Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sábado, 19 de janeiro de 2013

DILMA 2014 VAI DAR PARTIDA COM SHOWROOM PARA PREFEITOS


Ontem, postei matéria sobre a "racha" no PT, basicamente, entre grupo que apoia a presidente Dilma e o grupo que defende a candidatura do presidente Lula com vistas às eleições presidenciais de 2014.  Dilma antecipou à comunicação que o presidente Lula faria sobre a sua pretensão de se candidatar-se à sua sucessão, já em 2014.  Vejam o noticiário do Estadão sobre o mega lançamento, na prática, da sua candidatura à reeleição da Dilma.  

De olho no apoio dos municípios para a eleição de 2014 e com objetivo de se aproximar dos prefeitos recém-empossados, o Palácio do Planalto vai fazer um showroom de seus programas e colocar ministros de plantão à disposição dos novos executivos municipais entre os dias 28 e 30, no Centro de Exposições, em Brasília. Será uma megaestrutura com apresentação de planilhas e dados atualizados de todos os programas e convênios do governo federal. Fonte: Estadão.

A estratégia é abrir um canal direto com os prefeitos e neutralizar, de certa forma, deputados e senadores, assim como os lobistas, que tradicionalmente atuam como facilitadores para obtenção de verbas nos ministérios. O encontro também tenta esvaziar o discurso político dos pretensos presidenciáveis Eduardo Campos (PSB) e Aécio Neves (PSDB), que defendem um novo pacto federativo. Fonte: Estadão.

De certa maneira, esta também será uma forma de diminuir a pressão que o Planalto recebe dos parlamentares, em busca de pagamento de emendas. O governo sabe que as pressões por emendas sempre existirão, já que anualmente, elas representam R$ 15 milhões no Orçamento para cada um dos 513 deputados e 81 senadores. Mas, com um canal aberto direto com o prefeito, os deputados ficam mais neutralizados, tentando diminuir o “toma lá dá cá” que costuma acontecer nas vésperas de importantes votações no Congresso. Fonte: Estadão.

Com a organização do evento envolvendo todos os ministérios e com convite de participação encaminhado a todos os prefeitos do Brasil, praticamente sepultou o desejo do Lula de se candidatar em 2014.  Rei posto, rei morto.  Os marqueteiros da Dilma acertaram na decisão sobre realização deste evento.  Creio que foi uma fórmula inteligente de dizer não ao Lula.  Com o evento, o Lula apequenou-se.  Dificilmente a caravana que ele iria montar para percorrer o Brasil de norte a sul, vai se viabilizar.  Dilma, não vai dar guarida à iniciativa do Lula.

Dilma tem problema com a vinculação do seu nome ao do Lula. Lula, moralmente, foi condenado no processo mensalão.  Fez também a besteira de ter se amancebado com a Rosemary, chefe de gabinete da presidência no estado de São Paulo. Dilma escolheu a fórmula de jogar todos os podres em cima do Lula.  E o povo vai aceitar como que verdadeiro fosse.  Lula está mais sujo que pau de galinheiro.  Fica fácil passar esta imagem ao público.  Ela, Dilma, seria o lado limpo do PT.  O Lula o lado sujo.

Existe uma questão pendente que é o envolvimento direto do seu nome, como chefe da Casa Civil do presidente Lula, até março de 2010.  Período em que ela, Dilma, ordenou pessoalmente a contratação de R$ 20 bilhões de obras do DNIT, com o comprometimento dos empreiteiros de contribuição, via Caixa 2, de 3% sobre o valor da fatura para campanha Dilma 2010.  O ministro Alfredo Nascimento e o diretor geral do DNIT Luis Antonio Pagot, foram afastados pela Dilma. No entanto, nenhuma medida de investigação foi ordenado para apurar os fatos, por motivo mais que óbvio.

Com a investigação promovida pela CPMI do Cachoeira, apareceu o ponta de "iceberg" que confirmam o delito descrito anteriormente, com a descoberta de propinas no montante de mais de R$ 400 milhões somente na Construtora Delta.  O material de investigação fora entregue pelos partidos da oposição para a MPF/PGR, apesar de o relatório final ter resultado em lacônico 2 folhas de papel.  Tem, então, mais dois personagens que sabem mais do que deve, sobre o esquema DNIT, o Carlos Ramos (vulgo garganta profunda do PT) e o empreiteiro Fernando Cavendish (o homem do jantar em Paris).  

