Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

segunda-feira, 25 de junho de 2012

HOJE É DATA FATAL PARA MENSALÃO!

O caso mensalão, em pauta nos meus artigos, inúmeras vezes, alertando para a tentativa de absolver os réus do processo mediante expediente, legal, mas um tanto escuso, pelo menos moralmente.  Dizem os meus amigos juristas que, se o julgamento ocorrer em 2013, maioria dos crimes supostamente cometidos cairão em prescrição.  Outro fato que denota claramente é a interferência do presidente Lula no andamento do processo, para que o julgamento não ocorra este ano, sob argumento de que este ano é "ano de eleições".  Pelo que eu aprendi nos meus bancos escolares que o Brasil é um país democrático com três poderes funcionando "independentemente".  Mudaram o conceito de democracia, no Brasil?  Se mudaram, não me avisaram.

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Carlos Ayres Britto, enviou ofício ao ministro Ricardo Lewandowski advertindo que ele precisa devolver hoje a revisão do processo do mensalão para que o julgamento comece no dia 1º de agosto. Na prática, o presidente do STF cobra pressa do colega de corte para que o calendário do principal julgamento do ano seja obedecido. Britto tomou essa iniciativa na noite de quinta-feira (21) depois de tentar, sem sucesso, conversar com Lewandowski sobre o assunto naquele dia. Fonte: Folha.


A atitude do presidente do Supremo, segundo ministros, é incomum no dia a dia da corte, mas se tornou necessária devido ao risco de atraso. Lewandowski tem reclamado nos bastidores da pressão interna que sofre dos colegas para correr com o caso. Lewandowski tem prometido entregar o processo até o fim de junho, mas evita se manifestar publicamente, principalmente depois das revelações de que setores do PT, liderados pelo ex-presidente Lula, têm trabalhado para adiar o julgamento para depois das eleições municipais. Fonte: Folha.

Espero que o ministro Ricardo Lewandowski cumpra com o seu dever, não como agente público que segue a sua carga de trabalho apenas tão somente pela regulação da lei, mas pelo dever cívico, como qualquer cidadão do país que ama a República Federativa do Brasil.

Democracia está em suas mãos, ministro Ricardo Lewandowski ! 

Ossami Sakamori, 67, engenheiro civil, foi prof.UFPR.
Twitter: @sakamori10

Um comentário:

  1. Eu tenho muitas dúvidas c/ relação a este julgamento, não me lembro de políticos julgados no STF, parece q a coisa no Brasil está indo de mal a pior, veja o caso do Maluf q não pode viajar p/ exterior, será preso pela interpol, no Brasil ele vive tranquilo, onde será q ele cometeu os crimes?

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.