Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

domingo, 22 de setembro de 2013

Denúncia! Leilão do Libra é "privataria" petista!

Contra a onda de "privataria" petista vale lembrar a famosa frase pronunciada pelo presidente Getúlio Vargas por ocasião da descoberta de reserva de petróleo na Bahia, "o petróleo é nosso!" no caso do leilão do Libra, campo gigante do pré-sal.  O volume de dinheiro envolvido é maior do que a soma de todas concessões e ou privatizações feitas nos governos FHC/Lula/Dilma.  

Durante o governo Lula, anunciou-se a existência de um enorme jazida de petróleo na camada denominada de pré-sal.  Não se sabe exatamente, ainda, qual é o potencial exata da jazida, que poderá, segundo especialistas, chegar em 100 bilhões de barris.  Ironicamente, a existência desta jazida gigante aconteceu graças a "quebra" informal do monopólio de petróleo concedido à Petrobras. 

O fato concreto é que o governo Dilma vai realizar leilão de exploração do campo de Libra na área de pré-sal.  Anteriormente ao lançamento do edital de licitação estimava-se que o campo teria potencial de 8 bilhões de barris.  O edital definitivo prevê potencial de 12 bilhões de barris.  Alguns especialistas do setor, ainda falam em 45 bilhões de barris, no terreno de especulações.

Vamos fazer o exercício de futurologia baseado em número oficial fornecido para efeito de leilão de concessão do campo Libra, isto é 12 bilhões de barris.  Também, sob forma empírica, baseado em outros campos, estimemos que o período de exploração será feito em 20 anos.  Vejamos os números como ficam.

O potencial de faturamento considerado preço de cada barril de petróleo a US$ 100.00, o volume total de receita da concessionária, decorrente do campo de Libra será de US$ 1,2 trilhões.  O número equivale a 50% do PIB brasileiro ou ainda 2 vezes a receita bruta da União anualmente.  O volume total é muito grande! Isto, claro, diluído no período de exploração que estimamos em 20 anos.  

O volume de investimento para este tipo de exploração, estima-se em torno de US$ 45 o barril ou seja equivalente a aproximadamente US$ 550 bilhões.  Isto significa que o campo de Libra vai movimentar, em moeda nacional equivalente a R$ 1,2 trilhões, ao longo do período de exploração.  Fazendo ressalva de que a maior parte dos gastos serão realizados em dólares, porque os equipamentos e tecnologia são importados, ao contrário do que a propaganda do governo diz.  

O royalty previsto para o campo Libra é cerca de US$ 180 bilhões ou equivalente nesta data a R$ 400 bilhões ao longo de 20 anos, ou seja uma média anual de R$ 20 bilhões.  Valor este que será destinado 75% em educação e 25% em saúde pública.  Equivale a dizer que a educação vai receber cerca de R$ 15 bilhões e saúde pública R$ 5 bilhões, anuais.  

Portanto, a renda do royalty está longe de resolver o problema de educação e de saúde no Brasil. O pré-sal não é solução para tudo. Dilma, passa uma falsa impressão de que o pré-sal vai resolver todos os problemas do Brasil.  Tem algo de muito estranho nestas afirmações.  Se educação e saúde depender somente do pré-sal, o Brasil estará seriamente comprometido.  Brasil não é Arábia Saudita, como Dilma quer passar impressão.  

Agora, vamos para os lucros proveniente da concessão.  É quase certo que o Consórcio Sinochem/Petrobras será o ganhador do leilão de concessão.  Grosso modo, tirando o custo de exploração e o royalty, o lucro líquido do Consórcio será de US$ 40 o barril ou seja US$ 480 bilhões em 20 anos.  

A Petrobras que pela lei, participa compulsoriamente no Consórcio com cota parte de 30%, caberá para a Companhia, do campo de Libra, lucro bruto anual de US$ 16 bilhões, equivalente nesta data a R$ 35 bilhões.  Como o governo é majoritário no controle, mas minoritário na composição total do capital, o quinhão do governo federal fica reduzido a menos de metade dos 30% que será a parte da Petrobras.  

Resumindo.  A composição final da repartição dos lucros, no decorrer dos 20 anos, ficará da seguinte forma:

Os chineses com 70% do do Consórcio ..........  US$ 335 bilhões
Petrobras com 30% do lucro do Consórcio ....... US$ 144 bilhões
Royalty (União, estado e municípios) ..................US$ 180 bilhões
Bonus de participação para ANP (governo)...........R$   15 bilhões

Se a ANP contratasse a Petrobras diretamente, como prestadora de serviço, sob delegação da União, no mínimo a parte do lucro dos chineses ficariam com a União.  Dentro deste contexto, a receita de extra para a União seria de US$ 335 bilhões, exatamente o lucro da parte dos chineses.   Este dinheiro é como dar de presente aos chineses, já que a Petrobras admite que tem tecnologia brasileira para explorar o pré-sal.  

Isto me parece mais uma maracutaia do governo Lula & Dilma. Fazer leilão açodadamente, sem garantia do risco ambiental, para atrair R$ 15 bilhões de bonus do leilão para cobrir o Déficit Fiscal? E nessa, os chineses vão levar US$ 335 bilhões de bandeja? 

Aqui vale a máxima do governo petista, que se auto denomina de "neo-socialistas".  Privatizar os lucros e socializar os prejuízos!  Plagiando o jornalista Amaury Ribeiro Jr, o leilão do Libra é "privataria" petista!  

Vamos nessa, movimento das ruas! O petróleo é nosso! 

Ossami Sakamori

4 comentários:

  1. Alõ PROFESSOR
    As contas não fecham,apesar de dar o "rumo"da maracutaia.
    Para chegar a extrai UM MILHÃO de barris diários,o campo de LIBRA levará muito tempo,pois a infraestrutura é inexistente e a montagem levaria ANOS.
    Dificilmente esta arrecadação estimada se concretizará...
    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O início da produção, mesmo pequena, vai iniciar na melhor das hipóteses, segundo analistas, no ano de 2017. Previsão de produção é de 20 anos para exploração, como foi dito no texto. Estou esperto, amigo!

      Obrigado pelo comentário! Soma sempre!

      Excluir
  2. Lula está seguindo, com mais "eficiência", a cartilha neoliberal de FHC. A Privataria Petista é mais escandalosa que a Privataria Tucana. O leilão das nossas bacias de petróleo é um crime histórico. O investimento em educação com os royalties roubados do Rio. Este recurso é uma demagogia que agrada ao brasileiro. A Petrobrás já é uma empresa de capital misto, daqui a pouco será 100% privada.

    ResponderExcluir
  3. De onde se deduz que todos os presidentes brasileiros possuem o mesmo patrão !

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.