Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Quero ver casal presidenciável no Alvorada!


Já estou muito velho para entender determinadas coisas. Uma delas é sobre casamento entre mesmo sexo. Não vem que não tem. Não sou pessoa que tem preconceito sobre relacionamentos íntimos de pessoas do mesmo sexo. Cada um sabe o que faz. Institucionalizar estes relacionamentos é que foge um pouco da minha formação religiosa.

Estava a pensar aqui. Estamos no período de campanha eleitoral que irá escolher o futuro presidente ou a futura presidente do País. Coincidentemente, as duas candidatas com possibilidade de se eleger presidente de todos os brasileiros, homens e mulheres, são separadas. Nada contra as mulheres e homens separados. Digamos que é apenas o meu desejo pessoal, querer ver um casal convencional habitando o Palácio do Planalto. 

O País viveu durante últimos 4 anos com a presidente da República, separada, mas sem uma nova união. Para um velhinho com eu, foi muito triste assistir recepção oferecida ao casal Barak e Michelle Obama. O ministro de relações exteriores, teve que fazer vez do marido da Dilma. Foi uma pena, uma pena mesmo! Ficaria contente se fosse um companheiro da Dilma morando no Palácio da Alvorada mesmo que união não fosse legalizado. O País viveu o "apagão" do casal presidencial.

Se eleita a Marina Silva para o cargo de presidente da República veremos repetição das cenas que triste nos nos eventos que exige presença de casais.  Marina Silva, certamente, terá o seu ministro de relações exteriores como "par" para eventos internacionais quando a circunstância exige a presença do casal presidencial.  Igualmente à Dilma a Marina não vai nos apresentar um novo companheiro na jornada da sua vida.  Marina é separada do seu ex-companheiro, como ela própria o denomina.

Deixando de lado, a competência de cada um e de cada um dos candidatos, este velhinho de 70 anos, gostaria de ver o Palácio da Alvorada habitado pelo casal presidencial.  Não importa que o casal seja do primeiro ou do segundo casamento. Não importa que seja apenas companheiro ou companheira sem mesmo o "documento" da união. Melhor ainda se o futuro ou a futura presidente morasse no Palácio do Planalto com a família igual à maioria do povo brasileiro.


Quero ver casal presidenciável no Alvorada! Isto é pedir muito?

Ossami Sakamori

Um comentário:

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.