Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Opa! O dólar vai subir mais!

A Dilma que se prepare com o novo rumo da economia americana.  O candidato do Obama ao Banco Central americano o FED, desistiu da postulação ao cargo de presidente em sucessão ao Ben Bernanke.  O atual presidente deixará o cargo no próximo janeiro.  Presume-se que a mais cotada candidata à presidência do FED, Janet Yellen, atual vice-chairman do FED, vai cortar o incentivo de crescimento implementado pelo Bernanke.  

Atualmente o FED vem dando liquidez ao mercado americano injetando US$ 85 bilhões mensais para incentivar o consumo.  Com a retirada do incentivo, prevê-se a valorização do dólar perante outras moedas do mundo.  Dentro deste contexto, haverá, a já temida, fuga de capital estrangeiro rumo aos EEUU.

O maior temor da equipe econômica do governo Dilma é exatamente isto.  No front interno, o real vai desvalorizar mais ainda.  Como no mercado financeiro, o movimento se antecipa aos fatos, haverá agravamento do fluxo cambial desfavoravelmente ao Brasil, imediatamente. 

O fluxo cambial é negativo ao Brasil, causado sobretudo pela importação de derivados de petróleo e remessa de divisas pelas empresas transnacionais.   Somado aos fatos expostos, está havendo adiamento de investimentos estrangeiros diretos (IED) em função da falta de clareza da política econômica brasileira, agrava ainda mais a situação da Balança de Pagamentos.  

A equipe econômica da presidente Dilma, nunca conseguiu elaborar um plano econômico de longo prazo.  Tudo é feito de gambiarras em gambiarras, tapando um buraco aqui e outro ali.  Diante do quadro, é possível prever que o dólar vai desvalorizar ainda mais e a taxa de juros Selic vai subir mais ainda, para tentar conter a fuga de dólares do País.

Para prever o futuro, somente uma bola de cristal ou encomendar diagnóstico para uma cartomante.  Sabemos apenas que houve inflexão do quadro da economia brasileira para pior.  Por enquanto, vamos apertar os cintos, por prudência. 

Ossami Sakamori

Um comentário:

  1. A política da Dilma sempre foi uma dança da passista manca, patética. Pior: o governo vem adotando a velha política neoliberal das privatizações. A Dilma vai continuar tapando o buraco até a sua possível reeleição. Aí, se ela se reeleger, ela irá destampar o buraco, que estará do tamanho de um abismo, com um fundo suficiente para engolir o Brasil. Este buraco tem nome, se chama armadilha.

    PS: agora de manhã, posso dar uma fugidinha do meu ofício e navegar um pouco. À noite, em casa, não navego mais, tenho de acordar muito cedo e quando durmo tarde é um horror para acordar, mas acordo, não tenho preguiça. Um abraço, Sakamori.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.