Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Brasil tem dívida externa de US$ 40 bilhões!

O presidente Lula nos enganou dizendo que o Brasil não tinha mais Dívida Externa Federal. O Brasil, em 2005, quitou a dívida externa com o FMI pagando US$ 15,5 bilhões que venceriam até o final de 2007.  Isto não quer dizer que o Brasil quitou a dívida externa brasileira.  Segundo o Tesouro Nacional, Brasil, hoje, tem dívida externa pública federal no montante de equivalente a grosso modo US$ 40 bilhões,  bem superior ao que o Brasil devia para o FMI em 2005. Leiam as notícias sobre o tema.

A Dívida Pública Federal (DPF) apresentou alta de 2,6% em junho, ante maio, e atingiu R$ 1,935 trilhão, segundo dados divulgados pelo Tesouro Nacional na tarde desta quarta-feira, 24. A correção de juros no estoque da DPF foi de R$ 18,646 bilhões. A DPF inclui a dívida interna e a externa. Fonte: Estadão.

Enquanto a Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) subiu 2,94% e fechou o mês em R$ 1,894 trilhão, a Dívida Pública Federal externa (DPFe) ficou 3,88% menor, somando R$ 90,92 bilhões.  Fonte: Estadão.

Comentário.

Eu já tinha dito em matéria anterior de que a dívida pública externa do setor público somava mais de US$ 80 bilhões.  Deste montante, a parte do governo federal é de cerca de US$ 40 bilhões e o restante mais de US$ 40 bilhões são do setor público em geral, como governos estaduais, municipais e empresas públicas como a Petrobras.

Vamos discutir bem sobre o tema, porque tem muito marketing sobre o tema Dívida Pública, sobretudo, a Dívida Pública Externa.  Pelo discurso do Lula e dos membros do PT, dá-se impressão de que o governo federal está livre de qualquer tipo de dívida, interna ou externa.  Dados oficiais do próprio Tesouro Nacional aponta uma Dívida Pública Federal somando a interna e externa, soma R$ 1,93 trilhões, o que corresponde grosso modo quase 50% do PIB.  Nem vamos considerar aqui, a Dívida Pública Federal bruta, porque ascende a R$ 2,8 trilhões.  

Resumidamente, podemos dizer que o Tesouro Nacional tem uma dívida pública externa de US$ 40 bilhões apesar de ter pago o empréstimo ao FMI.  Pronto, está dito.  Brasil trocou dívida do FMI com juros baixos para fazer dívida externa maior, com juros maiores.  

Ossami Sakamori

4 comentários:

  1. O maior problema do Brasil é a dívida pública, vários estados brasileiros estão falidos, coisa que não se comenta, mas esta bomba vai estourar qualquer dia... Os EUA também possuem um dívida externa altíssima, com a crise econômica por lá, o estado de Detroit decretou falência, isso aconteceu lá no país mais "rico do mundo"... Agora, imagino o estrago que vai ser quando a crise estourar aqui, vai ser o "Apocalypse Now".

    A dívida pública deixada por FHC, que já era alta, triplicou no governo Lula, tornando-se impagável. Quanto à dívida externa, o Lula só rolou a dívida, que um dia vai virar pedra que irá rolar por cima de nossas cabeças.

    ResponderExcluir
  2. Saka, vamos entrar na fase da lamúria? O que acha ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezada amiga Doutora Maeli,

      Não estou na fase de lamúria. Achei no dever de esclarecer a população, porque muitos amigos daqui e das redes sociais, me pedem esclarecimentos sobre a "dívida externa brasileira", além de tantos outros questionamentos.

      Quando resolvi, criar este espaço, o blog em meu nome, assumi comigo mesmo o compromisso de prestar serviço à população e especificamente aos meus leitores.

      Obrigado, pela participação e ensinamentos!

      Excluir
  3. Mestre Saka o senhor tem uma importância maior ao prestar esclarecimentos à população sobre fatos omitidos pela imprensa, ressalte-se ainda, suas acertadas avaliações e previsões. Infelizmente, as mentiras e artifícios contábeis governamentais trazem grandes prejuízos à credibilidade do país.
    Abraços

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.