Receba novas matérias via e-mail adicionando o endereço

quarta-feira, 8 de maio de 2013

OGX. Operação socorro. Petronas compra parte do ativo.


A OGX vendeu por 850 milhões de dólares participação de 40 por cento em dois blocos na bacia de Campos para a malaia Petronas, em um negócio que trará alívio somente no curto prazo para o caixa da petrolífera de Eike Batista. Fonte: Folha.

Comentário.

A venda de parte dos ativos da OGX para Petronas, empresa malaia, resolve parte do problema.  A OGX, não tinha mais caixa para tocar os projetos de investimentos da companhia.  Com caixa lá no fundo, tinha que desfazer de algum ativo, o filé mignon, para alguém do mercado de óleo.  Literalmente, a OGX, só tinha caixa para tocar a companhia até o final do ano.  Ainda assim, com a venda da parte do ativo, em termos de empresa petroleira, só dá fôlego para até final de 2014.  Isto para uma empresa petrolífera é uma situação pré-falimentar.

O menino Eike Batista, ainda precisa vender os 40% das ações da companhia para a empresa russa Lukoil, para dar credibilidade à empresa.  Com sócio russo, pretende OGX participar da Licitação na próxima semana para arrematar blocos exploratórios que, de princípio, está marcada para os dias 14 e 15 deste mês.  Ainda há dúvida dos russos adquirirem os 40% da OGX.  

Pretende, o menino Eike Batista, usando da credibilidade do Lukoil, pretende levantar capital para investimentos em blocos de exploração já em poder, os micos, e dos blocos que a empresa pretende arrematar no Leilão.  Tudo depende, da ordem expressa da presidente Dilma à Graça Foster, presidente da Petrobras, sobre o destino da Licitação.  

Todas negociações, planejadas pelo André Esteves do BTG Pactual, está sendo monitoradas pela Graça Foster, pessoalmente, com anuência da presidente Dilma.  É quase certa a venda dos 40% da OGX para o Lukoil.  O que resultará da negociação, ninguém sabe.  Pode ser que no futuro, o menino Eike Batista tenha que vender o controle acionário para os russos.  

Vocês precisam entender, que isto faz parte da operação socorro decidido pela presidente Dilma e implementada pela Graça Foster, para tentar salvar o 1 Batista$ = R$ 20 bilhões, enfiado na OGX, via BNDES, BNDESpar, Fundos e CEF.  O objetivo do André
Esteves é tentar salvar os seus R$ 2 bilhões que enfiou nas companhias do menino Eike. Todo governo da Dilma vem  trabalhando diuturnamente para a operação de socorro às empresas do menino Eike Batista.  E nós com isso?  Na hora de levantar os castelos de papel, o menino nos pediu licença?  


Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi professor da UFPR, filiado ao PDT.  Twitter: @sakamori1OGX

3 comentários:

  1. kkkkkk Vc disse bem,amigo Sakamori, "e nós com isso"?
    (Popularmente,se diria: "e kiko"?) kkkk

    Tem tanto dinheiro público enfiado nos bolsos do menino Eike, que as madrinhas se apressaram em socorrê-lo!
    (Ainda mais com aquele boato de que Lulla é sócio do menino Eike...)Então...

    Gde abç
    @Lelezinha_09 (Zinha Bergamin)

    ResponderExcluir
  2. Eu como não fui apresentada para nenhum deles , também não tenho nada com isso ! essa gentalha nunca fez parte do meu time !

    ResponderExcluir
  3. Sakamori o que surpreende é todos se fazerem de surdos e mudos, imprensa oposição, BNDES a serviço do Bati$ta é corriqueiro e mais uma das irregularidades que foram incorporada ao Governo! E o Kiko?? ajudo pagar a conta só isso!! nada além disso!

    ResponderExcluir

Não há censura ou moderação nos comentários postados aqui.
De acordo com a legislação em vigor, o editor deste blog é responsável solidário pelos comentários postados aqui, inclusive de anônimos.