Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Usina do BELO MONTE vai custar mais que R$ 30 bilhões!


A potência instalada total de Belo Monte é de 11.233 MW, sendo que, segundo a Eletrobras, a média de geração de energia será de 40% da potência instalada.  O projeto virou polêmica devido a solução adotada para o projeto.  O ideal que, para evitar inundações e obras caras, deveria ter sido adotado o sistema de geração a fio d'água, como foram projetados as usinas de Jirau e Santo Antonio no Rio Madeira.  O governo Lula, queria porque queria, construir a 3ª maior usina hidroelétrica do mundo.  A solução racional que seria usina a fio d'água teria potência instalada de 30% do atual projeto, mas geraria energia limpa a custo viável.  

O leilão foi arrematado por R$ 19 bilhões, pelo Consórcio Norte Energia em abril de 2010.  Devido a inviabilidade do projeto, as grandes empreiteiras como Odebrecht e Camargo Correia deixaram de participar da licitação.  O consórcio é composto pela Chesf  do sistema Eletrobras, 49,98% e o restante, pulverizado em diversas empreiteiras menores do País.  A participação da Chesf, foi fundamental para alavancagem do capital necessário para a construção da Usina, por isso solução peculiar adotada no consórcio.

A Norte Energia, já reajustou o valor para R$ 28,9 bilhões, oficialmente, devido sobretudo pela dificuldade da construção e por questões ambientais e indígenas.  O reservatório da Usina Belo Monte, ocupa parte da terra indígena, o que vem causando transtorno, ocasionando o retardamento no prazo de entrega das turbinas, previsto para o ano de 2015.  Pelo visto, o prazo já estourou há algum tempo e o orçamento, também.

A obra do Belo Monte é digno de números para constar do Guinness Book.  A barragem principal, não se localiza no próprio leito do rio Xingu, mas nas terras indígenas.  A água do rio Xingu é represado no sítio denominado Pimental e desviado através do canal que vai desaguar no mesmo rio, num ponto mais à jusante.  A dimensão da obra do canal, em números, se iguala ao novo canal do Panamá, em construção.  A obra é mais que "belo monte", mas sim, uma "bela  babilônia"!

Problema com índios, dificuldade de acesso, problemas ambientais, são apenas parte dos problemas que aumentam ainda mais o custo final da obra.  Esta obra, a usina de Belo Monte, vai terminar com o custo nas casa dos R$ 50 bilhões!  Motivos justificados pelas grandes empreiteiras como Odebrecht e Camargo Correia, acostumados com este tipo de obra, da não participação no leilão em 2010, estão a constatar, hoje.  O volume do dinheiro equivale ao que a Dilma espera que a iniciativa privada invista nos portos brasileiros.  

Bem, nem a Eletrobras e nem as empreiteiras tem condições de arcar com a diferença de custo entre o previsto e real.  Isto significa que direta ou indiretamente vai refletir na tarifa de energia, no futuro.  Lembrando que o projeto deveria ter sido uma usina a fio d'água, dentro da racionalidade, com cerca de 40% da potência do atual projeto,  mas sem transtornos e custos abusivos.  O projeto enveredou por este caminho, só para alimentar a vaidade do presidente Lula da Silva e da sua ministra de Energia, de então, a Dilma Rousseff, para ser a 3ª usina do mundo em potência instalada, atrás apenas da Usina Três Gargante na China e Itaipu Binacional.  Vaidade de ambos, estão custando muito caro para o povo brasileiro, como sempre!

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi professor da UFPR, filiado ao PDT.  Twitter: @sakamori12

2 comentários:

  1. A fogueira das vaidades políticas só é menor que a fogueira da dor na consciência quando, no depois, uma vez desperta a consciência no plano da vida real, eles vão perguntar:

    O que foi que eu fiz, mesmo tendo toda aquela pseudo-aprovação no plano físico e tendo galgado o cargo de maior poder neste país continental?

    Quem mais deve temer o espelho?
    http://amilcarfaria.blogspot.com.br/2013/05/quem-mais-deve-temer-o-espelho.html

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente é a vaidade de alguns que; sobrepujam a razão e vivemos neste caos que hoje se instalou no País! Aonde Vamos Parar?? Respostas??? 2014 tirarmos esses Tiranos do Poder!!

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.