Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quarta-feira, 6 de junho de 2012

DILMA, LANÇA LEILÃO DA TELEFONIA 4 G

 Há cerca de 10 anos, quando Ministério das Comunicações decidiu pela reserva de faixa de 2,5 GHz para telefonia móvel de 4ª Geração (4G), fiz comentário favorável à decisão.  A matéria foi publicada em 1/4 de páginas pelo jornal muito lido na época Gazeta Mercantil, edição nacional.  Hoje, ao saber da decisão final da realização de leilão desta faixa de frequência, embora com atraso de cerca de 2 anos, tenho que cumprimentar a presidente Dilma, pelo ato benfeito.  Passo a notícia e depois comento.
 

A Agência Nacional Telecomunicações (Anatel) confirmou que seis grupos entregaram nesta terça-feira propostas para o leilão de faixas de frequência para Internet móvel de quarta geração (4G), marcado para 12 de junho. Fonte: Folha


Os grupos são Claro, TIM Participações, Vivo, Oi, Sky e Sunrise. Também se credenciaram a Americel, do mesmo grupo da Claro, e a Intelig, que pertence à TIM. Fonte: Folha.

A licitação vai liberar a faixa de 2,5 GHz, uma das últimas disponíveis para telefonia móvel. Os serviços 4G (de quarta geração) abrangem transmissão de voz e banda larga móvel, que pode ser acessada por smartphones e modems móveis (plaquinhas), por exemplo. Fonte: Folha.

Embora, a faixa de frequência não é determinante na implantação do sistema, o importante é que dá início ao processo de implantação da telefonia móvel de última geração.  Explico, nos EEUU a telefonia móvel 4G está implantada na faixa de frequência baixa.  Na Argentina, vai ser implantada a 4G na mesma frequência do Brasil, salvo alguma mudança que eu não tenha tomado conhecimento.  Em tese, os aparelhos de telefonia móvel dos EEUU e do Brasil serão incompatíveis.


Nos países desenvolvidos a telefonia 4G já está em uso, alguns com velocidade de transmissão mais baixa e outros com velocidade mais alta.  A tecnologia permite alcançar velocidade de até 100 Mbs.  Comparado com média de 1 Mbs de hoje, seria uma maravilha.  Claro que inicialmente as velocidades oferecidas pelas companhias telefônicas serão, imagino, na faixa de 2 Mbs a 10 Mbs.  Mesmo assim, os ganhos para os usuários seriam enormes comparado com os serviços oferecidos pela telefonia 3G.


Conforme prevê o edital de licitações, o cronograma de implantação dos serviços obedecerão o calendário da Copa 2014.  Até a Copa de Confederações em 2013, estará funcionando nas cidades sedes da referida Copa.  Até a junho de 2014, os serviços 4G estarão disponíveis em 12 cidades sedes e sub-sedes da Copa. 


Apenas como comentário adicional. Por irionia do destino, a tão combatida privatação (sic) do sistema de telefonia realizado no governo FHC é que está a permitir que os brasileiros possam usufruir deste moderno meio de comunicação.  É por isso que eu já manifestei em matérias anteriores que a comparação dos governos FHC, Lula e Dilma é uma discussão bizantina.  O que importa não são as pessoas que passaram e passam no exercício do poder da presidência da República, mas o que importa é o Brasil.


Ponto para presidente Dilma, em telefonia 4G.


Ossami Sakamori, 67, engenheiro civil, foi prof.da UFPR.
Twitter: @sakamori10

Um comentário:

  1. Ossami, admiro sua imparcialidade e por isso o leio todos os dias. Verdade seja dita: a presidenta realmente fez um gol. Tanto que comprei ontem um iPad com tecnologia 4G. Espero que tudo se desenrole a contento. Quanto a copa uma discussão ferrenha tem sido arrolada com meu grupo de discussão por emails ( todos ávidos por polêmica) não pensamos nada de bom a respeito...rs Mas vamos ver próximos episódios > brasileiro ama uma novela, não!? Beijos e bom dia!

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.