O mega roubalheira do DNIT tem um fator a favor da Dilma. Os principais envolvidos do esquema Cachoeira tem em seu portfólio esquema montado, também, com o principal partido da oposição, o PSDB.  Para mandar botar um pá de cal em cima da sepultura da CPMI fica muito mais fácil.  As instituições da República, embora respeitada, como o MPF/PGR e STF, ficarão de mãos atadas para instaurar o "inquérito policial", justamente sobre a presidente Dilma.  A recente julgamento do processo mensalão pelo STF, temo que tenha sido apenas um "sonho de verão". A primavera não chegou no Brasil, infelizmente. 

Enfim, a presidente Dilma, já abriu a temporada de caça aos votos!

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi professor da UFPR, filiado ao PDT.  Twitter: @sakamori12 

4 comentários:

  1. As prefeituras só tiveram perdas nos últimos anos, isso seria motivo suficiente para que os prefeitos tivessem vergonha na cara e se recusassem a apoiar Lula ou Dilma.
    Mas poucos se preocupam com isso. Se os municípios perdem, talvez não os prefeitos que aplaudem o governo federal que os castiga.
    Quanto aos prováveis candidatos para 2014, sinceramente, o cenário é desanimador.

    ResponderExcluir
  2. Caro Sakamori, tem sido uma nova experiência partilhar do Twitter, pois resisto à exposição pública sob que pretexto o seja. Sou e sempre fui de bastidor, de Ciência Política e, nos últimos 40 anos, tive próximo de mim a ascensão e queda de muitos. Em memória de uns e em respeito a outros, permita-me não decliná-los aqui, e, quem sabe, breve possa pessoalmente relatar-lhe. Percebo seu respeito por um político que vi chegar a Brasília, da bancada do MDB, e pertencer ao seu majestoso Estado do PR. Refiro-me ao Álvaro Dias, que sempre honrou sua postura no mandato de Deputado Federal, e, hoje como senador, substitui com muita competência o ex-líder aguerrido Arthur Virgílio. Percebo também, no Twitter, um ódio mortal ao PT, onde, a meu ver, antes de tomar alguma porrada, não é produtivo, porque,como nacionalista de direita, sim, de direita, ao findar o MDB, e para eleger o Tancredo, tivemos que trazer para nós o Sarney e, assim, desmoronaram-se a ARENA e o MDB, criou-se com os, então, considerados oposicionistas moderados e intelectuais, o PSDB, o partido da situação PMDB com Sarney, o que vale dizer, um saco de gatos com um cachorrinho lulu dentro, e um partido que acolheria os chamados esquerdistas, que foi o PT. Eu,como disse, sou de direita pois que, fui para o PFL acompanhar o Marco Maciel. O PSDB ficou para o Montoro, FHC seu Suplente, o grande Covas, o Zé Richa aí no Paraná, que eu esteja me lembrando de serem mencionados. Voltando, não consigo entender essa política passional que está explicita no TWITTER, onde o bom é o PSDB, e o mau é o PT. Desculpem-me os leitores do SAKAMORI, mas, me parece que o PSDB é primo do PT, e, não entendo essa paixão, esse xingamento. Talvez por viver política aqui, não sinta esses sentimentos que aí estão expostos, mas, afirmo que um merece o outro. Percebam que disse pertencer ao PFL, não ao DEM, invenção dos Maia do RJ, minha terra. Uma medalha possui dois lados, e ninguém é totalmente mau, ou totalmente bom. A justiça é maravilhosa por ser una, ou seja, você só pode ser julgado pelos seus atos, e fim. Nelson Rodrigues dizia que a UNANIMIDADE é BURRA! O FHC fez coisas boas, como fez coisas ruins, como a privatização de setores estratégicos de nosso país. O LULA, também, fez coisas boas e ruins, mas não derrotou seu candidato nas eleições presidenciais. O Arthur Virgílio foi caçado pelo PT por determinação do Lula, e foi derrotado na eleição para Senador por defender o governo do PSDB, e não vi o partido auxiliá-lo nessa luta. Portanto, para o jogo democrático, seria muito bom ter o Álvaro como candidato, ou o Arthur, porque daria um puta IBOPE, pela competência e Tribunos que o são. No PT, talvez, se exija demais do Lula, lembremos que sua candidatura arrepiou todo mundo, dentro e fora do país, e, com o Congresso semi-parlamentarista não tinha outra saída, senão aliar-se ao diabo para viabilizar seu mandato. Como o Governo Federal não é um Sindicato de Metalúrgicos, muito difícil avaliar os indicados para cada função, isso o Supremo já julgou. Se tinham corruptos junto ao Lula, junto ao FHC também! Já a Presidenta Dilma, por pertencer ao núcleo programático do PT, do RS, é nacionalista e comprometida com este País, com seus valores, com sua Gente. Não tem exercido pressão para que não se apure eventuais irregularidades no seu Governo. E olhe que a PGR e o MPF se fazem presentes em todo o território nacional, e, pelo que sei, não receberam pressão para paralisarem qualquer ação que atingisse algum aliado ou filiado. Destaco aqui o ministro Padilha da Saúde, que tem participado conosco do TWITTER (@padilhando), e tomado algumas providências tratadas ou criticadas por nós. Enfim, indo ao objetivo desse comentário: SE COM DILMA, LULA, ÁLVARO DIAS, EDUARDO CAMPOS, ou seja lá quem for, tiver compromisso com a Nação, com o seu desenvolvimento, com sua integridade territorial, com seu bem estar,estará tudo bem, porque consolidado estará o regime democrático do nosso querido Brasil! Um respeitoso abraço. Que Deus continue abençoando este país e sua gente! Markito de Souza

