Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Espionagem. Dilma vai ou não vai beijar o pé do Obama?

Afinal, no que deu o assunto da espionagem do Obama sobre a vida particular da Dilma e seus assessores?  Lembro-me que na semana passada, a presidente Dilma mandou chamar o embaixador dos EEUU, para exigir do Obama pedido de desculpas "por escrito" sobre o episódio da espionagem, supostamente feita pelo NSC. O assunto mereceu destaque e exposição na Rede Globo.  

Ainda sobre a espionagem.  A presidente Dilma, na reunião do G-20, teve conversa reservada com o Obama, segundo informações oficiais, para tratar especificamente sobre a espionagem da vida privada dela e de seus assessores mais próximos.  Na ocasião, Obama declarou que recepcionou a queixa sobre o assunto e que faria todo esforço possível para aliviar tensões existentes entre os dois países.  

Na quarta-feira desta semana, o ministro de Relações Exteriores brasileiro Luiz Alberto Figueiredo teve reunião com a Susan Rice, assessora de Segurança Nacional do presidente Obama.  E, ontem, quinta-feira, os dois mantiveram encontro de pouco mais de uma hora, no que resultou na seguinte nota divulgada pelo porta voz do NSC: "Os Estados Unidos estão comprometidos a trabalhar com o Brasil para atender estas preocupações".

Bem, o resultado da bravata da presidente Dilma, amplamente divulgada pela Rede Globo, exigindo uma pedido de desculpas "por escrito" sobre a espionagem, só fora tratada pelo segundo escalão do Obama.  Isto já era esperado, na minha avaliação de leigo.  O pedido de desculpas, por escrito, também não veio, como já tinha previsto por mim em matérias anteriores sobre o tema.

Que eu me lembre, a Dilma ameaçou cancelar a viagem de chefe de Estado que faria ao Obama no próximo mês.  Cancelou ou não cancelou?  Uai, não era para ter vindo pedido de desculpas "por escrito"?  Ou foi mais um efeito pirotécnico engendrado pelo marqueteiro João Santana e amplamente divulgado pela Rede Globo.  

Bem, a imprensa socielate noticiou que a presidente Dilma teria feito 3 terninhos para encontro "beija pé" ao Obama, claro, com dinheiro do contribuinte.  Vai usar ou não vai usar os terninhos especialmente feito para o encontro com o Obama?  Ela que estava tão braba com o Obama até 2 semanas atrás, mudou de comportamento repentinamente? Terá a presidente Dilma sofrido amnésia?  Ou será que a bravata foi naquele momento de querer demonstrar que é mulher macho para os eleitores assistirem no "plim-plim" da Globo?

Ossami Sakamori

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.