Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

FMI adverte: Brasil está feio na foto !

Em nota encaminhada ontem à cúpula do G20, que se inaugura amanhã em São Petersburgo, o Fundo Monetário Internacional advertiu que a suspensão do programa de estímulos monetários pelos EUA -anunciada em maio, mas ainda não implementada- causa riscos aos países emergentes, citando o Brasil e a China como os maiores responsáveis eventuais para um crescimento lento da economia mundial. Fonte: Folha.

Comentário.

A nota do FMI se refere à injeção de US$ 85 bilhões mensais ao mercado americano pelo governo daquele país dando liquidez ao mercado, comprando antecipadamente os títulos vincendos para estimular a economia.  O FED, banco central americano, vem ensaiando a retira deste estímulo à economia americana, em função dos números que mostram a recuperação da economia.  

Segundo informações dadas à imprensa em geral, o FMI sugere que os EEUU que faça a saída ordenada deste estímulo dada à economia americana.  Na minha opinião, o FMI e nem o G20, não tinha que meter o bico na política monetária dos EEUU.  É uma questão de soberania americana.  Na hora do bem mal ou seja na crise financeira americana de 2008, onde os EEUU entrou em profunda depressão, ninguém ousou sugerir nada.  

Eu já disse que a presidente Dilma só enxerga umbigo dos outros.  É exatamente o que esta ocorrendo.  Dilma critica os tsunamis provocados pelas políticas internas dos países desenvolvidos.  Logo no início do governo em 2011, saiu pelo mundo a fora, criticando a política de austeridade impostas a si próprios, pelos EEUU, Japão e Alemanha, especificamente.  Descuidou da política econômica (sic) do Brasil, ou seja do próprio umbigo.  

O objetivo deste blog, há 1 ano e meio, foi exatamente criticar o erro sistêmico da dita política econômica (sic) do governo Dilma.  A cruzada foi dura no começo deste blog.  Fui contra opinião dos agentes econômicos públicos e privados, fui contra os analistas econômicos de plantão, fui contra os ícones do empresariado brasileiro.  Cobrei posições da grande mídia.  Nós eramos 23% da população que não aprovávamos a política econômica equivocada.

Agora, deu no que deu.  O Brasil depende do FED americano.  O Brasil depende do bom ou mau humor do Obama.  O Brasil depende do crescimento da economia da Alemanha e satélites.  O Brasil depende de crescimento (7,5% ao ano) da China.  O Brasil depende do humor dos investidores estrangeiros diretos ou especulativos.  O Brasil não depende mais de si próprio.  Perdemos a soberania no sentido político mais amplo.  

O Brasil cresceu nos últimos 5 anos, pós crise financeira mundial de 2008, através de mecanismos provisórios, estimulando o mercado interno.  O provisório acabou ficando definitivos e causou tamanha distorção na economia que não está fácil recolocar o País nos trilhos, com economia de mercado, sem distorções.  Criou-se distorções no câmbio, nas tarifas administradas e nos gastos correntes do governo.  Enfim, a festa acabou!

Os EEUU não vão mudar a política econômica e financeira para ajudar os países emergentes.  Obama está mais preocupado com sua popularidade como presidente do EEUU do que com os problemas dos brasileiros ou chineses.  Obama está mais do que certo!  O erro está no Brasil, que não soube e não sabe administrar a sua própria economia.  Obama quer ganhar a popularidade com economia sólida e por conta disso quase não se reelegeu.  A nossa presidente Dilma, não está nem aí com o que possa acontecer à economia brasileira.  Dilma só pensa na sua reeleição!

Enquanto o País tiver um cordão de puxa sacos da Dilma e sua equipe econômica, vamos afundar celeremente.  Na saída do sinuca do bico, não vejo planos consistentes.  

Pelo contrário, vejo gambiarras atrás de gambiarras.  A última, a pior de todas, é a venda de títulos swap cambial que nada mais que são os fakes do dólar americano, para tentar manter estabilidade do real.  Para combater o monstro da inflação está se criando um outro monstro mais perverso que o anterior, ou seja a indexação da economia em dólar.  O efeito disto só vai aparecer no médio prazo, quem sabe até lá a Dilma já terá sido reeleita para mais um mandato.  

Chegou a hora de onça beber água!  Foi o aviso dado pelo FMI. 

Ossami Sakamori

5 comentários:

  1. Caro Saka,...

    A raiz de todos nossos problemas, acontece mesmo na tal reeleição da Dilma, a qual, seguramente é, o único projeto de longo prazo que o PT tem: O Projeto de manter-se a qualquer curso no poder. E isso saiba, não é só para governar; é mais para impedir que um novo governante, venha a investigar e revelar à nação, os desmandos existentes por todas veias inchadas da administração. Isso, aliado ao total despreparo dessa gente, é que vem causando todos resultados negativos que ora vivenciamos.

    Esta ruim, e sabemos, há de ficar muito pior, pois não existe uma só atitude, que vise colocar o país nos bons trilhos.

    Dilma será reeleita? Sem dúvida alguma! Por que é uma boa "gerentona"? Não, ela é péssima! Mas,...tão ruim quanto ela, é sabermos que infelizmente não existe no Brasil, um dos mais importantes mecanismos da democracia: A oposição!


    PT sabe que ela não existe, e é por ai que navega, pouco se importando com projetos de longo prazo. Vivem de apagar incêndios, pois isso para o varejo(povão) é o que basta. Lembra quando a gente estudava o suficiente para passar na prova? É por ai,...

    Estamos assistindo a deterioração do Brasil, em todos campos possíveis. Economia, relações exteriores, saúde, educação, segurança, mobilidade,.....isso esta definitivamente derretendo, sem que uma só voz efetiva, levante-se e mostre a nação o total descalabro instalado.

    O povo, pobre povo, sente na pele os problemas, mas como todos sabemos,..."brasileiro é bonzinho!", e de bondade em bondade, vai ouvindo as espatafúrdias promessas da Dilma, e nelas vai depositando suas esperanças, de um melhor amanhã, que sabemos, pelo andar da carruagem, que jamais há de chegar.

    A nós, que conseguimos fazer essa leitura, resta assistir, com enorme tristeza e preocupação, esse declínio. Desde já estamos pagando o preço da visão,...

    ResponderExcluir
  2. Falando-se em "indexação da economia em dólar" é de se pensar que nossa presidentE, mais uma vez se rende aos presidentes fronteiriços, desta vez à senhora Cristina.

    Simplesmente deve achar que a Argentina deve ser modelo...

    Pátria amada, salve, salve.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Douglas Hosoda escreveu (não foi removido pelo administrador)

    Quanto mais demoramos para recolocar a economia nos eixos, maior será o custo para fazê-lo. Manipular a inflação com controle de tarifas, combustíveis e câmbio nos custará muito caro!!!

    ResponderExcluir
  5. Agora, com a "estabilização" da crise econômica na Europa e EUA, o vedetismo do boom da economia brasileira está para acabar. O ilusionismo da economia, gestada pelo PT, irá durar até a possível reeleição de Dilma. Pelo visto, 2014 será um ano inesquecível, no mau sentido...

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.