    ResponderExcluir
  3. Saka San; Li com atenção o seu texto, como de costume, acima da média, o do Markito nem tanto.
    Quanto às habituais discordâncias dele (seu texto) me lembrei de uma frase de Ulisses Guimarães "Política é a arte do impossível".
    Em 2010 o psdb achava impossível a eleição de uma pessoa despreparada, tosca a não mais poder e inexpressiva politicamente como dilma rousseff e ela foi eleita.
    Em 2012 isso se repetiu em São Paulo; haddad, com os mesmo atributos de dilma, e acrescente-se a isso o fato de ele só não ser um "perfeito imbecil" porque ninguém é perfeito, elegeu-se prefeito da cidade que detém o terceiro orçamento do país.
    Esses desastres se deram por vários fatores combinados, e eu cito a ignorância política do brasileiro médio, a força (?) de lula, a cumplicidade e covardia do psdb, e, sobretudo, ao apoio da imprensa, que, nos dois casos bombardeou impiedosamente ao opositor desses dois postes, josé serra, que na verdade, também não é ou era grande coisa.
    Pode até ser que a criatura (dilma) tenha resolvido se rebelar contra o seu criador contando com o poder que hoje detém, coisa que eu não creio, mas, caso isso seja verdade, algumas coisas têm que ser vistas.
    Em primeiro lugar, o pt tem como prioridade manter-se no poder indefinidamente, e o pt é lula, portanto, caso dilma pretenda realmente se rebelar contra o seu criador vai ter que deixar o pt, caso contrário, essa ideia não vinga. E qual seria esse partido? O seu PDT? Quem sabe ...
    Segundo problema: as ações de marketing desenvolvidas pela atual inquilina do Palácio do Planalto recebem dos meios de comunicação, o mesmo tratamento que recebe um peido de lula.
    Dilma lança um monte de programas e a divulgação destes é tratado em separado pela mídia, e quase que institucionalmente. O Estadão publica uma parte, a Folha, outra, o Globo idem e o JN da uma cobertura bem institucional, ao passo que um peido do luis inacio da silva recebe de TODOS os veículos de comunicação o tratamento de "panaceia para todos os males da humanidade" e é isso que poderá ser o fiel da balança em 2014.
    Existe ainda um outro fator, o silêncio de lula; muito embora a covardia e baixeza dele seja sobejamente conhecida, eu acredito mais numa ação estratégica,
    Se o silêncio do, sabidamente mentiroso e fanfarrão lula merece a cobertura que esta recebendo da imprensa, o que não dizer de quando ele começar a falar sua asneiras?
    O desimportante de tudo isso é que, tanto dilma como lula representam o que de pior existe na política brasileira
    O comentário do Markito é mais um daqueles discursos dos supostos progressistas, não se atendo à realidade.
    Em nada se difere dos editoriais de Karta Kapital, querendo embaralhar o imbaralhavel, ou seja, lula, dilma, traécio e Álvaro Dias, pois os rês primeiros se equivalem, e o Álvaro, pelas demonstrações de coerência e independência, se encontra isolado dentro do próprio psdb.
    Observação: você vai notar que muitos dos nomes aqui citados estão grafados em minúscula, e isso é proposital, posto que não os considero dignos de fazer diferente.

    ResponderExcluir
  4. Não defendo partido e sim progresso do meu País. E, como cidadão digo que tanto Lula como Dilma são idênticos. Não amam o Brasil coisa nenhuma. Como podem dar esmola a brasileiros(bolsa familia) se podem dar trabalho digno à todos? Como vão dar emprego à todos? Ué! não quiseram ser presidentes? Se vira pião! Desista do cargo que outro fará o serviço. Mas como querem nos roubar, não desistem.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.