Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Banco BRICS e o complexo de vira-lata!


Não, não tenho complexo de vira-lata. Longe disto. Não preciso mais de nenhum predicado para me impor. Não tenho cargos, nem ocupo posição de destaque no mundo empresarial.  Mas o que é verdade tem que ser dito.

Ontem, oficialmente, foi criado o Banco BRICS, para começar a funcionar em 2016, composto pelos países que compõe a sigla, qual seja Brasil, Rússia, Índia, China e Africa do Sul.  Segundo se sabe, o capital social é de US$ 10 bilhões, em partes igualitárias.  O fundo será de US$ 100 bilhões, com contribuição de 41% pela China, 18% para Brasil, Rússia e Índia e 5% pela África do Sul.

O novo Banco de Desenvolvimento, pretende concorrer com o BID, BIRD e FMI.  O novo banco, terá como prioridade, com os recursos disponíveis ser o colchão de liquidez, para eventual perda de credibilidade de algum dos membros.  Na prática, o novo Banco BRICS não terá fundo em recursos disponíveis.  O fundo será representado com os swaps cambiais emitidos pelos governos na proporção combinada.

Não se sabe ainda, já que o Banco só vai funcionar em 2016, quais serão as regras para garantir colchão de liquidez aos países participantes do Banco. Pelas declarações dos dirigentes dos países que compõe o novo Banco, as regras serão mais flexíveis que o FMI.  Por enquanto, ninguém sabe, porque não foi discutido na mesa de negociação em Fortaleza.

Quem manda no FMI, BID e BIRD são os EEUU, com PIB de US$ 16 trilhões, comparado com US$ 2,1 trilhões do Brasil. Quem vai mandar no novo Banco, na prática, serão os chineses com PIB de US$ 9 trilhões e reserva internacional acima de US$ 3 trilhões, com o crescimento anual acima de 7,5% ao ano.  A China, nos próximos 5 anos, será a maior economia do mundo.

Aqui é que vai a minha justificativa do complexo de vira-lata. Não, não sou pessimista. Sou realista.  O Brasil, na prática, quer sair da órbita dos EEUU, mas acabou caindo na órbita da China. Saiu de um para cair na outra. Infelizmente, com sucessivos governos corruptos e incompetentes, o Brasil com todo potencial que tem, continuamos sendo quintal de grandes potencias mundiais. Lembrando que antes da independência fazíamos parte do quintal do Portugal.

Crédito da imagem: br.vazion.com

O eterno complexo de vira-lata que nos persegue desde que Cabral aportou em Cabrália!

Ossami Sakamori


3 comentários:

  1. Nessa negociação o Brasil tomou no BRICS. Pobre de nós! Mas alegria pessoal, em Outubro vamos mudar!

    ResponderExcluir
  2. Realmente o complexo de vira latas nos persegue há séculos, em relação a politica internacional em que nunca tivemos voz ativa e somos marionetes, na mão das grandes potencias. Continuamos exportando materia prima e a parte do leão fica com os países altamente industrializados. Mais isto não é o pior de tudo, porque somos em essencia um país corrupto, em todos os níveis sociais desde os mais modestos até os empresários poderosos e os politicos como regra geral Dizem até que a corrupção está no dna do povo brasileiro, e que está se alastrando em progressão geométrica. Somos um país sem rumo e com um futuro tenebroso, sem perspectivas de uma mudança radical a médio prazo. Somente as futuras geraçõesl esclarecidas poderão fazer o brasil voltar ao seu rumo, quando as grandes reformas politicas e sociasis forem concretizadas.

    ResponderExcluir
  3. Tantos bilhões gastos com a Cpoa do Mundo só para satisfazer dois egos doentios, o da vaca bulgara e o do nove dedos que nem foi assistir a nenhum jogo.

    gilberto carvalho mandou comprar quase 500 mil bilhetes, por isso e, segundo a FIFA, esta Copa teve a segunda maior audiência até hoje!

    A Saude que se dane! Segurança também. Salários de profesores ou docentes universitários, são uma miséria, um insulto quando comparados a qualquer fdp de politico!

    Mais bilhões para essa merda de banco chinês que economicamente quer dominar o Brasil.

    Mais muitos bilhões para os Jogos Olimpicos.

    Muitos bilhões para comprar a base aliada!

    A rede de trem para atravessar de norte a sul o Brasil, nem sai do papel

    Para os nossos portos maritimos, nada! Mas para o de Cuba e Uruguai, não falta nossa grana do BNDES, que os dois traidores emprestaram à revelia da nossa Constituição.

    E para culminar estes verdadeiros atos de traição, atá ao dia 31 de julho, prazo limite concedido pela ONU, o Brasil se vai desmembrar em mais de 200 "nações" indias com selvagens que vivem em palhoças sob imensuráveis riquezas minerais muito do agrado da Nova Ordem Mundial e da Oligarquia Financeira Transnacional.

    E a vaca bulgara vai autorizar a formação dessas nações de selvagens.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.