Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

CONTESTANDO O DOCUMENTO DO PT


Num documento em que prega a necessidade de produzir uma narrativa histórica própria sobre os dez anos em que comanda o governo federal, o PT se diz vítima de uma campanha de desmoralização e compara o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Getúlio Vargas e João Goulart. Na carta, o PT afirma que Vargas e Goulart foram vítimas de uma "insidiosa campanha de forças políticas" que visavam desestabilizar seus governos, mesmo processo que estaria sendo orquestrado, desde 2003, para desconstruir a era Lula. Fonte: Folha.

Comentário. Uai, existe uma "campanha para desmoralização" é porque praticou atos imorais. Aliás, sendo um dos atos imorais a compra de votos dos parlamentares denominado de "mensalão", cujos principais dirigentes do PT foram condenados pelo STF a cumprir pena em presídios.  Agora, querer comparar o Lula com Getúlio Vargas ou João Goulart é forçar a barra demais.  Digo eu, então, Lula é mentiroso e vagabundo.  Pelo que eu sei, nenhum dos presidentes anteriores citados tem estes predicados negativos.

"A partir de 2003, de forma intermitente, tratou-se de anular os notórios êxitos do governo, com campanhas que procuravam ou desconstruir as realizações do governo Lula ou tachá-lo de 'incapaz' e 'corrupto'", diz o documento petista. Fonte: Folha.

Comentário.  O Lula, realmente, não é "incapaz", ele é totalmente capaz e consciente de todos os atos que praticou.  Agora, que ele é "corrupto", ele é.  Quem saiu miserável de Garanhuns, foi sindicalista por anos a fio e ganhando salário de presidente da República, de repente, tornar-se bilionário é no mínimo estranho.  De certo, Lula ganhou o R$ bilhão, com palestras.  Vamos acreditar que sim? Não, não dá.  Ele é capaz de todos os atos e é corrupto.  

O texto de convocação ataca a mídia e "grupos incrustados em setores do aparelho de Estado" como substitutos dos partidos da oposição em uma suposta tentativa de desqualificar o PT.Diz ainda que o partido precisa "construir" uma "narrativa" própria sobre os últimos dez anos. Fonte: Folha.

Comentário.  Dizer que tem "grupos incrustados em setores do aparelho de Estado" é de no mínimo ousadia.  O PT e seus aliados, estão "incrustados" em 25.000 cargos de comissão espalhados em todos os setores do governo federal. São eles, os indicados pelos Lula e Dilma que fizeram acontecer a roubalheira do dinheiro público, como aquele do DNITduto ou mesmo a do caso Rosemary do Lula.  Se PT quis se referir ao STF sobre "incrustamentos", gostaria de lembrar que a maioria dos integrantes da Corte Suprema foram indicados pelos governos Lula e Dilma.  Quanto aos partidos da oposição, infelizmente, nem existem mais.  Onde estão? Não vejo nenhum que ameace a supremacia do PT.

Se a grande mídia e nem os partidos da oposição contestam o documento, vou lá eu, fazê-lo.  Até quando, eu não saberia dizer.  Os métodos de mordaça do PT eu os conheço muito bem, por experiência própria.  

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi professor da UFPR, filiado ao PDT.  Twitter: @sakamori12

3 comentários:

  1. Um belo texto, Saka San; para ficar completo eu citaria a revolta do lula e do pt com a "insubordinação" dos Juízes do STF indicados por eles.

    ResponderExcluir
  2. O PT está no desespero. Seu Deus(Lula) pode cair do trono.

    ResponderExcluir
  3. Toda essa gente muito interessada em defender o molusco tem uma razão muito espacial para isso, estão todos mergulhados no mesmo lodaçal de podridão.

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.