Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Espionagem do Obama. Rede Globo faz jogo da Dilma

Isto vai me custar caro, financeiramente, e terei que fazer o desmentido desta matéria.  Fazer o que?  Não se pode brigar contra o poder do dinheiro.  Mas vamos lá, assim mesmo.

A Rede Globo quer dar dimensão maior do que deve ao caso de espionagem do Obama sobre vida pessoal da Dilma e dos assessores mais próximos.  E agora, como mini série a suposta espionagem comercial da Petrobras.  Tudo faz parte do jogo político, no meu entender, visando reeleição da presidente Dilma, conforme manda o marqueteiro João Santana.

Agora, vamos à análise fria dos acontecimentos amplamente noticiados pela Rede Globo.  

Claro que não sou a favor de espionagem de qualquer tipo e forma, seja de quem for.  Abomino isso, mas aceito, porque isto parece incorporar como requisito da própria democracia.  Já fui objeto de arapongagem.  Sobre meu caso, não me incomodei e não me incomodarei porque minha vida é transparente, tanto sobre as minhas qualidades quanto sobre os meus defeitos.  Dito isto, vamos aos fatos ao que nos interessa. 

Hoje é dia 11 de setembro, que por coincidência, diz respeito ao tema que estou a abordar.  Os EEUU após atentado de 11 de setembro, criou um departamento específico denominado pelo povo americano de Homeland Security para tratar de segurança interna do povo americano, em função do próprio episódio.

A maior democracia do mundo, ininterrupto por mais de 200 anos, editou lei que dá poder ao Homeland Security acessar aos dados via os meios de comunicação de cada cidadão americano. sem autorização judicial. Isto está na lei. Homeland Security seria equivalente a nossa ABIN.  Só para comparação os EEUU gastam por ano US$ 55 bilhões em gastos na inteligência e o Brasil gasta por ano R$ 500 milhões.  

Feito esta observação, que diz respeito apenas ao povo americano, vamos analisar sobre a suposta espionagem da vida da presidente Dilma e de seus assessores pelo Homeland Security.  

No Brasil, o Congresso Nacional, votou lei que permite à presidência de República, alguns privilégios que não condiz com o regime democrático.  Os mais evidente prova de que o Brasil é uma república mequetrefe, é permitir documentos secretos como aqueles assinados pelo presidente Lula com o governo cubano e angolano.  Outra afronta à democracia são os gastos secretos da presidência da República com os cartões corporativos.  Isto sim, que é uma vergonha!  

Dilma não está braba com o Obama pela espionagem propriamente dita, mas está é muito preocupada com as conversas de bastidores sobre as armações e maracutaias que são engendradas no Palácio do Planalto.  Está muito curioso e preocupado com o Caixa 2 da Campanha presidencial de 2010, operacionalizados pelos seus assessores diretos, vir a público via espionagem do Obama.

Quanto aos dados sigilosos da Petrobras nem é preciso comentar.  Dou é gargalhada sobre o desconhecimento da matéria pelos profissionais daquela emissora, a poderosa Globo.  A Petrobras não possui tecnologia própria para exploração do pré-sal, ao contrário do que são noticiados.  O Brasil não tem tecnologia e nem parque industrial que tenha condições de produzir equipamentos de última geração.  A tecnologia "batizada" de própria, nada mais são do que importação de equipamentos de última geração importados dos EEUU e Alemanha.  

Quanto ao segredo do mapeamento geofísico e geológico do bloco que vai à licitação, a do Libra, as empresas chinesas Sinochem e associados, já os tem, porque fora repassados pela Graça Foster, no início deste ano, em viagem enigmática àquele país.  Que segredo é esse que os chineses já tem conhecimento e os americanos não tem?  Além do mais, a Petrobras é uma companhia de capital aberto, onde a boa governança corporativa manda que a companhia seja transparente, para não ocorra situações como a da OGX do Eike Batista.  A Petrobras tem segredo?  Isto parece ter muitos.  Mas, claro, o Obama já sabe e o povo brasileiro não sabe.  

Por aí, podem ver que o que deveria ser transparente para o povo brasileiro, o povo brasileiro não sabe, mas o Obama sabe de tudo.  Obama só não toma atitude contra Dilma, porque repeita a soberania brasileira.  Mas que o Obama sabe de toda maracutaia que envolve o Palácio do Planalto e a Petrobras, está mais do que evidente que sim.  Isto é que intriga a presidente Dilma e é o motivo de bate boca pela imprensa, como costuma fazer contra os chefes de Estados dos países desenvolvidos.  Isto dá mídia.  

Diante da cobrança da Dilma em obter resposta "por escrito" sobre a espionagem americana, Obama indicou Susan Rice, conselheira da Segurança Nacional para atender o indicado pela Dilma, o Luiz Alberto Figueiredo.  Em nível de hierarquia, se Obama estivesse levado à sério a bravata da Dilma, indicaria o Secretário do Estado, Jonhn Kerry.  Duvido que Obama mande desculpa "por escrito" pedindo desculpas para a Dilma!  

Duvido muito, também, que a Dilma vá adiar a visita dela ao Obama como chefe do Estado, para o próximo mês de outubro.  Ser recebido pelo Obama como chefe de Estado é o sonho Dilma.  Aliás, não é sonho apenas da Dilma, mas de qualquer chefe de Estado do mundo inteiro.  Segundo ainda notícias da imprensa socielate, a presidente Dilma mandou confeccionar 3 terninhos para o encontro "beija pé" do Obama.  Claro, as despesas pagas por nós contribuinte.  

Diante de tudo que comentei acima, vocês não acham que a Rede Globo não está dando dimensão acima do que merece no caso de espionagem do Obama?  Isto não faz parte, do tema de campanha presidencial de 2014?  Esperem para ver!  

Este espaço está disponível para resposta, em querendo a Rede Globo.  

Ossami Sakamori

5 comentários:

  1. A globo não vai querer perder uma fortuna na vinculação de comerciais da Petrobras, Caixa, Correios, etc.
    Será que as reportagens casadas fazem parte do pacote?

    ResponderExcluir
  2. Como sempre o grande Sensei acerta na môsca !! E o que eu tbm penso a respeito... Os PTralhas estão desnudos diante da maior potência do mundo, e temem e tremem. Parabéns pelo seu discernimento e coragem em falar o que tem que ser dito!

    ResponderExcluir
  3. Esta certíssimo! Tudo isso e baseado apenas em interesses mútuos. Os USA ja sabem de tudo que se passa no Brasil nao e de hoje. Como nao entendo muito de economia, como ja lhe disse, tambem sei pouco de politica. Lembro quando ainda era uma menina: FMI, órgão que emprestava muito dinheiro ao Brasil e aos paises "em desenvolvimento", que me lembro de ouvir que o Brasil estava sempre devendo a eles. Ate gostaria de saber se isso ainda existe ou as dividas passaram a ter outro CREDOR, kkkkkk. Abraços!

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.