas. Representa mais de 50% do orçamento do SUS do ano. Daria para construir uma Usina Itaipu incluído o custo da linha de transmissão até o Sudeste do Brasil.  Isto é pouco dinheiro?

Fiz comparação interessante, já que o País é carente na área de saúde pública.  Veja o que poderia ser feito com o dinheiro desperdiçado na realização da "Copa das Copas". Com os R$ 10 bilhões que a FIFA vai levar para Suíça mais a renúncia fiscal de R$ 6 bilhões, daria para construir 160 hospitais de referência de 200 leitos.  Isto significa que todas cidades com população acima de 200 mil habitantes, seriam atendidos com hospitais públicos de alta complexidade.  Com os R$ 50,8 bilhões de prejuízo do País, daria para manter estes 160 hospitais de referência de alta complexidade por 10 anos seguidos.  Não é exagero, Brasil arcar com prejuízo tamanho?

Sim, compreendo.  Para a presidente Dilma, o País não está carente de infra-estrutura. O País está repleto de estradas de 2 pistas.  O País não sofre falta de fontes de energia elétrica. O País tem atendimento hospitalar de excelência em todo o País.  As cidades médias deste rincão do País, está plenamente atendido pelo sistema de saúde gratuito.  Assim, deve ser a avaliação da Dilma, porque não teve bom censo em administrar com competência os custos da realização do evento.  Foi na base de custe o que custar.  Decidido no arroubo da sua loucura.  

Deve ter alguma coisa errada nisso tudo.  O povo fez e faz sacrifício para pagar os R$ 50,8 bilhões de prejuízo.  O povo abriu mão de vários serviços públicos essenciais, mas não foi para ver a sua presidente cantarolar que o seu governo está fazendo a Copa das Copas.  Isto é uma verdadeira tapa na cara do contribuinte!  Dilma, a "Copa das Copas" de direito é do povo brasileiro.  Foi o povo brasileiro é que vai pagar a conta do custo deste evento.  

Acordem, gente!  Não confunda "bunda" com "abunda". Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa!  O sucesso ou insucesso da seleção brasileira é uma coisa, outra coisa é o dinheiro desperdiçado pela Dilma para a realização da Copa. Quem viaja de avião presidencial não enxerga as péssimas condições das estradas brasileiras.  Quem é atendido em Hospital Sírio-Libanês, não sabe que morre doentes nos corredores de hospitais Brasil a fora.  Presidente da República que gasta R$ 50,8 bilhões para satisfazer o seu o seu próprio ego é típico da coisa de República da Banânia!


O sucesso ou insucesso da seleção brasileiro nada tem a ver com o sucesso ou insucesso da reeleição da Dilma.  Dilma, a Copa é nossa, é do povo! Foi o povo que abriu mão de serviços essenciais para realização deste evento.  Dilma, o legado da Copa que você se refere será o imposto que o contribuinte terá que pagar ao longo dos próximos anos. Basta de tantas mentiras! Dilma, pelo menos, deixa o povo dizer que a "Copa das Copas" é do povo!  


Dilma, a Copa não é sua!

Ossami Sakamori

2 comentários:

  1. Parabéns. Grande matéria. De fato o nosso país é muito pobre para se dar ao luxo de realizar grandes gastos como esses da Copa. Por mais que gostemos de futebol, não faz sentido investirmos tanto em obras que pouco contribuem para melhorar a vida do povo. Acessem: www.ideiasefatostucujus.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Grande Sakamori como é que fica a história das urnas??

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.